Empresários são acusados de fraudar licitação de refeições do IFRN de Santa Cruz

Foto: Agência Brasil

Os empresários Wbiranilton Linhares de Araújo – conhecido como “Pezão” – e Paulo Sérgio da Trindade foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF) por fraudar licitação destinada à compra de refeições para o campus de Santa Cruz do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RN (IFRN), em 2015.

Foram utilizadas três empresas atuando conjuntamente para derrotar os concorrentes, através de uma fraude conhecida como “coelho”. Esse golpe consiste em uma empresa específica que está sempre baixando os preços, tornando inviável a participação de concorrentes de fora do esquema. Uma vez que elas desistem, a empresa “coelho” abre mão do contrato em prol de uma empresa “parceira”, que manteve um lance alto.

Wbiranilton Linhares é sócio das empresas Acrópole Comércio e Serviços Ltda. e Wbiranilton L. de Araújo (atual Ceia Refeições Coletiva Ltda.). Já Paulo Sérgio tem sociedade na P. J. Refeições Coletivas Ltda.

A denúncia já foi recebida pela Justiça Federal no Rio Grande do Norte, após decisão favorável do Tribunal Regional Federal da 5º Região (TRF5). As investigações concluíram que as três empresas fazem parte de um mesmo grupo, cuja cúpula diretora se situa na sede da PJ, localizada em Natal.

Agora RN



Pacientes que fazem tratamento psicológico estão sem receber remédios no RN

Foto: Reprodução/TV Tropical

Pacientes que fazem tratamento psicológico no hospital Dr. João Machado estão há pelo menos sete meses sem receber a medicação. 

É o caso da técnica de enfermagem Maurícélia Maria da Silva, que há cinco anos foi diagnosticada com bipolaridade e transtorno esquizoafetivo. “Quando chega (a medicação), a quantidade é muito pequena e a demanda é grande e aí o remédio acaba rápido. A nossa receita vence, e a gente tem que ir de novo atrás do médico para pegar uma nova receita, quando a gente retorna, continua sem remédio”, lamentou Mauricélia. Segundo a mulher, de 54 anos, só em três meses de tratamento seria necessário desembolsar aproximadamente 7 mil reais. 

A técnica de enfermagem disse ainda que é comum ver pessoas de outras cidades do Rio Grande do Norte retornarem sem os remédios. 

A Secretaria Estadual de Saúde divulgou uma nota informando que o medicamento é enviado pelo Ministério da Saúde e que o pedido de contratação para o envio de novos lotes está em fase final, mas não deu um prazo para que os medicamentos voltem a ser distribuidos.

Portal da Tropical



RN autoriza recuperação de 16 ‘trechos críticos’ de rodovias estaduais: seis no Seridó, oito no Agreste e dois no Oeste

A governadora Fátima Bezerra retoma, nesta segunda-feira (27), a agenda administrativa com assinatura dos atos de autorização para recuperação de 16 trechos críticos de rodovias estaduais.

São seis no Seridó, oito no Agreste e dois no Oeste.

Com previsão de investimentos de R$ 50 milhões, o programa de restauração de estradas já vem sendo realizado pela Secretaria de Infraestrura e DER, mas será intensificado agora com o fim do inverno no Semiárido Potiguar.

A solenidade será às 11h, no Auditório da Governadoria. Na oportunidade, será celebrado o Termo de Parceria e assinatura do Convênio de Delegação de Competência com a Prefeitura de Guamaré, para restauração e adequação de capacidade da RN-401.

São 12 quilômetros por onde passa diariamente a carga de derivados de petróleo e de gás de cozinha produzidos no polo da Petrobrás de Guamaré, com destino a Natal e a outros estados.



Doenças intestinais crescem 15% no Brasil

A SBCP alerta que as doenças inflamatórias intestinais podem surgir em qualquer idade, mas são mais frequentes na faixa de 15 a 40 anos. O controle da inflamação é possível com o tratamento adequado. Foto: Freepik

As Doenças Inflamatórias Intestinais (DII) são distúrbios autoimunes do sistema digestório que geram uma inflamação crônica ao longo de todo o trato gastrointestinal. Segundo a Sociedade Brasileira de Coloproctologia (SBCP), nos últimos anos o Brasil registrou um aumento de 15% nessas patologias. Cerca de cinco milhões de pessoas no mundo são atingidas pela doença. Por ser uma condição crônica, sem uma causa exata conhecida pela literatura médica, é um problema que exige atenção.  Os portadores podem ter uma vida normal durante as diferentes fases da doença, mas precisam saber quais cuidados adotar para isso. 

