Equipe da TV Ponta Negra é assaltada; repórter é poupado pelos ladrões

A equipe estava no local para fazer uma matéria sobre uma fuga de menores no CEDUC

O repórter Sérgio Costa, da TV Ponta Negra, foi vítima de um assalto nesta terça-feira (7), quando se preparava para entrar ao vivo no Patrulha da Cidade. Ele e um cinegrafista estavam no bairro Monte Castelo, em Parnamirim, quando dois bandidos em uma moto chegaram e anunciaram o assalto.

Os assaltantes reconheceram Sérgio Costa e não levaram nada dele, porém levaram o celular e a corrente do cinegrafista. Os meliantes falaram que não iriam roubar Sergio, porque conheciam-no da TV. A equipe estava no local para fazer uma matéria sobre uma fuga de menores no CEDUC.



MEDEIROS ACARI – POST

Deicor prende em Natal quadrilha suspeita de arrombar bancos

Junto da quadrilha foi apreendida a quantia de R$ 175 mil

A Divisão Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deicor) da Polícia Civil do Rio Grande do Norte prendeu uma quadrilha suspeita de realizar diversos arrombamentos a caixas eletrônicos, especialmente aqueles que fazem transações 24 horas por dia. A operação Mãos Malditas foi realizada neste domingo (28), e seis pessoas foram presas.

Os policiais já investigavam os suspeitos. De acordo com a Deicor, a quadrilha já havia roubado cerca de R$ 550 mil e foi presa em flagrante, após realizar mais um arrombamento a caixa eletrônico, desta vez em uma farmácia de Natal. De acordo com o delegado Erick Gomes, titular da Deixor, os detidos são oriundos de cinco estados e já tinham cometido crimes pelos seus lugares de origem. Junto da quadrilha foi apreendida a quantia de R$ 175 mil.



ÓTICA -BANNER PUBLICIDADE

Homem se recusa a usar máscara em Supermercado, esfaqueia gerente e é morto a tiros

Mesmo sem máscara, Cardoso entrou no supermercado sem ser notado

Do Estado de Minas – Homem que se negou a usar máscara em supermercado foi morto a tiros por gerente do estabelecimento. A história aconteceu na cidade de Vacaria, região da Serra Gaúcha, na noite do último sábado, 20. De acordo com a Polícia Civil, a divergência sobre o uso do item de segurança contra o coronavírus motivou discussão e o crime. 

Por volta das 19h30, um homem de 36 anos, identificado pela polícia de Vacaria como Aldori Somavilla Cardoso, entrou no supermercado. Ao circular pelo estabelecimento sem uma máscara, ele foi advertido pelo gerente (que não teve o nome divulgado) sobre a necessidade de usá-la.

Mesmo sem máscara, Cardoso entrou no supermercado sem ser notado. Ao se dirigir ao caixa, ele teria sido abordado pelo gerente – que pede para que ele use uma máscara ou deixe o local. A negativa transformou-se em uma discussão acalorada, que teria durado menos de 1 minuto.

No meio da discussão, Cardoso acertou o gerente com uma faca. Ainda de acordo com a polícia, foram dois golpes, um no tórax e outro no abdômen.Mesmo ferido, o gerente conseguiu sacar um revólver calibre 38 e atirar em direção ao seu agressor.Um dos tiros atingiu Cardoso no Tórax – e ele caiu na entrada do supermercado.

Cardoso chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. Já o gerente, de acordo com a polícia de Vacaria, continua hospitalizado. O gerente tem porte de arma e não tem antecedentes criminais. Cardoso, por sua vez, tinha antecedentes por brigas de trânsito e ameaça. Durante a pandemia da COVID-19, o uso de máscaras é obrigatório no Rio Grande do Sul.



ÓTICA -BANNER PUBLICIDADE

Mãe de Eliza Samudio diz que Bruno não mudou e neto a faz superar ódio

Sônia se lembra da filha: “Na quarta-feira, já vai fazer 10 anos da morte dela.”

