ABC celebra 105 anos nesta segunda-feira com live de missa e show

O clube já não entra em campo há mais de três meses, devido à pandemia do novo coronavírus

O ABC celebra 105 anos da sua fundação nesta segunda-feira (29). Para comemorar a data, o time irá fazer uma live de uma missa e um show, a partir das 18h, transmitidos pela TV ABC, no Youtube.

A festa contará com a participação de dirigentes e ex-dirigentes, jogadores e ex-jogadores, apresentação das camisas comemorativas pelos 105 anos, animação do Grupo Nulance e do MC N10, e novidades para a Frasqueira.

Recentemente, o ABC lançou sua camisa comemorativa. O clube já não entra em campo há mais de três meses, devido à pandemia do novo coronavírus.



MEDEIROS ACARI – POST

CBF sinaliza que abertura do Brasileirão 2020 pode ser em 9 de agosto

Com as duas competições ocorrendo concomitantemente, a intenção é que as equipes façam dois jogos por semana, com exceção das datas Fifa, previstas para serem retomadas em setembro

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), após reunião virtual com dirigentes de 40 clubes, chegou à data provável de início do Campeonato Brasieleiro.

A primeira partida da Série A  pode ocorrer no dia 9 de agosto (domingo), e o jogo de abertura da Série B, um dia antes: 8 de agosto. O acordo quanto às datas saiu após reunião virtual, realizada ontem (25), com a participação de representantes da CBF, da Comissão Nacional de Clubes (CNC) e de dirigentes das 40 agremiações que integram o Brasileirão.

Em nota oficial, a CBF afirmou que houve acordo quanto a algumas questões relacionadas às competições, mas ressaltou que os torneios seguem dependendo do aval do poder público para serem realizados. “O retorno do futebol depende da autorização das autoridades de saúde. Mas, dezenove dos vinte clubes da Série A se dispuseram a jogar fora das suas cidades, em última instância, caso até lá seus municípios não estejam liberados pelas autoridades de saúde a realizar jogos. Foi um sinal de apoio à realização da competição pela CBF”, diz a nota da entidade. Apenas o Athlético Paranaense votou contra.

Houve consenso em relação a itens como a manutenção do formato da competição: “todos contra todos”, totalizando 38 rodadas. Caso a realização do campeonato seja de fato autorizada, as primeiras partidas ocorrerão sem a presença de público, e o campeonato só terminará em fevereiro de 2021.

Também ficou decidido que a Copa do Brasil deve retornar na primeira quinzena de agosto. Com as duas competições ocorrendo concomitantemente, a intenção é que as equipes façam dois jogos por semana, com exceção das datas Fifa, previstas para serem retomadas em setembro. 



CLIQUE – PUBLICIDADE

STJD autoriza jogos do Flu e Botafogo no Estadual a partir do dia 28

O Fluminense, que ainda não se manifestou sobre a decisão do STJD, deve jogar contra o Volta Redonda, às 19h, no Maracanã

O Campeonato Carioca de 2020 teve mais um capítulo, nesta terça-feira (23), para tentar retornar aos jogos, após paralisação por quase três meses por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu que Fluminense e Botafogo voltem a jogar a partir do próximo dias 28 a 1º de julho, pelas quarta e quinta rodadas da Taça Rio (segundo turno da competição).  As duas equipes pleiteavam a retomada das partidas no período de 1º a 4 de julho. Em extensa nota oficial, o Alvinegro afirmou que vai cumprir o veredicto do STJD, mas deixou claro o descontentamento com o retorno do futebol no estado do Rio de Janeiro. 

A Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) já atualizou a tabela e marcou os confrontos do Botafogo e do Tricolor para este domingo (28). O Alvinegro encara  a Cabofriense, às 11h (horário de Brasília), no estádio Nilton Santos. O Fluminense, que ainda não se manifestou sobre a decisão do STJD, deve jogar contra o Volta Redonda, às 19h, no Maracanã.  Entretanto, em se tratando de campeonato carioca nada é definitivo.

Agência Brasil



CLIQUE – PUBLICIDADE

Eliminatórias para a Copa do Mundo voltam com jogos em setembro

As eliminatórias classificam 4 equipes de forma direta para a Copa do Mundo e  deveriam ter começado em março para terminar em novembro de 2021 – Foto: André Borges/ Agência Brasil

O Conselho da Confederação Sul-americana de Futebol (Conmebol) definiu setembro para o início das Eliminatórias no continente para Copa do Mundo de 2022. A confirmação do começo do torneio foi oficializada, nesta sexta-feira (19), com a aprovação de um protocolo de prevenção para o retorno aos treinos, viagens e competições.

As medidas também devem servir aos clubes, embora ainda não exista previsão para o reinício da Taça Libertadores da América e da Copa Sul-americana. Pelo calendário estabelecido, a Seleção Brasileira vai entrar em campo contra Bolívia e Peru, respectivamente nos dias 3 e 8 de setembro.

O documento elaborado pela Conmebol com as ações durante os jogos para evitar a disseminação da pandemia vai ser enviado aos governos dos países da América do Sul. As eliminatórias classificam 4 equipes de forma direta para a Copa do Mundo e  deveriam ter começado em março para terminar em novembro de 2021.