As gastroenterologista Verônica Vale ressalta que as DII não têm uma causa específica, mas pode ser determinada por uma somatória de fatores. A inflamação recorrente e crônica da parede intestinal pode estar  relacionada a fatores genéticos, ambientais, microbianos, e imunológicos. Ela lista condições como a microbiota intestinal, a resposta do corpo do paciente à inflamação (imunológica), ambiente, e genética. 


Há uma  predisposição genética  ao aparecimento da doença e uma tendência a ser mais frequente em membros de famílias que já  registaram casos anteriores. Apesar de não serem causadores dessa condição, também há fatores que podem ativar os genes que levam à doença e agravar os sintomas, como estresse, carência de zinco, vitaminas D e A, parasitoses, infecções, etilismo, alergias alimentares, obesidade, metais tóxicos, toxinas ambientais, dieta rica em carboidratos e gorduras.


As DII mais registradas são a Doença de Crohn e a Retocolite Ulcerativa. Os sintomas das duas doenças são parecidos. A primeira, conforme explica Verônica, pode acometer desde a mucosa oral, esôfago, estômago, intestino delgado (duodeno, jejuno e íleo), até o intestino grosso (incluindo todos os segmentos) até o reto. “A  Crohn é uma doença transmural, ou seja, pode acometer todas as camadas da parede das mucosas, pode formar abscessos e trajetos fistulosos”, ressalta. Ela causa feridas como aftas no intestino.


Já a retocolite é uma doença inflamatória restrita ao reto e intestino grosso.  O acometimento é progressivo, pode iniciar na mucosa retal e progredir para os outros segmentos do intestino grosso. “Quando acomete todo o intestino grosso, chamamos de Pancolite Ulcerativa, que pode ser leve, moderada ou grave”, explica a gastroenterologista. 


É possível obter um diagnóstico precoce sobre as DII. Há sintomas que atuam como sinais de que o trato gastrointestinal não está bem. O sintoma mais comum é diarréia crônica, assim como fezes líquidas com muco e sangue, várias evacuações por dia, o despertar noturno com dor abdominal e urgência para evacuar, além de perda de peso, fadiga, e alteração da qualidade de vida. Em casos mais graves, o paciente pode ter anemia, febre, desnutrição e distensão abdominal. 


Entre 15% e 30% dos pacientes podem apresentar, ainda, manifestações extraintestinais como dor nas articulações, lesões de pele ou oculares. Verônica ressalta que o diagnóstico precoce é bastante importante. “É bom procurar atendimento quando dos sinais de alarme citados acima, a fim de que façamos a investigação para conseguir tratar de forma precoce aproveitando a janela de oportunidade, e assim evitar as complicações graves dessas duas DII”, ressalta.

Tádzio França



Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo vai investigar denúncia de Klara Castanho contra enfermeira por suposto vazamento de dados

Foto: divulgação/ Internet

O Coren-SP (Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo) disse, neste domingo (26), que irá investigar o suposto caso de vazamento de dados médicos da atriz Klara Castanho.

A atriz revelou no último sábado (25) que foi vítima de abuso sexual, engravidou e decidiu entregar o bebê para adoção. A ação deveria ter acontecido em segredo de Justiça, mas, segundo a artista, foi ameaçada por uma enfermeira do hospital, da Rede D’or a ter seu caso divulgado para um jornalista.

Após o relato da atriz, o Coren disse que irá apurar os fatos para aplicar os procedimentos cabíveis. O órgão também prestou solidariedade à artista.

Leia a nota na íntegra:

O Coren-SP, assim como a sociedade brasileira, tomou ciência neste final de semana da situação exposta por atriz, que menciona, em uma carta aberta, ter sido alvo de ameaça de uma enfermeira e a seguinte confirmação por colunista da imprensa a respeito de informações sobre a entrega para adoção de um bebê fruto de um estupro.

Compete ao Coren-SP apurar as situações em que haja infração ética praticada por profissional de enfermagem e adotar as medidas previstas no Código de Processo Ético dos Conselhos de Enfermagem (Resolução Cofen nº 370/2010).