Enquanto Bruninho corre, agitado, de um lado para outro da casa, Sônia de Fátima Moura, de 55 anos, tenta se concentrar na entrevista. “É que o Bruninho está na semana de provas.” A preocupação constante com o desempenho e o carinho com o garoto justificam um dos motivos pelo qual ele a chama de mãe Soninha.

O outro, mais doloroso de ser lembrado, é que Bruninho perdeu a mãe com poucos meses de vida e foi encontrado pela polícia em uma favela de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Bruno Samudio é filho de Eliza Samudio e Bruno Fernandes. Distante do neto, ao fechar as portas do quarto para ter privacidade, Sônia se lembra da filha. “Na quarta-feira, já vai fazer 10 anos da morte dela.”

Modelo, Eliza Samudio foi morta por asfixia e esganadura no dia 10 de junho de 2010, data determinada por reconhecimento da Justiça. A modelo foi esquartejada e até hoje não teve o corpo encontrado. Bruno Fernandes, goleiro titular do Flamengo, foi condenado a 22 anos e três meses de prisão por homicídio triplamente qualificado, sequestro e ocultação do cadáver. Atualmente, ele cumpre pena no regime semiaberto e tenta retomar a carreira como jogador de futebol.

Em maio de 2012, Sônia ganhou na Justiça a guarda definitiva de Bruninho e, desde então, não se desgrudam. “Gostamos de fazer uma caminhada juntos. Quero ver se mais para frente conseguimos pagar uma escola de natação para ele”, diz. A relação de confiança entre avó e neto faz com que Bruninho saiba praticamente todos os detalhes do caso que envolve os pais, ganhou repercussão há dez anos e até hoje causa polêmica. “Sempre converso com ele. Quando perguntam se ele é filho do Bruno ele responde: ‘É meu pai de sangue’, sem dar muito espaço para comentários.”



ÓTICA -BANNER PUBLICIDADE

Mossoró: Mulher de 22 anos é executada a tiros dentro de casa

Segundo a polícia, o companheiro da vítima tinha sido assassinado em janeiro deste ano, no mesmo bairro, mas a motivação do assassinato e uma possível relação entre os dois crimes ainda será investigada pela Polícia Civil

Uma jovem foi executada com vários tiros de pistola dentro da casa em que morava na noite deste sábado (6) em Mossoró, no Oeste potiguar. O autor do crime, que ainda não foi identificado, fugiu em seguida. Nenhum suspeito foi preso.

De acordo com o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), o caso aconteceu na Rua Estudante Edson Nunes, no bairro Santo Antônio. Um homem teria invadido a casa e atirado varias vezes contra a mulher. A vítima foi identificada oficialmente como Ana Paula de Oliveira, de 22 anos. Os peritos encontraram mais de 20 marcas de tiros no corpo dela.

Segundo a polícia, o companheiro da vítima tinha sido assassinado em janeiro deste ano, no mesmo bairro, mas a motivação do assassinato e uma possível relação entre os dois crimes ainda será investigada pela Polícia Civil.

G1 RN



Sidy´s Publicidade 01

Três são presos em operação contra empresa que deixou de entregar respiradores ao Nordeste

Conforme apontam as investigações, a empresa recebeu R$ 48 milhões por um conjunto de respiradores, não os entregou e ainda não devolveu o recurso

Três pessoas foram presas na manhã desta segunda-feira (1º) durante uma operação da Polícia Civil da Bahia contra a empresa que vendeu e não entregou respiradores ao Consórcio do Nordeste. Além das prisões, a operação Ragnarok cumpre 15 mandados de busca e apreensão em Salvador, São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

De acordo com a polícia do Distrito Federal, foram cumpridos dois mandados de prisão temporária em um hotel e dois de busca e apreensão em um residencial de Brasília. A outra prisão ocorreu no Rio de Janeiro. Os presos devem ser trazidos para a Bahia ainda nesta segunda-feira.

A polícia informou que o grupo alvo da ação é especializado em estelionato, através de fraude na venda de equipamentos hospitalares. Conforme apontam as investigações, a empresa recebeu R$ 48 milhões por um conjunto de respiradores, não os entregou e ainda não devolveu o recurso.

