Canguaretama vai instalar hospital maternidade e distrito empresarial na BR-101

A cidade de Canguaretama terá um hospital maternidade para o acompanhamento das grávidas e de toda a população da região, assim como a instalação de um inédito Distrito Empresarial no Agreste potiguar. O anúncio foi feito pelo prefeito Wellinson Ribeiro, no último sábado (29), após a confirmação de duas emendas orçamentárias destinadas deputado federal Beto Rosado e pela senadora Zenaide Maia. 

A construção do novo hospital maternidade vai beneficiar as parturientes do município e de toda a região Agreste, já que há cerca de 30 anos não são realizados os procedimentos de partos na cidade. Há quase dois anos o Hospital Regional de Canguaretama foi interditado pela Vigilância Sanitária do Estado (Suvisa), por incapacidade técnica e sanitária para o atendimento à população. A obra contemplará a estruturação de unidade de atenção especializada, com verba destinada de R$ 2,5 milhões, encaminhada pelo Gerenciamento de Objetos do Fundo Nacional de Saúde – FNS e inseridos na Plataforma+Brasil do Ministério da Saúde. 

Ao mesmo tempo, a cidade de Canguaretama terá a construção do primeiro Distrito Empresarial, que vai abrir o município para a entrada de empresários e a instalação de holdings multinacionais para áreas tecnológicas. O projeto obteve um orçamento inicial de R$ 400 mil, que será enviado pelo Ministério da Economia. 

“A cidade de Canguaretama tem a esperança de ter, após quase 30 anos, o nascimento de filhos da nossa terra, com um novo hospital maternidade completamente estruturado para o atendimento de grávidas da nossa cidade e de municípios vizinhos. Além disso, vamos dar mais um passo para o desenvolvimento do município, com um Distrito Empresarial que será instalado às margens da BR-101”, disse Wellinson Ribeiro. 



Reservas hídricas encerram o mês de maio com 50,99% da capacidade total

O Relatório do Volume dos Principais Reservatórios Estaduais, divulgado pelo Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn) nessa segunda-feira (31), indica que as reservas hídricas superficiais totais do RN somam 2.231.734.458 m², correspondentes a 50,99% da sua capacidade total, que é de 4.376.444.842 m³. No dia 31 de maio de 2020, as reservas estaduais eram de 2.402.181.915 m³, equivalentes a 54,88% da sua capacidade total. 

A barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório do RN, acumula 1.422.922.656 m³, percentualmente, 59,96% da sua capacidade total, que é de 2.373.066.510 m³. No mesmo período do ano passado, o manancial estava com 1.502.835.076 m³, equivalentes a 63,33% do seu volume total. 

Já a barragem Santa Cruz do Apodi, segundo maior reservatório do Estado, acumula 257.138.285 m³, correspondentes a 42,88% da sua capacidade total, que é de 599.712.000 m³. No último dia de maio de 2020, o manancial estava com 215.955.460 m³, percentualmente, 36,01% do seu volume total. 

O reservatório Umari, localizado em Upanema, acumula 214.918.715 m³, equivalentes a 73,4% da sua capacidade total, que é de 292.813.650 m³. No mesmo período do ano passado, a barragem estava com 251.785.517 m³, correspondentes a 85,99% do seu volume total. 

O açude Rodeador, localizado em Umarizal, acumula 21.272.098 m³, percentualmente, 99,38% da sua capacidade total, que é de 21.403.850 m³. No mesmo período do ano passado, o reservatório estava com 17.749.862 m³, correspondentes a 82,93% do seu volume total. 

A barragem de Pau dos Ferros acumula 30.614.291 m³, equivalentes a 55,82% da sua capacidade total, que é de 54.846.000 m³. No final de maio do ano passado o reservatório estava com 21.032.342 m³, correspondentes a 38,35% do seu volume total. 

O açude Apanha Peixe, localizado em Caraúbas, acumula 8.850.000 m³, percentualmente, 88,5% da sua capacidade total, que é de 10 milhões de metros cúbicos. No mesmo período de 2020, o manancial estava com 100% da sua capacidade. 

