Conmebol divulga data dos dois jogos do Brasil nas Eliminatórias para Copa de 2022

Os jogos deveriam ter começado em março, mas foram adiados por causa da pandemia do novo coronavírus

Nesta segunda-feira (21) a Conmebol divulgou data, horário e local dos dois primeiros jogos da seleção brasileira nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo do Catar em 2022.

A equipe do técnico Tite estreia dia 9 de outubro, na Neo Química Arena, em São Paulo, às 21h30 (horário de Brasília), contra a Bolívia, e depois joga dia 13, contra o Peru, em Lima, às 21h15.

A apresentação dos jogadores ao técnico Tite deve acontecer no dia 5 para o início de concentração e treinamentos. O grupo será liberado para seus clubes em 13 de outubro, logo após o segundo jogo. Como o Campeonato Brasileiro não vai parar, ao contrário das competições internacionais, os times nacionais que cederem jogadores para a seleção brasileira ou outra seleção sul-americana terão desfalques por duas ou três rodadas.

Algumas confederações chegaram a pedir um novo adiamento do início das Eliminatórias para novembro durante reunião com a Conmebol, mas não foram atendidas. Os jogos deveriam ter começado em março, mas foram adiados por causa da pandemia do novo coronavírus.

Sem o adiamento, ficou acertado que no dia 8 de outubro (quinta-feira) jogam: Paraguai x Peru (Assunção, 19h30), Uruguai x Chile (Montevidéu, 19h45) e Argentina x Equador (Buenos Aires, 21h10). No dia 9 (sexta-feira), além do jogo do Brasil, teremos Colômbia e Venezuela (Barranquilla, 18h30).

Dia 13 (terça-feira), será rodada cheia, contando com Peru x Brasil. Jogam: Bolívia x Argentina (La Paz, 16h), Equador x Uruguai (Quito, 16h), Venezuela x Paraguai (Merida, 18h) e Chile x Colômbia (Santiago, 20h).

O retrospecto dos confrontos é muito favorável à seleção brasileira contra Bolívia e Peru. Contra os bolivianos, são 21 vitórias, quatro empates e apenas cinco derrotas, com 99 gols marcados e 25 sofridos. Diante dos peruanos, são 32 vitórias, nove empates e também cinco derrotas, com 91 gols a favor e 31 contra.

As dez seleções do continente vão se enfrentar em duelos de ida e volta. Após 18 rodadas, as quatro primeiras se classificam para o Mundial e a quinta disputa uma vaga na repescagem, contra rival ainda a ser definido.



CLIQUE – PUBLICIDADE

Libertadores da América retorna nesta terça com Athletico-PR e Santos em campo

A Libertadores retorna com mudanças também nas regras da competição

A espera acabou. Depois de seis meses de paralisação em decorrência da pandemia do novo coronavírus (covid-19), a Copa Libertadores da América  volta na noite desta terça-feira (15). Em março, quando o torneio foi interrompido, todos os 32 times já haviam  jogado as duas primeiras rodadas. A partir de agora, todas as demais fases – as quatro restantes da fase de grupos e as eliminatórias – ocorrerão sem presença de público. As finais devem ocorrer apenas em janeiro de 2021. 

Na noite de hoje (15), entram em campo dois dos sete clubes brasileiros que participam do torneio. Pelo Grupo C, o Athletico Paranaense, com três pontos, pega o Jorge Wilstermann, às 19h15 (horário de Brasília), no estádio Félix Capriles, em Cochabamba (Bolívia) . O Santos, que lidera o Grupo G, com seis pontos, recebe o Olímpia, do Paraguai, na Vila Belmiro,  às 21h30.

 A Libertadores retorna com mudanças também nas regras da competição. No último domingo (13), o Conselho da Conmebol ampliou o número de jogadores que poderia ser inscritos por cada equipe participante. 

As listas, cujo limite anterior era de até 40 nomes, foram ampliadas para 50. Os clubes que disputam os jogos nesta terça (15), quarta (16) e quinta-feira (17) tinham  prazo até às 18h de ontem (14) para enviar à entidade as listagens de atletas. Nas viagens, as delegações terão o limite 50 pessoas, incluindo comissões técnicas e pessoal de apoio. Outra alteração anunciada pela entidade no domingo (13) foi a permissão de que os atletas possam atuar por até três três clubes na mesma edição da Libertadores. Anteriormente, o limite era de dois times. 