O grupo foi descoberto após denúncia do Consórcio Nordeste, que tentou adquirir respiradores para o combate ao coronavírus. A empresa alvo da ação se apresentava como revendedor dos produtos. Ainda segundo as investigações, a empresa tentou negociar de forma fraudulenta com vários setores no país, entre eles os Hospitais de Campanha e de Base do Exército, ambos em Brasília.

A operação, coordenada pela Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), através da Superintendência de Inteligência, conta com a participação da Polícia Civil da Bahia, através da Coordenação de Crimes Econômicos e Contra Administração Pública, da Polícia Civil de SP, do Distrito Federal e do Ministério Público da Bahia.

A polícia detalhou que mais de 100 contas bancárias vinculadas ao grupo foram bloqueadas pela Justiça. A Justiça já havia determinado o bloqueio dos bens da empresa HempShare, que deixou de entregar os respiradores comprados por R$ 48,7 milhões aos estados nordestinos. A decisão ocorreu após uma ação aberta pelo Consórcio.

No Diário Oficial do Estado da última sexta-feira (29), representando o Consórcio Nordeste, o governador do estado, Rui Costa instaurou processo administrativo com a finalidade de apurar irregularidades praticadas pela empresa Hempcare, com sede em São Paulo.

No documento, consta a informação de que a empresa foi contratada pelo Consórcio Nordeste em 8 de abril de 2020, e que inquérito foi aberto por haver indícios de descumprimento das obrigações contratuais, mediante a inexecução contratual. Os indícios de irregularidades não foram detalhados no documento.

A dona da empresa, que teve os bens bloqueados, informou que fez o contrato pra importar respiradores da China, mas que durante as negociações percebeu que os equipamentos fabricados no país apresentavam problemas. A empresa afirmou que, em contrapartida, ofereceu respiradores produzidos no Brasil, testados pela Anvisa e mais baratos. Ainda segundo a empresa, caso a substituição fosse aceita, ao invés de 300, mais de 400 respiradores seriam entregues.

O governo do estado nega que haja certificação dos respiradores pela Anvisa. A empresa ainda declarou que não vai recorrer da decisão porque já havia acordado a devolução do dinheiro, que será feita nos próximos dias. Depois disso, os bens deverão ser desbloqueados. O atraso na entrega da carga dos respiradores foi anunciado no dia 5 de maio, pelo secretário de saúde da Bahia, Fábio Vilas Boas. Na ocasião, havia uma previsão da chegada dos equipamentos ainda no mês de maio, o que não ocorreu.

Dois dias depois, em 7 de maio, o governador Rui Costa informou sobre o cancelamento da compra dos respiradores por causa do atraso. Ainda no início de maio, o secretário Fábio Vilas Boas previa a devolução do dinheiro da compra cancelada dos respiradores até a primeira quinzena do mês.Diante do insucesso na compra e do processo para devolução do dinheiro investido, o Ministério Público do Estado (MP-BA) abriu um procedimento para apurar possíveis irregularidades nas compras dos respiradores.




PRIMOR – PUBLICIDADE

Justiça Federal determina que Facebook suspenda fake news sobre eleição na Grande Natal

A pesquisa irregular foi divulgada em perfil anônimo no Facebook e apontava liderança de Francenilson dos Santos, ex-prefeito preso por corrupção

A Justiça Eleitoral do Rio Grande do Norte determinou que o Facebook suspenda a publicação de uma suposta pesquisa de pré-campanha eleitoral do município de Ielmo Marinho. A determinação da juíza Niedja Fernandes dos Anjos e Silva, responsável pela 46ª Zona Eleitoral de Ceará-Mirim, apontou que um perfil anônimo publicou o conteúdo para o cargo de prefeito da cidade.

A pesquisa irregular foi divulgada em perfil anônimo no Facebook e apontava liderança de Francenilson dos Santos, ex-prefeito preso por corrupção. A quebra de sigilo indica que número de celular vinculado ao perfil estão ligados ao pré-candidato.