O reservatório Marechal Dutra, conhecido como Gargalheiras, acumula 8.597.173 m³, correspondentes a 19,35% da sua capacidade total, que é de 44.421.480 m³. No mesmo período do ano passado, o manancial estava com 15.281.223 m³, equivalentes a 34,40% do seu volume total. 

O açude de Marcelino Vieira, que já chegou a sangrar este ano, acumula 11.112.881 m³, correspondentes a 99,22% da sua capacidade total, que é de 11.200.125 m³. No mesmo período do ano passado, o reservatório estava com 8.121.506 m³, equivalentes a 72,51% do seu volume total. 

Os mananciais que continuam com 100% da sua capacidade, são: Santana, localizado em Rafael Fernandes; Flechas, localizado em José da Penha; Passagem, localizado em Rodolfo Fernandes; Riacho da Cruz II, localizado no município de Riacho da Cruz e Encanto, localizado no município de mesmo nome. 

Os reservatórios monitorados pelo Igarn, que apresentam volumes inferiores a 10% das suas capacidades, são: Itans, localizado em Caicó, com 3,76%; Zangalheiras, localizado em Jardim do Seridó, com 5,48% e Esguicho, localizado em Ouro Branco, com 0,83%. O reservatório Passagem das Traíras continua em reforma na sua estrutura. 

Os açudes monitorados pelo Igarn, que continuam secos, são: Trairi, localizado em Tangará e Santa Cruz do Trairi, localizado em Santa Cruz. 

Situação das lagoas

A lagoa de Extremoz, responsável pelo abastecimento de parte da zona norte da capital, acumula 11.019.525 m³, que correspondem a 100% da sua capacidade. 

Já a lagoa do Bonfim, responsável pelo abastecimento da adutora Monsenhor Expedito, acumula 42.480.531 m³, percentualmente, 50,41% do seu volume total, que é de 84.268.200 m³. 

A lagoa do Boqueirão, que atende a usos diversos, acumula 10.312.136 m³, correspondentes a 93,11% da sua capacidade total, que é de 11.074.800 m³. 



Infecção Fúngica: Suspeita de ‘fungo preto’ em paciente diagnosticado com Covid é investigada, em Santa Catarina

              Imagem meramente ilustrativa – (Foto: Pexels)

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive) e a prefeitura de Joinville, no Norte, investigam um caso provável de mucormicose, infecção fúngica chamada popularmente como “fungo preto”, em um paciente de 52 anos que já foi diagnosticado com a Covid-19 na cidade. No sábado (29), o estado e o município receberam um comunicado do Ministério da saúde sobre a investigação.

O paciente está internado em um hospital particular de Joinville e fez uma cirurgia na última semana. O homem é morador da Zona Norte de Joinville, testou positivo para Covid-19 em fevereiro deste ano e tem histórico de comorbidades (diabetes mellitus e artrite reumatoide).

As notícias sobre o quadro clínico do paciente são compartilhadas apenas com o Ministério da Saúde e com a Secretaria de Estado da Saúde (SES). Os órgãos não informaram se há previsão de quando o diagnostico será confirmado.

Alta e internações

Segundo a prefeitura de Joinville, a situação já estava sendo acompanhada desde março, quando foi cogitada a hipótese do diagnóstico no morador. Em 20 de fevereiro, o paciente apresentou sintomas gripais e fez um teste que confirmou o diagnóstico positivo para a Covid-19.

Cerca de um mês depois, no dia 19 de março, em função de uma fraqueza generalizada relacionada ao coronavírus, ele foi internado. Após melhorar da doença, o homem recebeu alta no dia 4 de abril.

Por ter apresentado uma complicação metabólica chamada de ‘cetoacidose diabética’, que é caracterizada por fatores relacionados com a diabetes, o paciente teve celulite facial (infecção grave que pode espalhar-se para outras partes do corpo) e prejudicou a visão.

Por este motivo, um médico especialista começou a acompanhar o caso. O morador foi internado em 21 de maio para realização de procedimento cirúrgico, que foi feito na quarta-feira (26).

