Teatro Municipal de Currais Novos será entregue dia 23 de Junho

Com 400 poltronas disponíveis, camarotes, áreas de camarins, copa, recepção, banheiros e ainda uma parte subterrânea, o próximo passo será a estruturação do local

Após longos 12 anos, o Teatro Municipal Ubirajara Galvão, de Currais Novos, já tem data para sua entrega. O ato simbólico será através de live dentro do Programa Circuito Junino, na próxima terça-feira (23), véspera de São João. Na tarde desta quinta-feira (18), o prefeito Odon fez visita técnica e acompanhou a limpeza do espaço.

Com 400 poltronas disponíveis, camarotes, áreas de camarins, copa, recepção, banheiros e ainda uma parte subterrânea, o próximo passo será a estruturação do local.



CLIQUE – PUBLICIDADE

Cantor do Convite de Casamento, Adonis Antonio, confirma que fará live no mês de julho

Live poderá acontecer na primeira ou segunda semana de julho

O cantor Adonis Antônio foi o convidado do jornalista Ismael Medeiros e participou da live da Sidys TV no instagram, na noite desta quarta-feira (3). O parelhense que ficou consagrado em todo Brasil com a música “Convite de Casamento” contou o começo da sua carreira e revelou que pretende gravar o clássico em espanhol. Adonis também falou que está sendo incentivado por amigos a fazer sua live, que estuda a ideia para o mês de julho. “Tem muita gente pedindo, vamos relembrar grandes sucessos, na primeira ou segunda semana de julho”.

No bate-papo relembrou o ano de 1997, quando lançou seu CD. “Estava praticamente pronto o CD, gravava em Campina Grande e mudei tudo de última hora. Este nome Adonis Antônio, que é uma homenagem ao meu avô, foi o cantor Capilé que escolheu, já que meu nome de batismo é Adonis Araújo. La no estúdio eu conheci o Nino, que me apresentou várias letras”.

Adonis falou sobre a música Convite de Casamento, que é dos compositores Nino e Jefferson Farias. A canção estava encomendada para a dupla Zezé de Camargo e Luciano. “Depois de escolher várias músicas eu perguntei não tinha nenhuma outra. Nino disse que tinha uma, mas já estava encomendada. Depois de ouvir não resisti e disse pra ele que quem iria gravar seria eu, assim foi. Aconteceu e fiquei marcado com o ‘convite de casamento’ até hoje. Estou pensando em gravá-la em espanhol”, revelou.



CLIQUE – PUBLICIDADE

Entretenimento: Blog potiguar resgata memórias e destaca singularidades da história local

Blog Curiozzzo foi criado em 2014 e já conta com mais de 5 milhões de views

Você sabia que um professor de Natal inventou um carro movido à água? Pois é. Isso aconteceu na década de 1960 e o autor dessa façanha se chama Nicanor de Azevedo Maia, um engenheiro civil da época, morador de um bonito sobrado na rua Mossoró, Zona Lesta da capital potiguar.

A dica de ouro para conhecer essas e outras memórias cativantes e que fazem do Rio Grande do Norte um estado privilegiado em termos de cultura e de excelentes histórias, é o blog Curiozzzo (curiozzzo.com), criação do analista de sistemas, Henrique Araújo (35).

Uma conversa entre Henrique e um amigo (Fernando Alves, que deu muitas dicas), em 2014, fez despontar a ideia de montar o blog, cuja proposta era mostrar curiosidades do mundo. Pronto! Estava aí o start para a criação de Curiozzzo, assim mesmo, com três “Zs”. O porquê da escrita inusitada? Nem mesmo o próprio Henrique sabe como responder. “O nome foi criado por uma brincadeira. Não tem explicação. Surgiu de repente, apenas como uma marca”, conta.

Henrique é um brasiliense apaixonado por cerveja que cresceu em Natal. A paixão pela bebida fermentada suscitou, inclusive, as primeiras postagens no blog, que logo perderam espaço para as curiosidades sobre a História e a Cultura potiguar. Seis anos após a criação, Curiozzzo é referência internacional para o Rio Grande do Norte, acessado por internautas de mais de 100 países e com mais de 5 milhões de views.