Jorge Wilstermann (Bolívia)  x Athletico-PR

A última partida do Furacão na Libertadores foi em 11 de março. Na ocasião, os brasileiros perderam para o Colo-Colo por 1 a 0, em Santiago (Chile).  Cinco jogadores daquele elenco também estiveram em campo na vitória do Athletico-PR sobre o Coritiba (1 a 0), no último sábado (12), pelo Brasileirão. O zagueiro Thiago Heleno, o lateral Márcio Azevedo, os volantes Wellington e Erick e o atacante Nikão. 

Em março, o treinador era Dorival Júnior, que foi demitido em agosto, depois de quatro derrotas seguidas na Série A. Hoje (15), quem comanda a equipe é Eduardo Barros. 

Atual campeã estadual, a equipe da Arena da Baixada apresentou na quinta-feira passada (10) a nova lista de inscritos com várias novidades: o goleiro Anderson, os zagueiros Felipe Aguilar e Pedro Henrique, os volantes Jaime Alvarado e Richard, os meias Bruno Leite e Ravanelli e os atacantes Fabinho, Geuvânio e Walter. Entre os desfalques para a partida de hoje (15) estão o zagueiro Thiago Heleno, o volante Léo Citadini, o atacante Nikão devem ser desfalques. 

O provável escalação deve ser com Santos; Jonathan, Felipe Aguilar, Pedro Henrique e Márcio Azevedo; Wellington; Erick, Christian, Geuvânio e Fabinho; Guilherme Bissoli.  

O dia 11 de março também marcou a última partida oficial do Jorge Wilstermann. Naquela ocasião, a equipe perdeu por 1 a 0 para o Penharol, em Montevideo (Uruguai). Com esse resultado, o Grupo C da Libertadores ficou com as quatro equipes empatadas com três pontos, depois de dois jogos. No Uruguai, o futebol permanece paralisado por conta da pandemia. Na Bolívia, os campeonatos permanecem paraslisados por conta da pandemia. O Jorge Wilstermann voltou aos treinos em agosto.

Santos x Olimpia (Paraguai)

Muita coisa mudou desde o dia 10 de março, quando o Santos ganhou do Delfín, do Equador,  por 1 a 0, na Vila Belmiro, e atingiu a liderança do Grupo G, com seis pontos. Do time que entrou em campo naquele dia, apenas cinco atletas começaram o clássico de sábado (12) contra o São Paulo: Lucas Veríssimo, Luan Peres, Diego Pituca, Carlos Sánchez e Soteldo. Na casa-mata, o comandante era o português Jesualdo Ferreira. Agora, no lugar dele, está Cuca. A equipe voltou a jogar no dia 22 de julho, quando empatou com o Santo André. No Estadual, o Peixe acabou sendo eliminado nas quartas de final pela Ponte Preta.

Na nova lista de inscritos na Libertadores, apresentada nesta segunda-feira pelo Peixe, são seis novidades: os zagueiros Alex e Wagner Leonardo, os meias Anderson Ceará, Gabriel Pirani e Lucas Lourenço e o atacante Lucas Braga.

Adversário desta noite, o paraguaio Olimpia está em segundo lugar com quatro pontos em dois jogos. Pelo campeonato nacional, que retornou em 22 de julho, o clube ocupa a terceira posição com 38 pontos, quatro a menos do líder Cerro Porteño. 

O Cuca deve mandar a campo logo mais João Paulo; Madson, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Carlos Sánchez; Marinho, Lucas Braga e Soteldo.



PRIMOR – PUBLICIDADE

Após comprar a Libertadores, SBT entra na negociação pela Fórmula 1

O contrato da Globo com a Fórmula 1 vence ao final da temporada 2020 , e a emissora já confirmou que não vai renovar o acordo

Após fechar a compra dos direitos de transmissão da Libertadores até 2022 , o SBT já tem uma nova meta para o seu pacote esportivo: a Fórmula 1. O Notícias da TV apurou com fontes que a emissora de Silvio Santos abriu com a Liberty Media, empresa responsável pelas exibições da categoria mais importante do automobilismo.

