Luciano Santos lidera pesquisa em Lagoa Nova com mais de 18 pontos sobre o segundo colocado

Na pesquisa estimulada Luciano tem a preferência de 52,3% dos entrevistados, seguido por Hélio Costa (PSD): 34% e Jean Carlo (PSC): 3,5%

O prefeito Luciano Santos (MDB) que forma chapa em Lagoa Nova com o vice Iranildo Aciole (PSDB), segue liderando as pesquisas de intenção de votos. Na pesquisa de hoje (26) divulgada pelo instituto Agora Sei e protocolada no TSE com o número RN-0070/2020 o candidato à reeleição lidera tanto na estimulada (52,3%) quanto na espontânea (44,8%).

A pesquisa foi registrada no TSE sob o protocolo RN-0070/2020, com margem de erro máxima de 4,8% e intervalo de confiança de 95%. As entrevistas foram realizadas entre os dias 16 e 17 de setembro, ouvindo 400 eleitores das zonas urbana e rural do município.

Na pesquisa estimulada Luciano tem a preferência de 52,3% dos entrevistados, seguido por Hélio Costa (PSD): 34% e Jean Carlo (PSC): 3,5%. Sua maioria também se confirma na pesquisa espontânea: 44,8%, vindo em seguida Hélio Costa (PSD): 34% e Jean Carlo (PSC): 3,5%.

Rejeição

O eleitor de Lagoa Nova “não votaria de jeito nenhum” no candidato Jean Carlo: 46,5%.



Gov_estado – PUBLICIDADE

Açude Currais Novos é contemplado com melhorias do Governo

A Barragem tem grande importância para a região, tanto para abastecimento humano e animal quanto para a irrigação agrícola e local de lazer

Com as chuvas que caíram em 2020, a estrutura física do Açude Currais Novos, popularmente conhecido como Açude do Governo, era uma preocupação constante dos moradores da localidade.

O Ministério do Desenvolvimento Regional finalizou as obras de recuperação e revitalização da barragem Currais Novos no RN, por meio do Departamento Nacional de Obras Contra A Seca (DENOCS). A pasta investiu mais de 374 mil reais na estrutura, que vai atender cerca de 45 mil pessoas da região de Currais e região.

A Barragem tem grande importância para a região, tanto para abastecimento humano e animal quanto para a irrigação agrícola e local de lazer.



Gov_estado – PUBLICIDADE

Currais Novos é citado em documentário sobre ditadura militar

O jornalista Dermi Azevedo no documentário “Atordoado, Eu Permaneço Atento

Dermi Azevedo não tem rancor, tem memória. Diz isso com a voz entrecortada pela Doença de Parkinson, mas também pela emoção de ter sua vivência de tortura contada em um filme que concorre a melhor curta-metragem no 48º Festival de Cinema de Gramado.

Dirigido por Lucas H. Rossi dos Santos e Henrique Amud, “Atordoado, Eu Permaneço Atento” traça um perfil da militância desse jornalista e cientista político levado ao DEOPS (Departamento de Ordem Política e Social) em 14 de janeiro de 1974, depois de agentes encontrarem em sua casa no bairro do Campo Belo, em São Paulo, o livro “Educação Moral e Cívica e Escalada Fascista no Brasil”, coordenado pela educadora Maria Nilde Mascellani e com a digital intelectual de Dermi e da esposa, Darcy.

A obra trazia uma análise da Educação Moral e Cívica (EMC) como disciplina imposta pelo regime militar em todos os currículos escolares do país. Os militares teriam ficado particularmente irritados com a informação de que o estudo fora enviado ao Conselho Mundial de Igrejas, com sede em Genebra, na Suíça, para ser divulgado mundialmente.