O que é a mucormicose

Conhecido popularmente como “fungo preto”, o quadro mata mais de 50% dos acometidos. Muitos precisam passar por cirurgias mutilantes, que retiram partes do corpo afetadas pelo micro-organismo, como os olhos.

A infecção provocada por fungos que já acometeu quase 9 mil pacientes com Covid-19 na Índia. Por G1



RN: município da Região Metropolitana de Natal determina multa de até R$ 2 mil para quem não usar máscara

O documento foi publicado nesta sexta-feira (28), e já está em vigor, e vale até 1° de julho

Em decreto em combate à pandemia de Covid-19, a Prefeitura de Ceará-Mirim, município da Região Metropolitana de Natal, determinou multas que variam de R$ 350 a R$ 2 mil, dependendo da gravidade, para quem não usar máscaras em locais públicos. O documento foi publicado nesta sexta-feira (28), e já está em vigor, e vale até 1° de julho.

Segundo o documento, a prefeitura levou em consideração para determinação o aumento significativo de ocupação dos leitos hospitalares por pacientes infectados pela Covid, além das recomendações feitas na última quarta-feira (26) pelos Ministérios Públicos (Ministério Público Federal, Ministério Público do RN e  Ministério Público do Trabalho) que apontaram a necessidade de medidas conjuntas que restrinjam a circulação de pessoas e reduzam a transmissão do vírus em todas as regiões do estado.

O decreto diz que fica determinado o uso obrigatório de máscaras individuais, no âmbito do município de Ceará-Mirim, nas repartições e espaços públicos municipais, em estabelecimentos comerciais, espaços destinados à exploração de atividade econômica, espaços de uso comum pela população ainda que de propriedade privada, bem como nos serviços de transporte individual e coletivo de passageiros.

O documento determina que a “inobservância no uso de máscaras de proteção individual, será considerado infração sanitária grave, para fins de aplicação de multa pelos órgãos municipais competentes”. O uso incorreto do item, não cobrindo o nariz e queixo, será considerado infração grave, também não será considerada máscara de proteção individual bandanas, lenços ou máscaras de tecido com camada simples.

98 FM / Portal Grande Ponto



Centrais do Cidadão retomam serviços do Detran na região metropolitana

As Centrais do Cidadão em cinco municípios do Rio Grande do Norte vão ampliar os serviços oferecidos à população a partir de 1º de junho de 2021. Nas cidades de Ceará-Mirim, Natal, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante e São José de Mipibu serão retomados serviços do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

Entre eles, abertura de processo de Carteira Nacional de Habilitação (CNH); prova teórica online; vistoria para primeiro emplacamento; transferência de propriedade; reposição de placas; exames psicológicos e clínicos.

O horário de funcionamento das unidades permanece o mesmo desde quando foram reabertas em abril, exclusivamente, para emissão de Carteiras de Identidade (RG). Ou seja, será das 9h às 18h (Natal), 7h às 17h (Parnamirim), 7h às 13h (Ceará-Mirim e São José de Mipibu) e 8h às 14h (São Gonçalo do Amarante).

No entanto, com exceção das Centrais do Cidadão situadas na capital do RN (Shopping Via Direta e Shopping Estação), os atendimentos nas demais unidades serão realizados em dias alternados para os diferentes órgãos prestadores de serviços, a fim de evitar aglomerações, como medida de segurança em razão da pandemia de Covid-19. 

Nas unidades de Ceará-Mirim, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante e São José de Mipibu os atendimentos do Detran passarão a ocorrer nas segundas, quartas e sextas-feiras. E os atendimentos do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), órgão responsável pela emissão do RG, serão realizados apenas nas terças e quintas-feiras. 

Os serviços retomados pelo Detran nas Centrais do Cidadão são referentes à Coordenadoria de Habilitação, Coordenadoria de Registro de Veículos e Atendimento Clínico. Contudo, na unidade da Zona Norte de Natal (Shopping Estação), por enquanto, será retomado apenas o serviço de Registro de Condutores.

