Caravana Iluminada da Coca-Cola estará em Natal

Em Natal, o percurso terá início no dia 01/12, às 18 horas, do Nordestão Cidade Jardim

A capital potiguar vive um momento especial no final do ano com a realização do Natal em Natal. Diversas ações e eventos dos mais diversos gêneros artísticos e culturais movimentam a cidade.

Para incrementar e potencializar ainda mais as celebrações em torno do período natalino, no próximo domingo (1º) e na segunda-feira (2), a cidade vai receber a tradicional Caravana Iluminada da Coca-Cola. A população natalense poderá contemplar os caminhões iluminados que levam a emoção natalina por onde passam, com o Papai Noel no seu trenó, renas e cinco grandes e decorados caminhões.

Em Natal, o percurso terá início no dia 01/12, às 18 horas, do Nordestão Cidade Jardim. Já na segunda, dia 02, o desfile terá início no Partage Norte Shopping. O roteiro completo está disponível AQUI.

A secretaria municipal de Mobilidade Urbana (STTU) vai oferecer todo o apoio logístico e operacional, acompanhando o percurso da caravana com os seus agentes de mobilidade.



Sidy´s Publicidade 01

Fecomércio defende Proedi como ferramenta para ampliar competitividade

No início da semana, a Prefeitura do Natal conseguiu uma liminar suspendendo os efeitos do programa do Governo do Estado

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio Grande do Norte (Fecomércio/RN) se manifestou defendendo o Programa de Estímulo ao Desenvolvimento Industrial (Proedi) do Governo do Estado.

No início da semana, a Prefeitura do Natal conseguiu uma liminar suspendendo os efeitos do programa do Governo do Estado, abrindo precedente para que outras ações movidas por municípios também tenham êxito e impeçam a continuidade do programa.

“No nosso entendimento, a ferramenta tem, em sua essência, uma missão nobre: a de devolver ao Rio Grande do Norte a competitividade na disputa por novas empresas em relação a estados vizinhos, notadamente Paraíba, Pernambuco e Ceará, gerando impactos positivos não apenas na indústria, mas em toda a nossa economia. Também enxergamos no Proedi um modelo mais moderno, inteligente, eficiente e eficaz do que o programa antigo, que ele substituiu. Por tudo isso, o Proedi conta com nosso apoio, entusiasmo e defesa. Porque trabalhar pelo desenvolvimento do Rio Grande do Norte é nossa missão”, divulgou a federação.



Gorverno 02 – Banner Publicidade

Natal abre inscrições da Corrida Infantil nos III Jogos Paradesportivos

As crianças receberão kit esportivo com camisa, medalha e lanche

As inscrições para a Corrida Infantil nos III Jogos Paradesportivos de Natal estão abertas até terça feira (26) e são realizadas exclusivamente por formulário online, com limite de participantes (link de inscrição: bit.ly/Corrida-Paradesporto-PMN). A prefeitura do Natal, através da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SEL), realizará a corrida no dia 1º de dezembro, no Rua Traíri – Palácio dos Esportes, às 7h. O evento é destinado para crianças com deficiência física, visual ou intelectual de 3 a 14 anos.

Para efetuar a inscrição é necessário informar: nome completo, idade, deficiência, nome e telefone do responsável, e qual a associação que se faz parte. As crianças receberão kit esportivo com camisa, medalha e lanche. A organização oferecerá toda a estrutura do evento com tendas, posto de hidratação, equipe de trânsito e saúde.

O evento tem por finalidade divulgar e incentivar a prática esportiva, o lazer e a diversão de crianças e adolescentes com algum tipo de deficiência, além de promover a integração social e o exercício da cidadania. A secretária de Esporte e Lazer, Danielle Mafra, destaca que é um grande congraçamento através do esporte e que teve nas suas primeiras edições momentos muitos especiais para todos os participantes.

A Corrida Infantil é uma das modalidades do III Jogos Paradesportivos do Natal, com realização da Prefeitura Municipal de Natal. Mais informações podem ser transmitidas no Setor de Eventos da SEL, no Palácio dos Esportes, das 8h às 14h, de segunda a sexta. Ou pelos telefones 99170-6570, 99843-7709.



Governo Banner 01 – Publicidade

Comunicação da AL-RN debate acessibilidade durante conferência da UNALE

Os projetos têm sido reconhecidos nacionalmente e a ideia é ampliar a acessibilidade na instituição

A busca constante pela acessibilidade no legislativo estadual é uma das metas do planejamento estratégico da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Referências no Brasil como case de setores em que a acessibilidade tem atuação comprovada, a Diretoria de Comunicação Institucional; a Diretoria de Relações Institucionais e a Rádio e TV Assembleia do RN têm foco em campanhas educativas e de responsabilidade social. Nesse contexto, a 23ª Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (CNLE) aborda o tema, “Acessibilidade na Televisão: quem precisa ser incluído?”, no painel da Associação Brasileira das Televisões e Rádios Legislativas (Astral) realizado na manhã desta quarta-feira (20). 