Infância roubada

Era a segunda detenção de Dermi. A primeira ocorreu em 1968, no Congresso da União Nacional de Estudantes (UNE), em Ibiúna, quando era líder estudantil. Além das agressões na própria carne, o que o dilacerou e dilacera é a violência com o que os agentes da repressão trataram seu primogênito, Carlos Alexandre Azevedo — o Cacá — na segunda prisão. A mãe de Cacá, a pedagoga Darcy Andozia, também tinha sido encarcerada, e o bebê de apenas 1 ano e 8 meses havia ficado em casa com a babá. Porque chorava de fome, a criança recebeu um soco na boca. Com os lábios sangrando, também foi “conduzida” ao DEOPS, onde teria levado choques elétricos, segundo relato de outros presos.

Ao ser entregue aos avós maternos em São Bernardo do Campo, Cacá foi jogado ao chão. “Tudo isso o marcou profundamente”, diz Dermi. O filho desenvolveu fobia social. Em 2013, aos 40 anos, suicidou-se com uma overdose de medicamentos.

O filme, elaborado numa linguagem metafórica, com cenas de conflito entre policiais e manifestantes, céus avermelhados e cogumelos atômicos, não entra nesses detalhes e traz uma ou outra foto de família. Entre elas, uma imagem pueril de Cacá aos 5 anos, com os pés mergulhados num açude em Currais Novos, no sertão do Rio Grande do Norte — cidade de criação de Dermi e para onde a família se mudou depois da prisão. Dali, foram para Natal. Na UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte), Dermi se formou em jornalismo. Só retornaram a São Paulo em 1984.

O casal teve outros três filhos: Daniel, Estevão e Joana. Dermi e Darcy se separaram — entre outros motivos, diz Lucas, por desavenças quanto à divulgação do acontecido com a criança. Darcy queria preservar Cacá ao máximo, Dermi entendia que era preciso denunciar a crueldade. “A tortura é um crime contra a humanidade que não pode ficar escondido”, diz.

Ele casou novamente em 2011 com a pedagoga Elis Regina Brito Almeida, que agregou o sobrenome Azevedo. É cofundador do Núcleo Maximiliano Kobe, voltado à defesa dos direitos humanos e da justiça social e, nessa toada, em 2018, lançou o livro “Nenhum Direito a Menos” com o subtítulo “Direitos Humanos – Teoria e Prática”. Cinco anos antes, havia gerado “Travessias Torturadas”, um registro autobiográfico e político do período entre 1964/1985.

“A ditadura afetou e afeta até hoje minha família, meu pai tem delírios de que vêm sequestrá-lo novamente”, afirma Estevão Azevedo, autor de contos e romances que se prepara para lançar seus primeiros livros infantis. “É imprescindível resgatar essas histórias, afinal, as práticas e os pensamentos que conduziram à tragédia da ditadura civil-militar ainda estão muito vivos”, completa.

É esse o principal mote de Dermi e dos diretores de “Atordoado”: alertar para a normalização da tortura e para o clima de ódio que paira na atmosfera brasileira. Lucas afirma que a ideia do filme surgiu logo depois da eleição de Jair Bolsonaro. “Temos um presidente que defende a ditadura, que levanta a bandeira do Ustra (coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra). Eu queria falar sobre esse desgoverno, e a história do Dermi estabelecia um paralelo entre os anos de chumbo e os tempos atuais.”.

Uol/Bol



Sidy´s Publicidade 01

Campanha do Fraldão do Rotary Club Caicó tem “Dia D” neste sábado

São várias as formas de ajudar a Campanha

Neste sábado (26) acontece o “Dia D” da Campanha do Fraldão, realizada pelo Rotary Club Caicó (Distrito 4500) com o objetivo de arrecadar fraldas geriátricas no tamanho M e G para os idosos do Abrigo Professor Pedro Gurgel, localizado no bairro Paraíba em Caicó.

A programação, respeitando todas as orientações sanitárias por causa da pandemia, terá início às 7 horas da manhã com pontos de arrecadação em frente a Farmácia Central e a Farmácia Caicó.

A expectativa é que este ano a Campanha possa superar as doações do ano passado. Ao longo de todas as suas edições, é provável que mais de 10 mil pacotes já tenham sido doados pela Campanha do Fraldão aos idosos do Abrigo.