Sidy´s Publicidade 01

SporTV reprisa derrota por 7 a 1 da Alemanha sobre o Brasil neste domingo

O SporTV está relembrará a campanha da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2014 durante essa semana. Após reprisar diversas vitórias históricas do Brasil, o canal campeão terá que reexibir a histórica goleada sofrida para a Alemanha por 7 a 1, na semifinal do Mundial daquele ano. A exibição do jogo será neste domingo (31). 

Segundo informação do portal UOL, a narração será feita de forma atualizada, dentro da “Faixa Especial”, programa do SporTV exibido em horário nobre que reprisa confrontos históricos do futebol mundial, diariamente. A reprise do jogo histórico será exibido a partir das 18h.

A questão de reprisar o Mundial de 2014 e, consequentemente a goleada para a Alemanha, foi muito discutida internamente na Globo. Um dos motivos da mudança de ideia dentro da emissora foi um debate levantado por Sidney Garambone nas redes sociais, onde o público mostrou que a derrota não era um grande trauma. 



CLIQUE – PUBLICIDADE

América Futebol Clube faz campanha em homenagem ao Dia Internacional do Combate à Homofobia

Nessa semana, o futebol potiguar esteve envolvido diretamente em um caso de homofobia. A torcida organizada Garra Alvinegra, na última quinta-feira (14), expulsou um membro por ser “flagrado tendo relações homoafetivas” em um vídeo que vazou na internet

A página oficial do América no Instagram publicou uma campanha em homenagem ao Dia Internacional do Combate a Homofobia, comemorado neste domingo (17). A publicação do clube traz a seguinte mensagem “A discriminação é discriminação, mesmo quando as pessoas dizem que é ‘liberdade de expressão’. Não escolha o ódio. Não escolha a intolerância. Não escolha a violência. Escolha o amor. Escolha o carinho. Escolha o respeito mútuo. Escolha o lado certo pra você. Escolha jogar no time que você quiser”. O clube também usou a hashtag #AméricaParaTodos.

Nessa semana, o futebol potiguar esteve envolvido diretamente em um caso de homofobia. A torcida organizada Garra Alvinegra, na última quinta-feira (14), expulsou um membro por ser “flagrado tendo relações homoafetivas” em um vídeo que vazou na internet. “Deixando claro que a partir de então, ele não poderá acessar nossa sede social ou qualquer evento promovido ou que seja relacionado com nossa torcida”, diz a nota.

No sábado (16), o ABC publicou uma nota de repúdio pela atitude tomada pela torcida. “A atitude em questão não representa o pensamento do clube e da nação abecedista, que é composta por uma torcida repleta de pluralidade, que abraça e respeita todos os gostos, pensamentos, opções, sem distinção de raça, gênero ou orientação sexual”, diz a nota.



CLIQUE – PUBLICIDADE

ABC repudia nota de expulsão de torcedor divulgada por torcida organizada

Segundo a publicação da torcida organizada divulgada na última quinta-feira (14), o membro expulso teria sido “flagrado tendo relações homoafetivas” em um vídeo que vazou na internet

O time potiguar ABC se manifestou em uma nota de repúdio neste sábado (16), relacionada a publicação da torcida organizada Garra Alvinegra, onde foi promovida a expulsão de um integrante.

Segundo a publicação da torcida organizada divulgada na última quinta-feira (14), o membro expulso teria sido “flagrado tendo relações homoafetivas” em um vídeo que vazou na internet. “Deixando claro que a partir de então, ele não poderá acessar nossa sede social ou qualquer evento promovido ou que seja relacionado com nossa torcida”, diz a nota.

Já a nota do ABC, repudia a publicação da Garra Alvinegra e a atitude tomada pela torcida. “A atitude em questão não representa o pensamento do clube e da nação abecedista, que é composta por uma torcida repleta de pluralidade, que abraça e respeita todos os gostos, pensamentos, opções, sem distinção de raça, gênero ou orientação sexual”, diz a nota.

Confira a nota completa:

O ABC Futebol Clube vem a público repudiar a Nota divulgada na quinta-feira (14) pela Garra Alvinegra, e, principalmente, a inaceitável atitude tomada pela torcida, em que promoveu a expulsão de um integrante por não concordar com o conteúdo de um vídeo íntimo do mesmo, vazado nas redes sociais.

A atitude em questão não representa o pensamento do clube e da Nação abecedista, que é composta por uma torcida repleta de pluralidade, que abraça e respeita todos os gostos, pensamentos, opções, sem distinção de raça, gênero ou orientação sexual.

Outro ponto, não menos importante e tão repudiante quanto, é que queremos expressar nossa indignação com o responsável, ou responsáveis, pela gravação sem consentimento e posterior divulgação do material.

O ABC Futebol Clube lamenta profundamente o ocorrido e espera que toda a situação seja esclarecida e venha a ser resolvida da melhor forma possível, através do diálogo e com respeito.