O cidadão precisa continuar tendo que agendar o atendimento previamente, seja para quaisquer serviços oferecidos. No caso do Detran, basta acessar o site www.detran.rn.gov.br e clicar no ícone de “Agendamentos” para, em seguida, selecionar o serviço desejado. Com relação aos atendimentos do Itep, o link para efetuar o agendamento é o www.centraldocidadao.rn.gov.br. Neste, as vagas são abertas sempre às 12h para atendimento no dia subsequente. Para ambos os casos, o agendamento deve ser realizado, obrigatoriamente, no nome do usuário que será atendido.

De acordo com a Coordenadoria de Atendimento ao Servidor e ao Cidadão (Codaci) da Secretaria de Estado da Administração (Sead), que conduz o Programa das Centrais do Cidadão, todas as pessoas que adentrarem nas unidades deverão respeitar às normas de segurança interna, realizar a devida higienização e procurar manter o distanciamento social, bem como utilizar corretamente as máscaras de proteção. “Os cuidados sanitários deverão ser mantidos, senão redobrados. Para prevenir o contágio da doença, a Codaci continua intensificando as ações de biossegurança, visando salvaguardar a saúde de servidores e cidadãos”, corrobora o coordenador Luis Renato Nogueira.

A reabertura das Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans) nas Centrais do Cidadão foi determinada por Portaria Conjunta entre Sead, a Sesap e o Detran, publicada neste sábado (29) no Diário Oficial do Estado. A medida levou em consideração a demanda reprimida pelos serviços e o significativo número de cidadãos que necessitam da CNH atualizada para fins variados, além da importância do documento para as diferentes nuances da vida pessoal, profissional e social do cidadão norte-rio-grandense. 



Governo do RN conclui pagamento do salário de maio neste sábado

O Governo do Rio Grande do Norte quita o salário do mês de maio neste sábado (29), antecipando a data de 31 estipulada no calendário de pagamentos acordado no início deste ano. Com isso, o Executivo estadual conclui a folha de quase R$ 494 milhões deste mês.

Os 34 mil servidores ativos, inativos e pensionistas que recebem acima de R$ 4 mil (valor bruto) receberão os 70% restantes do salário (os 30% iniciais foram adiantados no último dia 15). Os 23 mil trabalhadores lotados em pastas com recursos próprios receberão o salário integral neste sábado.

Ainda neste mês de maio, a governadora Fátima Bezerra anunciou a antecipação da data de pagamento do 13º de 2018 junto com a primeira parcela do salário de maio, os servidores ativos, inativos e pensionistas. Receberam o salário integral quem ganha entre R$ 3,5 mil e R$ 4,5 mil (valor líquido). Servidores que recebem acima dessa faixa salarial receberam R$ 2 mil e o restante será quitado no mês de novembro deste ano.

No último mês de janeiro, o Governo do Rio Grande do Norte já havia pago o salário integral do 13º de 2018 para a faixa salarial de até R$ 3,5 mil. O montante total pago dessa folha já soma R$ 198 milhões, restando ainda R$ 137 milhões de uma folha de R$ 335 milhões para quitar até novembro deste ano.

Os R$ 316 milhões da quarta e última folha, referente a dezembro de 2018, serão pagos ainda nesta gestão, quando estará quitada uma dívida líquida herdada de quase R$ 900 milhões com folha de pessoal, e mais de R$ 2 bilhões se somado o passivo com fornecedores.



RN: Fátima Bezerra anuncia que vai renovar atual decreto até 9 de junho

No entanto, há uma diferença no horário do toque de recolher, que é aplicado das 20h às 6h de segunda-feira a sábado, e integral aos domingos e feriados

A governadora Fátima Bezerra anunciou nesta quarta-feira (26) que decidiu renovar as medidas sanitárias de combate à covid-19 determinadas no atual decreto até o dia 9 de junho. O presente documento tem validade até esta quinta-feira (27).

“Decidimos pela prorrogação das medidas sanitárias estabelecidas no atual Decreto até o 12 de junho para todos os municípios, exceto para aqueles alcançados pelos decretos regionais do Estado ou por decretos municipais que tenham medidas mais restritivas”, escreveu a governadora nas redes sociais.