São várias as formas de ajudar a Campanha. Uma delas é depositando qualquer quantia financeira na conta do Rotary Club Caicó no Banco do Brasil: Agência: 0128-7 / Conta Corrente: 15537-3 (Rotary Club Caicó).

Outra opção é doar pacotes de fraldas nos pontos de coletas, que continuam sendo nas: Farmácia Caicó, Drogaria Central, Farmácia Santana, Drogaria Pague Menos, Farmácia São Jose, Drogaria Globo e a Farmavida, além dos supermercados Ligzarb e União, Supermercado São José, À Dona do Lar, Ray Auto Centro, FAO Contabilidade e Multicom Veículos.



CLIQUE – PUBLICIDADE

Homem é preso em Currais Novos por abusar sexualmente de sobrinha de 11 anos e confessa crime

Ele confessou todos os seus atos reprováveis praticados e foi encaminhado para o presídio de Caicó, onde vai aguardar julgamento”, disse o delegado

Um homem de 32 anos foi preso no final da tarde desta quinta-feira (24), suspeito de abusar sexualmente da sua própria sobrinha, de 11 anos, em Currais Novos, na região Seridó potiguar. Segundo o delegado Paulo Ferreira, o suspeito confessou o crime durante o interrogatório feito na delegacia.

O crime chegou ao conhecimento da Delegacia de Currais Novos após uma denúncia feita pelo Conselho Tutelar do município.

De acordo com o delegado, a polícia abriu um inquérito e pediu um mandado de prisão preventiva contra o suspeito, concedido pela Justiça e cumprido no final da tarde.

“Ele confessou todos os seus atos reprováveis praticados e foi encaminhado para o presídio de Caicó, onde vai aguardar julgamento”, disse o delegado.

A Polícia Civil solicitou que a população faça denúncias, mesmo que de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

G1RN



CLIQUE – PUBLICIDADE

Reunião discute suplementação orçamentária na Câmara Municipal de Currais Novos

O Poder Legislativo precisa aprovar o projeto até o dia 28 de setembro

Aconteceu nesta quarta-feira (23) na Câmara Municipal de Vereadores um encontro entre assessoria jurídica, contadores da Prefeitura Municipal e vereadores para poderem aprovar a suplementação orçamentária. Caso a Câmara não aprove até o final do mês essa suplementação a Prefeitura poderá atrasar os salários dos servidores.

O Poder Legislativo precisa aprovar o projeto até o dia 28 de setembro e encaminhar para o Excutivo sancionar na até 29 de setembro para que os salários sejam pagos dentro do mês trabalhado.

A solicitação na Câmara, se faz necessária tendo em vista que a mesma baixo de 25% para somente 10% o limite para abertura de créditos adicinais suplementares, no exercício ao votarem a LOA 2020 em março deste ano. Não foram detalhadas quais folhas serão pagas com o orçamento.



ÓTICA -BANNER PUBLICIDADE

Crédito para empreendedores de Currais Novos e mais nove cidades do Seridó supera R$ 1 milhão

Para a diretora-presidente da Agência de Fomento, Márcia Maia, o programa tem auxiliado negócios dos mais variados segmentos a superar a crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus

Desta quarta-feira (23) até a próxima sexta-feira (25), um total de 204 empreendedores de 10 cidades da região Seridó do Rio Grande do Norte receberão o apoio do programa Microcrédito do Empreendedor Potiguar. A iniciativa do Governo do Estado, executada pela Agência de Fomento do RN (AGN-RN), vai garantir um investimento superior a R$ 1 milhão para dar suporte a negócios instalados nas localidades.

Os proprietários de negócios nos municípios de Cerro Corá, Lagoa Nova, São Vicente, Currais Novos, Jucurutu, Acari, Cruzeta, Parelhas, Santana do Seridó e Carnaúba dos Dantas estão entre os atendidos pelos recursos do programa de crédito e incentivo ao empreendedorismo. Na região, o programa atende principalmente os setores de comércio, serviços e economia solidária.