O contrato da Globo com a Fórmula 1 vence ao final da temporada 2020 , e a emissora já confirmou que não vai renovar o acordo. A líder de audiência não aceitou pagar o que o grupo norte-americano pediu, fez outras propostas, mas a negociação não avançou.

Assim como aconteceu na Libertadores, as tratativas entre o SBT e a detentora dos direitos de transmissão da Fórmula 1 estão conduzidas por José Roberto Maciel, vice-presidente da emissora. No entanto, diferentemente da competição sul-americana de futebol, a F1 não é uma unanimidade entre os executivos de Silvio Santos, mas o VP está tentando viabilizar o negócio.

Primeiro contratado para a nova equipe de esportes do SBT , o narrador Téo José tem experiência e é conhecido do público que acompanha automobilismo. O nome do locutor foi tratado como prioridade pelos diretores da emissora justamente por ele ter ligação com o futebol e com as corridas.

Com passagens pela Fox Sports (canal para o qual trabalhava antes do SBT), Band e RedeTV !, Téo José já comandou transmissões da Fórmula Indy, Fórmula E, Fórmula Truck e Nascar.

Nas conformado com a Liberty Media, o SBT pode usar a mesma cartada que o capacita a conquistar a Libertadores: maior espaço de exposição para os patrocinadores da própria Fórmula 1 na TV.

Além de não chegarem em um acordo pelos valores, a Liberty Media queria que a Globo incluísse em sua programação os treinos livres e classificatórios, hoje apenas na TV paga, no SporTV, e até mesmo no pódio, que fica restrito apenas ao site esportivo . A avaliação era de que o produto poderia ser mais valorizado. Mas a líder de audiência bateu o pé.



ÓTICA -BANNER PUBLICIDADE

ABC empata com rival América-RN e é campeão potiguar de forma direta

Sete meses após fraturar a tíbia, o atacante Wallyson voltou a atuar pelo ABC nesta segunda-feira

O ABC é o campeão potiguar de 2020. O Alvinegro empatou por 1 a 1 com o arquirrival América-RN na tarde desta segunda-feira, feriado da Independência, e conquistou o título do segundo turno.

Como já havia vencido o primeiro turno, assegurou o troféu do estadual de forma direta, sem a necessidade de finais. Zé Eduardo marcou para o América, e Paulo Sérgio deixou tudo igual no Frasqueirão, em Natal.

O ABC alcançou o 56º título potiguar da sua história. É o maior vencedor de estaduais do Brasil. Este de 2020 é especial por ter sido de forma invicta. Em 16 jogos, foram 13 vitórias e três empates.

Sete meses após fraturar a tíbia, o atacante Wallyson voltou a atuar pelo ABC nesta segunda-feira. Entrou nos acréscimos e, após o apito final, foi bastante festejado pelo técnico Francisco Diá e pelos companheiros. Após levantar a taça, o jogador de 31 anos concedeu entrevista à TV FNF e revelou que pode ter sido o último jogo com a camisa alvinegra. “Hoje pode ser o último jogo da minha carreira aqui. Minha história, o respeito, ninguém vai me tirar. É muito difícil ficar. Não vou mentir para vocês”, declarou.

Primeiro tempo

Na estreia do técnico Paulinho Kobayashi, o América entrou com uma postura totalmente diferente e teve amplo domínio do primeiro tempo. O time rubro se impôs e jogou dentro do campo do ABC, que só se defendeu. O gol, merecido, saiu aos 33 minutos. Zé Eduardo, em cobrança de pênalti, fez o quinto gol dele em quatro jogos com a camisa rubra. O meia Rondinelly, estreante do dia, também levou perigo e poderia ter ampliado.

Segundo tempo

O ABC voltou para a segunda etapa com duas mudanças – Berguinho e Reginaldo entraram – e mais aceso. O empate veio em cobrança de falta perfeita de Paulo Sérgio, aos 10 minutos. O jogo ficou bem movimentado e Zé Eduardo desperdiçou uma das melhores chances, com Rafael batido. André Krobel, em falta, quase surpreendeu Rafael. O ABC também tinha espaço para contra-atacar, mas errava o último passe. O América reclamou de pênalti aos 39 minutos, em lance que a bola tocou no braço de Richardson dentro da área. Wallace Pernambucano, na sequência, acertou o travessão. Aos 44 minutos, sim, o árbitro Caio Max viu o toque no braço de Paulo Sérgio e marcou o pênalti para o América. Romarinho cobrou para fora, para desespero dos companheiros e da comissão técnica. Ainda deu tempo de Wallyson voltar aos gramados após sete meses, recuperado de uma cirurgia na tíbia. Fonte: Globo Esporte RN