No Alto Oeste do RN, 37 municípios estão sob um decreto mais restritivo até o dia 6 de junho. As principais medidas adotadas por consenso em reunião entre o governo e as prefeituras são: toque de recolher das 22h às 5h, de segunda-feira a sábado, e o dia todo aos domingos e feriados; proibição da venda de bebidas alcoólicas em bares, restaurantes, inclusive em supermercados, mercados, mercearias e similares. Segundo o governo, bares, restaurantes e academias não podem funcionar.

Já nas regiões Central e Vale do Açu, as principais ações são semelhantes para outros 15 municípios. No entanto, há uma diferença no horário do toque de recolher, que é aplicado das 20h às 6h de segunda-feira a sábado, e integral aos domingos e feriados.



PRF prende 20 pessoas em operação que traçou rotas utilizadas por criminosos no RN

Diversos crimes foram flagrados nas rodovias federais do estado, tais como receptação, porte ilegal de arma de fogo, embriaguez ao volante, tráfico de animais silvestres, transporte de mercadorias sem nota fiscal, exercício ilegal de profissão, uso de documento falso e usurpação de função pública

A Polícia Rodoviária Federal encerrou a Operação Rota Segura 2021 no Rio Grande do Norte. A ação foi concluída na última sexta-feira (21), mas o balanço só foi divulgado nesta terça-feira (25). A operação, que é de caráter nacional, visa traçar o movimento logístico das organizações criminosas que se utilizam da malha viária brasileira, propiciando assim um combate mais eficiente a estas organizações e promovendo a segurança viária.

O efetivo operacional da PRF no Rio Grande do Norte contou com um incremento durante o período da operação (19/05 a 21/05/2021), o que resultou, dentre outros, na prisão de 20 pessoas, na recuperação de um veículo roubado e na apreensão de uma arma de fogo com 12 munições.

Diversos crimes foram flagrados nas rodovias federais do estado, tais como receptação, porte ilegal de arma de fogo, embriaguez ao volante, tráfico de animais silvestres, transporte de mercadorias sem nota fiscal, exercício ilegal de profissão, uso de documento falso e usurpação de função pública.

A Operação Rota Segura da PRF faz parte da estratégia de ação do Ministério da Justiça e Segurança Pública no combate às organizações criminosas e, ano após ano, vem demonstrando excelentes resultados, impactando diretamente a capacidade logística dessas organizações.



Governo define medidas mais rígidas para conter covid-19 em 15 cidades do RN

Assú está entre os municípios incluídos no novo decreto

O Governo do Estado publicou nesta terça-feira (25), em edição extra do Diário Oficial, um novo decreto com medidas de prevenção à covid-19 para 15 municípios das regiões Central e Vale do Açu. As decisões têm validade até o dia 6 de junho.

De acordo com o decreto, as medidas devem ser seguidas em: Assú, Afonso Bezerra, Alto do Rodrigues, Angicos, Carnaubais, Fernando Pedroza, Ipanguaçu, Itajá, Lajes, Paraú, Pendências, Porto do Mangue, São Rafael, Serra do Mel e Triunfo Potiguar.

“Os municípios deverão intensificar a fiscalização do cumprimento das medidas sanitárias de enfrentamento e prevenção ao novo coronavírus estabelecidas por este Decreto e nos protocolos setoriais, coibindo aglomerações, seja em espaços públicos ou privados, abertos ou fechados, sem prejuízo da possibilidade de, no âmbito de suas competências, editar medidas mais restritivas”, determina o texto.

Veja as principais medidas do decreto

O governo estadual definiu o toque de recolher integral em domingos e feriados e das 20h às 6h da manhã do dia seguinte de segunda-feira a sábado.

A venda de bebidas alcoólicas fica proibida em qualquer estabelecimento comercial, incluindo supermercados, padarias, feiras livres e estabelecimentos similares. Além disso, é proibido o consumo em locais de acesso ao público, independente do horário, durante a vigência do decreto.