As liberações acontecem ao longo dos três dias a partir da assinatura dos contratos de financiamento. O atendimento obedece aos protocolos de bioprevenção para garantir a saúde de colaboradores, parceiros e clientes da instituição de fomento.

Na cidade de Currais Novos, a assinatura dos contratos acontece nesta quinta-feira (24), no antigo Colégio Comercial de Currais Novos, a partir das 8h. Ao todo, 60 empreendedores de Currais e Jucurutu receberão o apoio de R$ 250,3 mil. É a segunda maior liberação desta “maratona do crédito” na região.

Carnaúba dos Dantas lidera o volume de recursos recebidos a partir da busca pelos próprios empreendedores. Na cidade, 48 empreendedores terão acesso ao apoio de um total de R$ 270,4 mil para impulsionar seus negócios, garantir investimentos ou mesmo assegurar o funcionamento de seus empreendimentos.

Para a diretora-presidente da Agência de Fomento, Márcia Maia, o programa tem auxiliado negócios dos mais variados segmentos a superar a crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus. “Buscamos alternativas para oferecer condições cada vez melhores para os empreendedores, especialmente neste momento de pandemia. Mais do que crédito, nosso objetivo é fortalecer os empreendimentos e colaborar com o desenvolvimento econômico a partir da geração de emprego e renda”, afirmou Márcia.

Microcrédito

De janeiro de 2019 até o início de setembro, o programa Microcrédito do Empreendedor já beneficiou 9,5 mil empreendedores e injetou um volume de recursos superior a R$ 33,6 milhões. A estimativa é de que o programa tenha impactado diretamente mais de 30 mil pessoas com geração e manutenção de emprego e renda em todas as regiões do RN.

O programa Microcrédito do Empreendedor Potiguar é uma ferramenta de estímulo a implantação de novos negócios e para promoção do crescimento sustentável dos empreendimentos e empreendedores do estado. Os financiamentos realizados através do Microcrédito são direcionados a micro e pequenos empreendedores, sejam eles formais ou informais, dos mais diversos segmentos da economia potiguar. Os prazos para pagamento variam de acordo com a atividade produtiva e a natureza física ou jurídica do contratante.

Confira nossos canais de atendimento:
Microcrédito formal e informal:
84 3232-6106 ou 84 99607-1360 (Whatsapp)
E-mail: [email protected]
Site: www.agnrn.com.br



ÓTICA -BANNER PUBLICIDADE

Papa Francisco nomeia Bispo natural de Currais Novos para diocese de Rubiataba em Goiás

O padre Francisco nasceu em 25 de junho de 1975, em Currais Novos (RN). Ingressou, em 1993, no seminário arquidiocesano Nossa Senhora de Fátima, da arquidiocese de Brasília (DF), onde deu início à sua formação sacerdotal

O Papa Francisco nomeou na manhã desta quarta-feira, 23 de setembro, o padre Francisco Agamenilton Damascena, atual vigário da paróquia São Sebastião, em Uruaçu (GO), como bispo da diocese de Rubiataba-Mozarlândia (GO).

Com a transferência de dom Adair José Guimarães para a diocese de Formosa, também em Goiás, a diocese de Rubiataba-Mozarlândia estava vacante desde 27 de fevereiro de 2019. Até então, a diocese esteve sob os cuidados pastorais e administrativos do monsenhor Vanildo Fernandes Mota.

Trajetória e formação

O padre Francisco nasceu em 25 de junho de 1975, em Currais Novos (RN). Ingressou, em 1993, no seminário arquidiocesano Nossa Senhora de Fátima, da arquidiocese de Brasília (DF), onde deu início à sua formação sacerdotal.  De 1994 a 1997 desenvolveu seus estudos em Filosofia no Ateneo Pontifício Regina Apostolorum, em Roma, onde também concluiu seus estudos em Teologia de 1997 a 2000.