“É uma janela para muita gente. Vivemos num estado com uma lacuna quando o assunto é o resgate da História e da Cultura. E nossa abordagem é trabalhada com uma série de regras para que o conteúdo fique muito interessante”, explica Henrique.

Os assuntos abordados são os mais variados. Fotografias que mostram a força impressionante da natureza nos céus da capital, um passeio pelos casarões mais belos e conservados do Centro da cidade e até imagens em preto e branco de paisagens icônicas de Natal: uma Ponte de Igapó já tomada por carros em pleno 1984 ou uma Ponta Negra selvagem e inabitada, lá pelos idos de 1925. Tudo ali é um convite à curiosidade dos apaixonados pela História potiguar.

Quarentena

Preocupado com a atual situação do planeta em relação à pandemia do coronavírus, Henrique se dedica a falar também sobre isolamento social e enfrentamento à crise sanitária. Por isso, ele criou stories com destaques no Instagram (@curiozzzo), com informações sobre o tema. No blog, há uma categoria chamada “Covid-19”, com uma série de postagens que tratam do assunto, como doações de respiradores feitas por empresas, além de charges e publicações de cunho histórico ligadas à quarentena.

Incentivos

Henrique se diz apaixonado pelas histórias que garimpa, mas reclama da falta de incentivos por parte das empresas para estimular iniciativas como as dele. “Financeiramente, há pouco retorno. As empresas do RN deveriam dar mais atenção para esse tipo de conteúdo. Às vezes a gente procura anúncio para o Curiozzzo e a resposta é negativa ou nenhuma”.

Por outro lado, o reconhecimento e a paixão pelo que faz são o estímulo para seguir pesquisando e descobrindo as melhores histórias e curiosidades do Rio Grande do Norte. “Fazer conteúdo para o blog é uma paixão, porque é divertido buscar fatos do passado. E o incentivo vem de pessoas renomadas, como Diógenes da Cunha Lima, (presidente da Academia Norte-Riograndense de Letras) e da própria Daliana Cascudo, é que é fã do blog. Além disso, as pessoas que acessam o conteúdo dão um feedback muito bom”, assinala.

AgoraRN



Sidy´s Publicidade 01

Fundação José Augusto debate Lei de Emergência Cultural por webconferência

A iniciativa propõe o valor de R$ 3,6 bilhões, repartido entre Estados, Distrito Federal e Municípios para aplicação em ações emergenciais de apoio a área da Cultura

A Fundação José Augusto (FJA) promove nesta quinta-feira (21), às 20h, pela plataforma Google Meet, uma webconferência sobre a Lei de Emergência Cultural (PL 1075/2020) que será votada no Congresso Nacional.  O link da conferência será disponibilizado nas redes sociais da Fundação José Augusto.

O debate é destinado a artistas, produtores (as) culturais, técnicos, secretários (as) e dirigentes municipais de cultura, pontos de cultura, agentes de cultura, conselhos de cultura, fóruns de cultura, mestres e mestras, cantadores, violeiros, repentistas, artistas digitais, rapers, capoeiristas, redes e movimentos culturais.

O Projeto de Lei, de autoria da deputada Federal Benedita da Silva (PT-RJ), dispõe sobre a criação de soluções para ajudar o setor cultural e sinaliza os recursos necessários às medidas propostas sejam limitados a um valor determinado. 

A iniciativa propõe o valor de R$ 3,6 bilhões, repartido entre Estados, Distrito Federal e Municípios para aplicação em ações emergenciais de apoio a área da Cultura, por meio de renda emergencial mensal aos trabalhadores; subsídios mensais para manutenção de espaços artísticos e culturais, micro e pequenas empresas culturais, cooperativas, instituições e organizações culturais comunitárias que tiveram as atividades interrompidas.

Além disso, também prevê a edição de editais, chamadas públicas, prêmios, aquisição de bens e serviços relacionados ao setor cultural e outros instrumentos voltados à manutenção de agentes, espaços, iniciativas, cursos, produções, desenvolvimento de atividades de economia criativa e economia solidária, produções audiovisuais, manifestações culturais. 

Webconferência sobre a Lei Emergencial da Cultura
Data: Quinta-feira (21)
Horário: 20h

– Através da Plataforma Meet Google com link a ser divulgado nas redes sociais da Fundação José Augusto.