O transporte público intermunicipal fica suspenso, com exceção para o deslocamento de trabalhadores entre o local de trabalho e sua residência. As aulas também ficam suspensas nesses municípios, em todos os níveis de ensino, nas redes pública e privada.

Além disso, o decreto suspende o funcionamento de parques, circos, museus, bibliotecas, teatros, eventos corporativos, esportivos, academias, crossfit. O documento ainda proíbe a disputa de campeonatos esportivos oficiais.

A administração estadual ainda lista uma série de recomendações aos municípios.

Veja todas as orientações: 

I – proibir, durante os finais de semana e feriados, o acessos às praias, lagoas, cachoeiras, balneários, clubes, rios e similares, bem como piscinas, inclusive aquelas em locais de uso coletivo;
II – definir horários prioritários para pessoas idosas e em grupo de risco nos serviços em que permitido o funcionamento, especialmente nos serviços bancários e nos estabelecimentos de comércio de gêneros alimentícios;
III – determinar a diferenciação de horários de funcionamento para cada setor de atividade econômica, restringindo o quantitativo de pessoas por grupo familiar em estabelecimentos comerciais;
IV – proibir o transporte de passageiros em pé nos transportes públicos
municipais;
V – disciplinar o funcionamento do transporte coletivo urbano, de modo a evitar aglomerações e demanda concentrada em determinados horários, conforme protocolos sanitários do setor.
VI – impedir o acesso de passageiros sem utilização de máscara de proteção facial em transportes públicos ou privados de passageiros;
VII – determinar aos condutores de veículos de transporte de passageiros a proibição de acesso sem o uso de máscaras de proteção facial.
VIII – realizar campanhas de divulgação e esclarecimento da atual situação pandêmica, inclusive da superlotação da rede hospitalar, bem como da necessidade de adoção de medidas sanitárias, utilização de máscaras de proteção facial, distanciamento social, dentro outros, com uso de linguagem simples e de fácil entendimento e utilização
de meios de comunicação de fácil acesso à população, como carros de som, veiculação em redes sociais, dentre outros.
IX – reorganizar as feiras livres e similares, de modo a assegurar o distanciamento social, evitando-se aglomeração de pessoas e contatos proximais, mantendo as condições de higiene dos respectivos ambientes, observadas as recomendações da autoridade sanitária e o disposto no Decreto Estadual nº 29.583, de 1º de abril de 2020, e as alterações promovidas pelo Decreto Estadual nº 29.600, de 08 de abril de 2020;
X – articular a implantação coordenada das medidas de restrição, no âmbito da VI Regional de Saúde (URSAP), para garantir sua aplicação de forma simultânea, visando o planejamento e a constante avaliação do cenário epidemiológico.

Confira a íntegra do decreto AQUI.



Prefeito Raimundo Pezão anuncia auxílio emergencial para donos de bares, em Umarizal

Um dos critérios estabelecidos para o recebimento do auxílio é que o estabelecimento possua o alvará de funcionamento”, destacou o prefeito Raimundo Pezão

Em entrevista concedida nesta segunda-feira, 24/05, na FM Fraternidade de Umarizal, para debater sobre o novo decreto estadual e assuntos de interesse dos donos de bares, o Prefeito Raimundo Pezão, anunciou que o município irá pagar um auxílio emergencial para a categoria.

“Iremos fazer o projeto, terá alguns critérios, e se Deus quiser, iremos começar a pagar esse auxílio emergencial municipal para os donos de bares no mês de junho. Um dos critérios estabelecidos para o recebimento do auxílio é que o estabelecimento possua o alvará de funcionamento”, destacou o prefeito Raimundo Pezão.

O auxílio será pago para os donos de bares que estiverem com o alvará em dia, entretanto, o comerciante que ainda não tiver, poderá procurar o setor de tributação na Prefeitura de Umarizal. “Como forma de incentivo e para minimizar os prejuízos causados pela pandemia, os comerciantes terão a isenção no valor do alvará” concluiu o Prefeito Raimundo Pezão.