Foi ordenado diácono em 16 de setembro de 2000, em Caicó (RN), incardinando-se na diocese de Uruaçu (GO). Sua ordenação sacerdotal se deu em 19 de março de 2001, em Niquelândia (GO). O sacerdote é especialista em Docência do Ensino Superior pelo Instituto de Educação Superior de Cariacica (ES), mestre em Filosofia pelo Ateneo Pontificio Regina Apostolorum – Roma (1997) e doutor em Filosofia pela Pontificia Università Lateranense – Roma (2016).

Vida pastoral e ministerial

Na diocese de Uruaçu (GO), onde incardinou-se após sua ordenação presbiteral, além de presbítero em várias comunidades e paróquias, atuou como diretor acadêmico do Instituto Diocesano de Filosofia, de 2000 a 2010, mestre de disciplina do Seminário Diocesano São José, de 2000 a 2007, professor do Instituto Diocesano de Filosofia, de 2000 a 2011 e de 2016 a 2017.

Também exerceu a funções de notário da Câmara Auxiliar Permanente, de 2000 a 2012, chanceler, de 2001 a 2012 e foi membro do Colégio de Consultores e do Conselho Presbiteral, no mesmo período. Assumiu a funções de coordenador diocesano da pastoral da educação, de 2003 a 2012, coordenador de pastoral do setor II, de 2004 a 2007, vice-reitor do Seminário Diocesano São José, de 2007 a 2010, membro do Conselho de Formadores, de 2007 a 2012.

O padre atuou como diretor espiritual da Associação Pietatis Opus, de 2010 a 2012. Ele também foi coordenador diocesano de pastoral e membro do Conselho de Presbíteros, de 2017 a 2018. Exerceu a função de diretor espiritual do Seminário São José (propedêutico), em 2018. Atualmente, além de vigário da paróquia São Sebastião, ele exerce as funções de diretor acadêmico da Escola Diaconal São Lourenço e administrador diocesano de Uruaçu.



PRIMOR – PUBLICIDADE

Exemplares da revista em homenagem ao Monsenhor Paulo Herôncio seguem com distribuição gratuita

A revista conta a história e legado do sacerdote que durante 26 anos foi vigário em Currais Novos e deixou marcas expressivas na construção de escolas, capelas, além da mobilização da sociedade para execução das suas ideais visionárias

A Revista do Monsenhor Paulo Herôncio, lançada dentro da programação alusiva aos 57 anos de morte do sacerdote, continua sendo distribuída gratuitamente. Os exemplares podem ser adquiridos em vários locais da cidade: na secretaria da paróquia da matriz de Sant’Ana e em todas as secretarias das paróquias de Currais Novos, como a paróquia da Imaculada Conceição, paróquia de São Francisco de Assis, além da paróquia de Sant’Ana, que fica no centro da cidade.

A revista conta a história e legado do sacerdote que durante 26 anos foi vigário em Currais Novos e deixou marcas expressivas na construção de escolas, capelas, além da mobilização da sociedade para execução das suas ideais visionárias.

Idealizada pelo empresário Sérgio Dantas, que é admirador da obra religiosa e social do Monsenhor Paulo Herôncio de Melo, a revista teve a coordenação editorial do jornalista Ismael Medeiros e editoria da jornalista Eliane Cristina Gomes, que junto com o também jornalista João Bezerra, escreveram e pesquisaram a vida do Monsenhor. O projeto gráfico foi de Gabriel Campos e a fotografia de Alesson Neydson, todos curraisnovenses.



CLIQUE – PUBLICIDADE

Serviço de perícia médica é retomado no INSS de Currais Novos

Agendamentos através do tel.: 135 ou app: gov.br/meuinss. Atendimento de seg. a sexta-feira de 7h às 11h30

Currais Novos é uma das 57 Agências da Previdência Social em todo país que retomou o atendimento presencial de perícia médico. O atendimento começou nesta segunda-feira (21) e de acordo com Túlio Adriano, gerente da Agência da Previdência Social local, 15 atendimentos foram realizados.

Agendamentos através do tel.: 135 ou app: gov.br/meuinss. Atendimento de seg. a sexta-feira de 7h às 11h30.



CLIQUE – PUBLICIDADE