CLIQUE – PUBLICIDADE

Atriz e radialista Daisy Lúcidi morre de Covid-19 no Rio de Janeiro

O neto da atriz, Luiz Claudio Mendes, publicou uma mensagem em uma rede social relembrando a festa de aniversário de 90 anos da artista

A atriz e radialista Daisy Lúcidi, de 90 anos, morreu na madrugada desta quinta-feira (7). Ela estava internada com Covid-19 no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital São Lucas, em Copacabana, Zona Sul do Rio, desde o dia 25 de abril.

Lúcidi integrou o primeiro elenco de atores da Rádio Globo e fez sua estreia na TV em 1960. Como radialista, comandou, durante 46 anos, o programa “Alô Daisy”, na Rádio Nacional. Foi ainda vereadora e deputada estadual no Rio. Sua última participação em novelas da Globo foi em “Geração Brasil”, em 2014.

O neto da atriz, Luiz Claudio Mendes, publicou uma mensagem em uma rede social relembrando a festa de aniversário de 90 anos da artista no ano passado e agradece a todos pelas mensagens recebidas pela família.



Sidy´s Publicidade 01

Músico fundador da banda Titãs morre após contrair Covid-19

Segundo Isabela Johansen, ex-mulher do músico, Ciro “estava lutando contra o câncer e nas indas e vindas ao hospital, acabou contraindo Covid-19

Ciro Pessoa, um dos fundadores da banda Titãs, morreu na madrugada desta terça-feira (5), aos 62 anos. A informação foi confirmada por Branco Mello e Sérgio Britto, que junto a Tony Bellotto, ainda fazem parte da formação do grupo.

Segundo Isabela Johansen, ex-mulher do músico, Ciro “estava lutando contra o câncer e nas indas e vindas ao hospital, acabou contraindo Covid-19. Foi internado, mas infelizmente não resistiu”.

“Siga em paz, querido Ciro. Descansa meus olhos, sossega minha boca, me enche de luz …”, escreveu Branco, citando o trecho de “Sonífera lha”, uma das músicas do Titãs que tem Ciro entre os compositores. Ele também assina “Homem primata” junto a Tony Bellotto, Carlos Barmak, Branco Mello e Marcelo Fromer.

Além das composições com os Titãs, Ciro tem mais de 100 obras assinadas por ele, segundo o Ecad. O trabalho mais recente do músico foi com a banda Flying Chair.”O corpo será cremado e assim que essa fase chegar ao fim faremos um grande show em sua homenagem, pois é isso o que ele queria”, afirmou Isabela.



PRIMOR – PUBLICIDADE

Aldir Blanc, compositor e escritor, morre de coronavírus no Rio de Janeiro

Aldir Blanc Mendes nasceu no Rio de Janeiro, no dia 2 setembro de 1946. Em 1996, ingressou na Faculdade de Medicina, especializando-se em psiquiatria. Em 1973, abandonou o curso para dedicar-se exclusivamente à música, tornando-se um dos mais importantes compositores de Música Popular Brasileira (MPB)

O compositor e escritor Aldir Blanc, de 73 anos, morreu na madrugada desta segunda-feira (4) no Hospital Universitário Pedro Ernesto, em Vila Isabel, Zona Norte do Rio. Ele estava com Covid-19 e seu quadro de saúde era considerado grave.

No dia 10 de abril, o compositor deu entrada na CER do Leblon com infecção urinária e pneumonia, que evoluíram para um quadro de infecção generalizada.

Cinco dias depois, a partir de uma campanha de amigos e artistas, ele conseguiu transferência para o Hospital Pedro Ernesto. Na unidade, chegou a apresentar sinais de melhoras, mas como seu estado era muito grave, foi mantido sedado o tempo inteiro.

Carreira musical

Aldir Blanc Mendes nasceu no Rio de Janeiro, no dia 2 setembro de 1946. Em 1996, ingressou na Faculdade de Medicina, especializando-se em psiquiatria. Em 1973, abandonou o curso para dedicar-se exclusivamente à música, tornando-se um dos mais importantes compositores de Música Popular Brasileira (MPB).