Nesse sentido, o conselho seguirá os ritos e adotará os procedimentos necessários para a devida investigação, como ocorre em toda denúncia sobre o exercício profissional. Assim, o Coren-SP ressalta a cautela necessária sejam tomadas as medidas corretas para a apuração dos fatos.

O conselho manifesta sua solidariedade à atriz e reafirma seu compromisso cotidiano com a ética profissional da enfermagem e com a segurança da assistência prestada pela categoria. Tão logo venha a dispor das informações necessárias para a investigação, o Coren-SP reforça que todos os procedimentos para apuração serão devidamente realizados.

R7



RN tem R$ 93 mihões em obras paradas

Obra de esgotamento sanitário em Felipe Camarão deveria ter sido finalizada em janeiro de 2020, mas está paralisada. Caern aguarda nova licitação. Foto: Adriano Abreu

O Rio Grande do Norte tem hoje 75 obras públicas paradas que totalizam R$ 93,71 milhões nos contratos. Os campeões de paralisação no Estado são as que envolvem estradas, rodovias e vias urbanas. O levantamento é do Painel de Obras do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte (TCE-RN), com dados coletados do Sistema Integrado de Auditoria de Obras e Serviços de Engenharia (SIAI Obras). O sistema do Tribunal de Contas aponta 25 serviços relativos a estradas, que incluem pavimentação das ruas e também a construção de uma passagem molhada — obra para resolver o problema de escoamento de água da chuva.

A obra mais cara — um serviço de complementação no sistema de esgotamento sanitário da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) — está localizada em Assú. Com recursos federais, o valor de investimento é de R$ 19.601,148,37. Segundo a Caern, cerca de 85% dos serviços foram executados e atualmente ele aguarda a conclusão de uma readequação contratual. A previsão de conclusão é de 3 meses após a ordem de reinício.


Em Natal, das cinco obras paralisadas, duas possuem o mesmo contrato e são os maiores recursos paralisados na capital: estão avaliadas em R$ 6.192,793,81 juntas. Também da Caern, o contrato é para construção de obras de esgotamento sanitário nas estações elevatórias de esgoto, feita sob recursos estaduais. Uma das construções está localizada em Felipe Camarão, bairro da zona Oeste, e a outra nas Quintas, zona Norte de Natal.


Embora o sistema do TCE aponte um custo de R$ 6,1 milhões, a Caern afirma que o valor atual com as duas obras somadas é de R$ 5.711.504,70, com 24,3% dos serviços executados. “Anteriormente, o contrato custava R$ 3,33 mi [cada obra], sendo que houve um aditivo reduzindo o valor para R$ 2,85 mi. Ocorre que o sistema faz a soma desses valores, e considera o valor global como sendo R$ 6,19 mi”, justifica a Caern.


De acordo com o órgão, a construção aguarda uma nova licitação. “O contrato foi distratado devido a questões técnicas e os serviços remanescentes serão executados através de um novo processo licitatório, que se encontra em fase de revisão de projeto e orçamento para então ser deflagrada a nova licitação”, afirma.


Ainda em Natal, a Caern possui mais um serviço paralisado. Do restante, existem duas obras da Prefeitura que não tiveram o valor dos contratos revelados, segundo o painel do TCE-RN.


Empatados em segundo lugar, estão as obras em prédios públicos e as de saneamento básico, com 12 paralisações cada. São nove unidades administrativas que não tiveram a conclusão até o momento; um terminal rodoviário; um parque de exposições e até um abatedouro. No saneamento, categoria na qual está incluída a recordista de gastos no Rio Grande do Norte, há serviços que envolvem sistemas de esgotamento, rede coletora e abastecimento de água.


A escola e cultura também ganham destaque. Até 19 de junho, data da última atualização, o TCE registrava quatro escolas inacabadas, duas creches e duas quadras e ginásios.


Para José Monteiro Coelho Filho, inspetor de controle externo do TCE-RN, o futuro das construções também varia. “Algumas realmente não conseguem mais serem concluídas, mas outras conseguem ser retomadas quando o recurso volta ou quando são resolvidas as questões”, diz. Um problema, porém, é que quando algumas dessas obras são reiniciadas, se gasta ainda mais do que estava previsto inicialmente. “Sempre que uma obra para, agrava mais ainda”, diz Monteiro. “Porque além do problema que ocasionou a paralisação, a própria paralisação em si traz mais problemas ainda como a perda de alguns serviços que foram feitos, os preços que precisam ser reajustados”, afirma o inspetor.