PRIMOR – PUBLICIDADE

Conmebol aprova novas regras antes do retorno dos torneios de futebol

A imprensa também terá que se habituar a estas mudanças. As entrevistas após o jogo permanecem liberadas, porém, o atleta ou qualquer outro profissional deverá usar um protetor facial ao concedê-la

Sem data para o reinício das Copas Libertadores e Sul-Americana, a Conmebol aprovou novas regras para a retomada das duas competições. Gestos corriqueiros no esporte, como trocar camisas com os adversários ao final da partida, beijar a bola, cuspir no chão e assoar o nariz serão proibidos no retorno dos torneios. A decisão foi tomada na noite desta quarta-feira (13) após reunião por videoconferência do Conselho, cujo objetivo era discutir medidas capazes de diminuir os riscos de contágio do novo coronavírus (Covid-19) quando as partidas recomeçarem. 

A lista de novas exigências – publicada no site oficial da entidade –  estabelece que os jogadores não poderão mais compartilhar objetos de cunho pessoal como, por exemplo, garrafas de água e de bebida isotônica. Os reservas de cada equipe deverão utilizar máscaras, assim como os membros da comissão que estiverem no banco de suplentes. Além disso, todos terão que se submeter a controles de temperatura antes do início do jogo. A Conmebol ainda poderá solicitar aos clubes exames de covid-19 dos atletas durante os períodos de treinamento.

A imprensa também terá que se habituar a estas mudanças. As entrevistas após o jogo permanecem liberadas, porém, o atleta ou qualquer outro profissional deverá usar um protetor facial ao concedê-la. 

Outras alterações

Os regulamentos das competições preveem a possibilidade de troca na lista de jogadores inscritos de cada clube, no decorrer de cada fase. Na Libertadores, três mudanças poderão ser realizadas –  nas quartas de final e na semifinal – em relação à etapa anterior. Na Sul-Americana, as mesmas determinações valem nas oitavas de final e na semifinal. Para ambas as competições, os clubes vão ter o direito de fazer cinco  substituições durante os 90 minutos de partida.

Já as penas disciplinares financeiras ficarão mais leves. A entidade determinou a redução de 30% dos valores anteriormente exigidos pelo Código Disciplinar e Regulamento. Entretanto, este corte não vale para os profissionais que tomarem cartões amarelos e vermelhos. Nestes casos, os jogadores permanecem obrigados a pagar entre US$ 200 e 750,  dólares, respectivamente.



Sidy´s Publicidade 01

Fifa decide cancelar cerimônia de entrega do prêmio Melhor do Ano

No ano passado, o argentino Lionel Messi levou o troféu pela primeira vez

A tradicional festa de gala do prêmio The Best (O Melhor), realizada anualmente pela Fifa em setembro, não acontecerá este ano em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A informação foi veiculada na manhã desta quarta-feira (13), no jornal espanhol Marca. A cerimônia deste ano ocorreria na cidade de Milão (Itália). Durante o evento são entregues os troféus de melhores do ano no futebol, a atletas e profissionais que atuaram ao longo da temporada. 

Segundo o diário espanhol, a entidade máxima do futebol justificou a decisão por não haver condições, no momento, de avaliar com equidade o desempenho dos jogadores e treinadores, tendo em vista o término antecipado de alguns campeonatos, e a paralisação de competições por tempo indeterminado. Ainda de acordo com a publicação, a Fifa  ainda não decidiu se a premiação referente a 2020 será postergada para o ano que vem, podendo acontecer junto com a entrega do troféu de 2021.

Entre os troféus entregues na festa anual promovida pela Fifa, estão os de melhor jogador (feminino e masculino), melhor técnico e também é revelada a seleção do ano, com os melhores atletas. Desde 2016 a Fifa também entrega o Prêmio Puskás ao autor do gol mais bonito da temporada). O português Cristiano Ronaldo foi contemplado com o Puskás duas vezes na carreira. No ano passado, o argentino Lionel Messi levou o troféu pela primeira vez.



Sidy´s Publicidade 01

Fifa autoriza cinco substituições por jogo até fim do ano

A preocupação diz respeito a possíveis lesões e sobrecarga física dos atletas, tendo em vista que após a retorno dos campeonatos o intervalo entre um jogo e outro será menor

A Fifa, entidade máxima do futebol profissional, autorizou na manhã de sexta-feira (8), que os clube realizarem até cinco substituições em um único jogo, quando forem reiniciadas as competições da modalidade, paralisadas devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

A medida temporária vale a partir do dia 1º junho para os campeonatos com término no dia 31 de dezembro deste ano. A alteração também limita a três o número de paradas para que sejam feitas as cinco substituições durante os 90 minutos de partida. 

Aprovada pelo Internacional Association Board (IFAB) – órgão que regulamenta as regras do futebol mundial – a mudança visa “ao bem-estar do jogador”, diz o comunicado oficial publicado no site da entidade.  A preocupação diz respeito a possíveis lesões e sobrecarga física dos atletas, tendo em vista que após a retorno dos campeonatos o intervalo entre um jogo e outro será menor.



PRIMOR – PUBLICIDADE