Uma de suas canções mais famosas, “O Bêbado e a Equilibrista”, feita em parceria com João Bosco, ficou eternizada na voz de Elis Regina. Outras composições famosas são “Bala com Bala”, “O Mestre-Sala dos Mares”, “De Frente Pro Crime” e “Caça à Raposa”.

A obra de Blanc reúne, ainda, dezenas de canções conhecidas, feitas em parceria com outros ilustres artistas, como Moacyr Luz, Maurício Tapajós, Paulo Emílio, Carlos Lyra, Guinga, Edu Lobo, Wagner Tiso, César Costa Filho, Cristóvão Bastos, Roberto Menescal, Ivan Lins, entre outros.



CLIQUE – PUBLICIDADE

Ao vivo: Circo do Palhaço Fuxiquinho fará espetáculo virtual neste sábado (21)

Transmissão começa a partir das 21 horas

Após viralizar na internet vídeo onde o Palhaço Fuxiquinho faz uma apelo as autoridades para olharem a situação dos circos no Brasil, já que estão de portas fechadas e centenas de famílias e artistas impossibilitados de trabalhar. Agora o palhaço que é mossoroense disse que fará um espetáculo virtual na noite deste sábado, 21 de março.

O circo está com sua estrutura montada em Itapororoca na Paraíba. Segundo o palhaço Fuxiquinho, proprietário da casa de espetáculo, a sua trupe está recebendo toda atenção do poder público do município onde estão instalados e antes mesmo do governo orientar sobre o cancelamento dos espetáculos, ele já havia decidido parar.

“Acho que seremos o primeiro circo a fazer um espetáculo virtual. Mas será uma maneira até de tirar nossos artistas do tédio, já que estamos também isolados diante desta pandemia. Será estranho fazer palhaçada sem platéia. Faremos até para o povo lembrar que existimos e não se pode esquecer a situação difícil que os circos já começam a passar no Brasil”, contou.

A transmissão começa a partir das 20 horas, através dos canais do Palhaço Fuxiquinho, no instagram e YouTube.



ÓTICA -BANNER PUBLICIDADE

Bonecos gigantes e marchinhas de frevo animam o lançamento do Carnaval Cultural Arrastão do Boi de Currais Novos

Arrastão do Boi acontece de 22 a 25 de Fevereiro

Foi lançado oficialmente o Carnaval Cultural de Currais Novos. A programação que já havia sido anunciada contará com arrastão e orquestra de frevo pelas principais ruas da cidade e shows na praça central, com artistas locais.

Este ano o tema será “O boi é a felicidade”. Na programação de lançamento, que aconteceu no projeto Música e Arte na Praça desta quinta-feira (13), o Arrastão do Boi trouxe os bonecos gigantes que animou os presentes.

Neste domingo uma feijoada com música ao vivo acontecerá em benefício do carnaval. As senhas estão sendo vendidas ao preço de R$ 10,00 reais.



ÓTICA -BANNER PUBLICIDADE

Pastel de Tangará, Carne de sol, queijo coalho e caldo de cana são oficializados como patrimônios do RN

As normas foram publicadas na edição desta quarta-feira (12) do Diário Oficial

A governadora Fátima Bezerra sancionou três projetos de lei que reconhecem como patrimônios culturais imateriais do Estado quatro iguarias culinárias típicas do interior do Rio Grande do Norte. As normas foram publicadas na edição desta quarta-feira (12) do Diário Oficial.

Com as novas leis, ficam reconhecidos como patrimônios culturais imateriais do Rio Grande do Norte a carne de sol e o queijo de coalho produzidos em Caicó, na região Seridó; o caldo de cana-de-açúcar de Ceará-Mirim, na Grande Natal; e o pastel de Tangará, no Seridó.

Também nesta quarta-feira, a governadora Fátima Bezerra sancionou uma lei que reconhece como patrimônio cultural imaterial do Rio Grande do Norte as garrafas coloridas produzidas na Praia de Tibau, na região da Costa Branca, e a festa de Nossa Senhora dos Navegantes, realizada em Areia Branca, também na Costa Branca.

Todas as leis foram aprovadas pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte após iniciativas de deputados estaduais. Com a declaração, as iguarias ficam oficialmente reconhecidas como típicas do Rio Grande do Norte e se tornam um patrimônio do Estado.



ÓTICA -BANNER PUBLICIDADE