Um caso emblemático, de acordo com o inspetor, é o Hospital Terciário de Natal. Paralisada desde 1991, a obra chegou a ser investigada pelo Tribunal de Contas da União (TCU). À época, a Construtora Andrade Gutierrez foi contratada pelo Governo do Estado para a obra orçada em 194.757.449,32 milhões de cruzeiros novos. Seis medições foram pagas e o prédio ficou 48% concluído. Depois, se tornou escombros. “O hospital se acabou e hoje ficou em ruínas”, lembra José Monteiro.

Valcidney Soares | Tribuna do Norte



Carreata marcará a abertura do mês de Sant’Ana

Foto: divulgação/ Internet

Para marcar a abertura do mês de julho, a Paróquia de Sant’Ana de Caicó realizará uma mobilização na próxima sexta, dia 01. Será a carreata Abraça Caicó, com a imagem de Sant’Ana, a mesma que sai da Catedral na procissão.

A concentração será a partir das 17 horas, em frente na Catedral de Sant’Ana, saindo pela Avenida Seridó, depois Rua Felipe Guerra, passando em frente ao Santuário do Rosário. “Queremos realizar um grande evento, baseado no sucesso da carreata do ano passado”, explica padre Alcivan Tadeus, pároco de Sant’Ana.

A carreata percorrerá vários bairros, passando em frente às matrizes das paróquias de Caicó: Nossa Senhora de Fátima (Bairro Vila do Príncipe), Santa Cruz e Nossa Senhora das Dores (Barra Nova), São Francisco de Assis (Paulo VI), São José (Paraíba), Santo Estevão Diácono (Castelo Branco) e Santa Marta de Betânia (Penedo).



Marinha encontra corpos na área do naufrágio de barco que tinha potiguares na tripulação

Foto: divulgação/Internet

A Marinha do Brasil comunicou, na tarde desta sexta-feira (24), que encontrou dois corpos na área do naufrágio da embarcação “Thais IV”, que saiu do Porto de Recife, na última quarta-feira (22), com destino a Fernando de Noronha e tinha três potiguares na tripulação.

De acordo com a Marinha, os corpos foram localizados no final da manhã de hoje. Um dos corpos foi encontrado pelo Navio Patrulha Guaíba, e o outro pela aeronave C-105 Amazonas, da Força Aérea Brasileira. 

O Navio Patrulha Grajaú demandará o Porto de Recife transportando os dois corpos, com previsão de atracação às 6h do sábado (25). O Navio Patrulha Guaíba e a aeronave C-105 Amazonas permanecerão na área de busca.

Tribuna do Norte



Desemprego chega a 9,4% em abril, diz Ipea

Foto: Divulgação

A taxa de desemprego no Brasil chegou a 9,4% em abril deste ano, o menor patamar desde outubro de 2015, de acordo com estudo divulgado nesta sexta-feira (24) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Na comparação com o mesmo mês de 2021, a taxa registrou queda de 4,9 pontos percentuais. Ao todo, o país tinha 11 milhões de desempregados em abril.

Segundo o Ipea, na outra ponta, a população ocupada em abril chegou a 97,8 milhões de trabalhadores, o maior patamar desde 2012. Em relação ao mesmo período do ano passado, a população ocupada aumentou 10,8% e, na comparação com março último, houve alta de 2,1%. De acordo com o Ipea, a análise dos dados mostra que a expansão da ocupação tem ocorrido de forma generalizada, envolvendo todas as regiões, todos os segmentos etários e educacionais e atingindo todos os setores da economia.


O Ipea ressalta a recuperação nos setores que tiveram quedas mais intensas no auge da pandemia, devido às medidas de afastamento social. No primeiro trimestre deste ano, 6 dos 13 setores pesquisados apresentaram crescimento da ocupação superior a 10%, com destaque para os segmentos de alojamento e alimentação, com aumento de 32,5% na taxa de ocupação; serviços pessoais, com alta de 19,5%; e serviços domésticos, com crescimento de 19,4%.