PRIMOR – PUBLICIDADE

Liga Europa é com eles: Sevilla bate a Inter de Milão e conquista o hexa

Em Colônia, na Alemanha, o Sevilla saiu atrás logo no começo, mas foi buscar vitória por 3 a 2 sobre a Internazionale para faturar o seu hexacampeonato

Na final de uma edição histórica, com uma só sede e jogos únicos a partir das oitavas de final, ergueu a taça da Liga Europa 2019/20 o time mais acostumado a conquistas na competição.

Em Colônia, na Alemanha, o Sevilla saiu atrás logo no começo, mas foi buscar vitória por 3 a 2 sobre a Internazionale para faturar o seu hexacampeonato.

De Jong, duas vezes, e Lukaku, contra após bela bicicleta de Diego Carlos, marcaram os gols dos espanhóis. Godín e o próprio Lukaku descontaram para o time italiano.

Com 100% de aproveitamento em finais de Liga Europa, o Sevilla amplia vantagem e agora tem o dobro de conquistas que os segundos colocados no ranking histórico de títulos.



CLIQUE – PUBLICIDADE

CBF anuncia novo protocolo de testes para coronavírus

Entre as mudanças está o aumento do número de testes realizados pelos participantes da competição

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou nesta segunda (10) uma mudança no protocolo de testagem das competições nacionais. A mudança acontece após a primeira rodada do Campeonato Brasileiro da série A, na qual a partida entre São Paulo e Goiás, programada para o último domingo (9), foi adiada um pouco antes do início por conta de casos do novo coronavírus (covid-19) no elenco do Esmeraldino.

Entre as mudanças está o aumento do número de testes realizados pelos participantes da competição. Agora, a testagem “será ampliada. Todos os jogadores dos elencos dos clubes, inscritos na competição correspondente, serão testados a cada rodada, com 72 horas de antecedência a cada partida, independente de estarem ou não relacionados para o jogo”.

Além disso, os resultados devem ser enviados à CBF “24h antes da partida pelo clube mandante e até 12h antes da viagem pelo clube visitante, o que permitirá que qualquer equipe proceda a troca de eventuais jogadores com teste positivo”.



ÓTICA -BANNER PUBLICIDADE

Governo mantém apoio aos atletas olímpicos e paralímpicos para os jogos de Tóquio 2021

A decisão foi anunciada pelo secretário especial do Esporte do Ministério da Cidadania, Marcelo Magalhães, e teve como base o estado de calamidade pública gerado pela pandemia do novo coronavírus

O Governo Federal vai garantir o apoio aos atletas de modalidades olímpicas e paralímpicas para que mantenham a preparação necessária a competições e, principalmente, para os Jogos de Tóquio 2021. 

O próximo edital do Programa Bolsa Atleta vai aceitar para efeitos de elegibilidade ao patrocínio, os resultados esportivos de 2019 e de 2020. 

A decisão foi anunciada pelo secretário especial do Esporte do Ministério da Cidadania, Marcelo Magalhães, e teve como base o estado de calamidade pública gerado pela pandemia do novo coronavírus.

O único edital será publicado em janeiro de 2021, contemplando resultados esportivos de competições realizadas em 2019 e em 2020. 

Valerá para o ingresso no programa o resultado mais recente, uma vez que a pandemia do novo coronavírus constitui situação extraordinária e momento de exceção. 

Isso possibilita a proteção aos atletas brasileiros prejudicados com a paralisação de competições e a limitação de treinos em suas modalidades.

Dessa maneira, se uma confederação esportiva realizou campeonato em 2019, mas cancelou a realização em 2020, os atletas que terminaram em primeiro, segundo e terceiro lugar, as competições de 2019 poderão aderir ao programa. 

Em caso de competições realizadas em 2020, vão valer esses resultados, pois serão os mais recentes.