De acordo com a Resolução TSE 23.549/2017, a divulgação de pesquisa sem o prévio registro das informações sujeita os responsáveis à multa no valor de R$ 53.205,00 a R$ 106.410,00 (Lei nº 9.504/1997, arts. 33, § 3º, e 105, § 2º). Por outro lado, a divulgação de pesquisa fraudulenta constitui crime, punível com detenção de seis meses a um ano e multa no valor de R$ 53.205 a R$ 106.410.

Com a quebra do sigilo no processo e os dados divulgados pelo Facebook à Justiça, retirados da publicação, descobriu-se que o perfil apresentava um dos números de telefones vinculados a Francenilson. O processo cita ainda que a pesquisa pré-eleitoral é irregular, já que não há qualquer registro de candidatura para as Eleições 2020 em Ielmo Marinho ou “pode promover desigualdade de condições entre aqueles que disputarão o pleito eleitoral de outubro, já que pesquisas de intenção de votos nas eleições, sejam elas legítimas ou não, exercem poder de influência sobre o voto de eleitores”.

Em 2016, Francenilson Alexandre dos Santos foi preso após investigação do Ministério Público sob a acusação da prática do crime de corrupção ativa, por ter oferecido cargos públicos municipais e promessas de dinheiro a vereadores para que votassem pelo arquivamento do processo de cassação de prefeito, o que efetivamente veio a ocorrer.



Sidy´s Publicidade 01

Tragédia no RN: Homem assassina irmão e depois se mata em fazenda no interior

Túlio Flor (na foto) foi morto pelo irmão na manhã desta terça-feira (19)

Uma tragédia aconteceu após uma discussão familiar entre membros da família Flor, uma das mais tradicionais de Natal e conhecida no Rio Grande do Norte pela rede de postos Jota Flor. O caso aconteceu na fazenda Conceição, no município de São Pedro.

Segundo a Polícia Civil, houve uma discussão e o empresário Tasso Flor sacou uma arma e realizou diversos disparos contra seu irmão, Túlio Flor. Em seguida, na presença de familiares, Tasso cometeu suicídio ao disparar contra a própria cabeça. Ainda de acordo com a Polícia Civil, o local foi isolado e ainda não há mais detalhes sobre a ocorrência. O motivo da briga também não foi divulgado.



PRIMOR – PUBLICIDADE

Bandidos tentam matar blogueiro em Caraúbas

João Marcolino estava na frente de uma escola conversando com amigos, quando os criminosos chegaram de carro

O blogueiro João Marcolino foi vítima de uma tentativa de homicídio nesta terça-feira (19), na cidade de Caraúbas, região Oeste potiguar. Os bandidos realizaram diversos disparos contra o carro da vítima.

João Marcolino estava na frente de uma escola conversando com amigos, quando os criminosos chegaram de carro. Ao perceber a movimentação estranha, o blogueiro se abraçou com uma criança. João soltou a criança e correu para o carro, que por ser blindado evitou que o dono do Blog do João Marcolino fosse morto.



CLIQUE – PUBLICIDADE

RN: Mãe e filha são mortas a tiros dentro de casa em Mossoró

O criminoso entrou na casa e realizou diversos disparos contra Jackeline Ferreira

Uma mãe e uma filha foram mortas a tiros neste domingo (17), em Mossoró, na região Oeste potiguar. As vítimas, identificadas como Maria Clécia Ferreira da Silva, de 49 anos, e Jackeline Ferreira da Silva, de 21, estavam em casa, quando foram abordadas pelo assassino.

O assassinato aconteceu no bairro Aeroporto. A polícia não descarta que a motivação do crime pode ter sido por uma disputa pela guarda do filho de Jackeline, com o pai da criança.

O criminoso entrou na casa e realizou diversos disparos contra Jackeline Ferreira. Ao ver o crime, sua mãe, Maria Clécia, resolveu fugir, mas foi alcançada pelo assassino, que efetuou vários tiros na cabeça dela. A polícia investiga agora se a motivação realmente foi a disputa pela guarda.



Sidy´s Publicidade 01