Os dados mostram, no entanto, que ainda há uma série de desafios a serem superados no mercado de trabalho brasileiro. Mesmo diante de uma recuperação mais forte do emprego formal, a maior parte das novas vagas está sendo gerada nos segmentos informais da economia. No último trimestre móvel, encerrado em abril de 2022, enquanto o montante de trabalhadores com carteira assinada avançou 11,6%, na comparação com 2021, o contingente de ocupados sem carteira cresceu 20,8%.

Tribuna do Norte



Sine oferece hoje 66 vagas de empregos em Currais Novos em outras regiões

Foto: ilustrativo/Internet

A Subsecretaria do Trabalho da Sethas-RN, por meio do SINE-RN, oferece hoje, dia 24 de junho, 66 vagas de empregos para Natal, Mossoró, João Câmara, Santa Cruz, Currais Novos, São José de Mipibu, Parnamirim, Assu e regiões.

Para concorrer às vagas, o(a) candidato(a) deve se cadastrar via Internet no Portal Emprega Brasil do Ministério do Trabalho e Emprego, através do endereço empregabrasil.mte.gov.br ou nos aplicativos Sine Fácil e Carteira de Trabalho Digital, disponíveis para Android e IOS.

As vagas para pessoas com deficiência são uma parceria da Subsecretaria do Trabalho da SETHAS com a Coordenadoria de Promoção e Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência da Semjidh.

Todas as oportunidades estão sujeitas a alteração. Para saber em tempo real qual ocupação está de acordo com seu perfil profissional é necessário acessar o empregabrasil.mte.gov.br com o seu login (PIS) e senha ou através do celular no aplicativo SINE Fácil.

Quer tirar alguma dúvida ou agendar um atendimento para Seguro Desemprego?

Ligue: (84) 3190-0783 e 3190-0788.

O atendimento é de segunda a sexta, das 7:30h às 13:30h.

Siga o Sine-RN no Instagram: @sine.rn para maiores informações sobre os serviços do SINE Estadual RN.

NÚMERO DE VAGAS POR MUNICÍPIO
Natal e Região Metropolitana
AJUDANTE DE ELETRICISTA 05
AUXILIAR MECÂNICO DE REFRIGERAÇÃO 02
AUXILIAR TÉCNICO DE REFRIGERAÇÃO 01
CORRETOR DE IMÓVEIS 06
ENCARREGADO DE OBRAS 01
MECÂNICO 01
MECÂNICO DE AUTOMÓVEL 02
MECÂNICO DE MANUTENÇÃO DE AUTOMÓVEIS 02
MECÂNICO DE REFRIGERAÇÃO 02
MESTRE DE OBRAS 01
MONTADOR DE VIDROS 02
SERRALHEIRO 01
TOPÓGRAFO 02
VENDEDOR PRACISTA 04

Vagas para Pessoas com Deficiência – PCD
ARMAZENISTA 01
COPEIRO DE HOSPITAL 01

Mossoró e Região
AUXILIAR ADMINISTRATIVO 01
AUXILIAR DE MECÂNICO DE AUTOS 01
BORRACHEIRO 01
EMPREGADO DOMÉSTICO NOS SERVIÇOS GERAIS 01
ENCANADOR 05
MECÂNICO DE MÁQUINAS PESADAS (MANUTENÇÃO) 01
OFICIAL DE SERVIÇOS DIVERSOS NA MANUTENÇÃO DE EDIFICAÇÕES 01
OPERADOR ELETROMECÂNICO 01
VENDEDOR DE COMÉRCIO VAREJISTA 01
VENDEDOR PRACISTA 01

Santa Cruz e Região
VENDEDOR PRACISTA 01

Assu e Região
NUTRICIONISTA 01
PROMOTOR DE VENDAS 02

Currais Novos e Região
AUXILIAR ADMINISTRATIVO 01
VENDEDOR PORTA A PORTA 01

São José de Mipibu e Região
LEITURISTA 05
PINTOR DE AUTOMÓVEIS 01

João Câmara e Região
OPERADOR DE MÁQUINA PERFURATRIZ 01

Parnamirim e Região
AJUDANTE DE CARGA E DESCARGA DE MERCADORIA 01
COZINHEIRO DE RESTAURANTE 02
ENCARREGADO DE MANUTENÇÃO 01
GERENTE DE PRODUÇÃO 01

Total geral = 66 vagas