Sidy´s Publicidade 01

Governo do RN firma parceria com a FNF sobre transmissões do Campeonato Potiguar

A retomada da competição está marcada para a segunda-feira que vem, dia 10 de agosto, às 20h15, na Arena das Dunas com a partida entre América e Globo

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, anunciou durante reunião realizada na tarde desta segunda-feira, 3 de agosto, que o Governo do Estado vai apoiar o projeto “Futebol do RN em Casa” por meio do programa Nota Potiguar.

O projeto da Federação Norte-rio-grandense de Futebol vai transmitir as partidas restantes do Campeonato Potiguar 2020 por meio de uma plataforma de vídeo, com qualidade de televisão e equipe montada pela própria FNF , com o objetivo de levar as partidas aos torcedores em um momento em que a presença das torcidas nos estádios não será permitida e ainda arrecadar recursos para os oito clubes que disputam a primeira divisão do estadual potiguar.

A reunião com a governadora Fátima Bezerra teve as presenças do presidente da FNF, José Vanildo da Silva, do presidente do ABC, Ubirajara Marques, e do América, Leonardo Bezerra, além do vice-governador do Rio Grande do Norte, Antenor Roberto, e do secretário estadual de tributação, Carlos Eduardo Xavier.

O Governo do Rio Grande do Norte entregou para a FNF 10 mil máscaras, 150 protetores faciais, 150 litros de álcool 70%, 60 litros de sabonete líquido e 600 pares de luvas que vão ser distribuídos aos oito clubes que participam da primeira divisão do Campeonato Potiguar 2020. A retomada da competição está marcada para a segunda-feira que vem, dia 10 de agosto, às 20h15, na Arena das Dunas com a partida entre América e Globo.



CLIQUE – PUBLICIDADE

Hamilton supera pneu furado na última volta e vence em Silverstone

O hexacampeão mundial teve o pneu furado na última volta do circuito

Com uma dose de drama – e também de sorte – Lewis Hamilton conquistou mais uma vitória na temporada da Fórmula 1. O hexacampeão mundial teve o pneu furado na última volta do circuito de Silverstone, se arrastou nas curvas finais, mas conseguiu segurar a ponta e vencer o GP da Inglaterra neste domingo.

Hamilton fechou a prova em 1h28min01s283, pouco mais que cinco segundos mais rápido em relação a Max Verstappen, que cruzou a linha de chegada na segunda posição. O holandês da Red Bull fez uma parada a mais nos boxes para colocar pneus macios a fim de conseguir fazer a volta mais rápida e, por consequência, garantir um ponto extra.

A estratégia deu certo e Verstappen assegurou a volta mais rápida. No entanto, se a parada não tivesse acontecido, ele teria tempo para aproveitar o pneu furado do Hamilton, ultrapassar o rival e venceria a prova. Charles Leclerc mais uma vez superou as complicações de seu carro da Ferrari e completou o pódio.

Com a 87ª vitória na Fórmula 1, Hamilton ficou a apenas quatro de igualar o recorde do alemão Michael Schumacher. O piloto da Mercedes lidera o campeonato com 88 pontos, 30 a mais que seu companheiro Valtteri Bottas. Na atual temporada, foi o terceiro triunfo do britânico em quatro corridas.

O pneu do carro de Bottas também furou, mas não na “hora certa”, como o do companheiro de Mercedes. Assim, o finlandês, que passou boa parte da prova no segundo lugar, foi obrigado a fazer um pit stop extra e acabou terminando a corrida na 11ª colocação, fora, portanto, da zona de pontuação.

A Renault colocou seus carros na quarta e sexta posições, com o australiano Daniel Ricciardo à frente do francês Esteban Ocon. O jovem britânico Lando Norris, da McLaren, ficou entre eles, no quinto posto. O francês Pierre Gasly, da AlphaTauri, foi o sétimo. Atrás dele vieram o tailandês Alexander Albon, da Red Bull, e o canadense Lance Stroll, da Racing Point. O alemão Sebastian Vettel teve dificuldades mais uma vez com sua Ferrari e terminou em décimo.

Chamado às pressas pela Racing Point para substituir o mexicano Sergio Pérez, diagnosticado com covid-19, Nico Hulkenberg não conseguiu sequer largar. O alemão teve um problema na unidade de potência do seu carro e não competiu. A prova também foi marcada pelo forte acidente do russo Daniil Kvyat. O piloto da AlphaTauri perdeu o controle do carro e bateu forte. Mesmo assim, saiu ileso. Irritado, porém, pelo acidente, empurrou uma câmera que o filmava.

Depois de Hamilton cobrar mais apoio da FIA e da Fórmula 1 e pedir esforço maior de outros pilotos na luta contra o racismo, a categoria organizou um protesto antirracista antes da largada neste domingo. Ainda assim, sete dos 20 pilotos escolheram não se ajoelhar.

Os pilotos voltam a acelerar no próximo fim de semana, no GP do 70.º Aniversário da Fórmula 1, novamente no circuito de Silverstone, na Inglaterra.

Confira a classificação do GP da Inglaterra:

1°) Lewis Hamilton (ING/Mercedes), em 1h28min01s283

2º) Max Verstappen (HOL/Red Bull), a 5s856

3º) Charles Leclerc (ALE/Ferrari), a 18s474

4º) Daniel Ricciardo (AUS/Renault), a 19s650

5º) Lando Norris (ING/McLaren), a 22s277

6º) Esteban Ocon (FRA/Renault), a 26s937

7º) Pierre Gasly (FRA/Alphatauri), a 31s188

8º) Alexander Albon (TAI/Red Bull), a 32s670

9º) Lance Stroll (CAN/Racing Point), a 37s311

10º) Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), a 41s857

11º) Valtteri Bottas (FIN/Mercedes), a 42s167

12º) George Russel (ING/Williams), a 52s004

13º) Carlos Sainz Jr. (ESP/McLaren), a 53s370

14º) Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo), a 54s205

15º) Nicholas Latifi (CAN/Williams), a 54s549

16º) Romain Grosjean (FRA/Haas), a 55s050

17º) Kimi Raikkonen (FIN/Alfa Romeo), a uma volta

Abandonaram a prova:

Daniil Kvyat (RUS/Alphatauri)

Kevin Magnussen (DIN/Haas)

Nico Hulkenberg (ALE/Racing Point)



Sidy´s Publicidade 01

Ceará vence Clássico-Rei e está na final da Copa do Nordeste

O Ceará quase ampliou o marcador aos 6 minutos. Vina cobrou escanteio pela esquerda e Fabinho apareceu sozinho para cabecear. A bola passou raspando a trave direita de Felipe Alves

O Ceará é o primeiro finalista da Copa do Nordeste de 2020. Em um Clássico-Rei disputado no Estádio de Pituaçu, em Salvador (BA), o Vozão levou a melhor sobre o Fortaleza, venceu por 1 a 0, e acabou com o sonho do rival de conquistar o bicampeonato.

O primeiro tempo teve muita pegada, discussão, e poucas chances de gol. O Fortaleza não conseguiu se aproximar com perigo no ataque, e o Ceará teve uma oportunidade, que converteu em gol. Aos 23 minutos, Vina cobrou falta na área. O zagueiro Klaus apareceu no meio da defesa para cabecear e abrir o placar. O Leão do Pici até tentou a resposta no fim, mas encontrou muita dificuldade na criação de jogadas.

Logo no início da segunda etapa, o Vozão mostrou que realmente está treinado, por Guto Ferreira, em lances de bola parada. O Ceará quase ampliou o marcador aos 6 minutos. Vina cobrou escanteio pela esquerda e Fabinho apareceu sozinho para cabecear. A bola passou raspando a trave direita de Felipe Alves.

O Fortaleza só foi assustar aos 19 minutos, quando Juninho cobrou falta e Bruno Melo, de cabeça, assustou o goleiro Fernando Prass. O Leão do Pici então partiu para o ataque, mas não conseguia furar a defesa do Vozão. A melhor oportunidade surgiu aos 35 minutos. Juninho cobrou escanteio pela direita e, no rebote, Yuri César finalizou na entrada da área. A bola passou por todo mundo, tirando tinta da trave esquerda.

No fim, o time de Rogério Ceni pressionou demais o Ceará, mas não teve sucesso. Esbarrando nos próprios erros e enfrentando um setor defensivo seguro, o Fortaleza foi eliminado da Copa do Nordeste pelo arquirrival.

Na final, o Ceará enfrentará o vencedor da segunda semifinal, que será disputada entre Bahia e Confiança, nesta quarta-feira (29), no Estádio de Pituaçu, às 19h30.



CLIQUE – PUBLICIDADE