“A Assembleia Legislativa tem bandeiras sociais que aproximam o cidadão do Poder Legislativo, uma luta constante do presidente Ezequiel Ferreira na defesa da inclusão e da acessibilidade. Essas bandeiras ecoam na Comunicação, na diretoria de Relações Institucionais; na Rádio e Tv Assembleia; na Escola da Assembleia; no atendimento jurídico feito através do Procon Legislativo e em tantas campanhas como a adoção de crianças; de conscientização como o autismo; combate ao abuso infantil e mais recentemente, alienação parental, que são destaques no Legislativo e garantem acessibilidade a todos”, destaca a jornalista e diretora de Comunicação Institucional, Marília Rocha. Os projetos têm sido reconhecidos nacionalmente e a ideia é ampliar a acessibilidade na instituição.

“Quando falamos em acessibilidade estamos listando tanto as questões mais comuns como a infraestrutura e as mais profundas, ainda pouco conhecidas pela sociedade. Nossa meta é tornar a Assembleia do RN mais inclusiva para o cidadão portador de necessidades especiais de maneira temporária ou definitiva, diminuindo as arestas no acesso à informação, comunicação e atividade legislativa”, fala a jornalista, destacando a atuação da Diretoria de Relações Institucionais, que tem a frente o jornalista Rodrigo Rafael, no atendimento às instituições, associações em convênios, sessões solenes, audiências públicas e reuniões com portadores de necessidades especiais; parabenizando ainda o esforço e a dedicação dos gestores da TV Assembleia RN, Bruno Giovanni e Gerson de Castro. 

O encontro contou com a participação do presidente da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), o deputado Kennedy Nunes (SC); do presidente da Astral, Marcelo Malacrida; da vice-presidente da Astral e diretora da Rede Legislativa da Câmara Federal, Evelin Maciel; do diretor de Comunicação do Senado Federal, Lucca Fonteles; e da diretora de Comunicação da Astral, Marília Rocha, além da diretora de Comunicação de Roraima, Elissan Paula; do diretor do Legislativo soteropolitano, Osvaldo Cruz e mais de 60 representantes dos legislativos municipais e das Assembleias Legislativas de todo o Brasil. 

O presidente da Astral, Marcelo Malacrida destaca que o objetivo das novas ferramentas de inclusão é garantir mais acesso e oportunidade aos portadores de necessidades especiais. “Hoje temos a oportunidade de incluir linguagem de libras na televisão, além de recursos como closed caption que facilitam interação nas mídias”, comenta. Abrindo o dia de atividades do Congresso da Unale 2019, o deputado estadual e presidente da Unale, Kennedy Nunes, disse que o acesso às percepções – visuais e auditivas – experimentadas por aqueles que não têm nenhum tipo de deficiência deve ser equilibrado entre todos.

“O nosso painel tem o desafio de discutir soluções para o futuro do país, com a reunião de parlamentares de todas as regiões e partidos, na busca do bem comum e da troca de experiência. E o destaque para 2019 é a apresentação do primeiro Plano Nacional de Combate ao Suicídio, à Mutilação à Violência Contra a Mulher. Um projeto que vai salvar uma geração”, disse o deputado Kennedy Nunes. 

Organizada anualmente pela Unale, a CNLE é um ambiente democrático de discussões, onde o principal objetivo é a melhoria e o crescimento do país, servindo de palco para o debate internacional, com a presença de legisladores de diversos países, que aprendem e contribuem para o intercâmbio de ideias. É também ponto de encontro das cerca de 20 entidades ligadas ao legislativo estadual, que debatem temas específicos e de suma importância para o dia a dia das 27 Casas Legislativas. O evento, iniciado nesta quarta-feira (20) segue até o dia 22 de novembro, em Salvador (BA).



ÓTICA -BANNER PUBLICIDADE

Violência: Uma mulher e dois homens são amarrados e mortos em Goianinha

O Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) foi ao local realizar a perícia e recolher os corpos.

Dois homens e uma mulher foram amarrados e executados no município de Goianinha, na região metropolitana de Natal. Os corpos foram encontrados na manhã deste domingo e ainda não haviam siso identificados.

Moradores comunicaram à polícia que os três corpos amanheceram atrás do posto de saúde da comunidade da Sapucaia. Pelas características, a Polícia acredita que se trata de execução ocorrida ainda na noite de ontem (23)

Os moradores contaram que ouviram tiros na região,mas não desconfiaram por achar que se tratava de barulho de fogos de artifício de torcedores em comemoração à vitória do Flamengo na Taça Libertadores da América. O Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) foi ao local realizar a perícia e recolher os corpos.



Gorverno 02 – Banner Publicidade

Para projeto social, campanha arrecada instrumentos musicais

O Som Sem Plugs é reconhecido pelas produções audiovisuais focadas na divulgação da música autoral potiguar

O projeto cultural Som Sem Plugs – SSP lançou a 2ª edição da Campanha “Doe Um Instrumento e Toque Corações” – arrecadação de instrumentos destinados ao ensino da música para crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social. A doação pode ser feita até o dia 13 de dezembro.

Em parceria com as lojas Arte Musical, Natal Groove e a Mar Vermelho Distribuidora, a campanha é destinada a arrecadação de instrumentos e acessórios musicais que serão doados para o “Ilha de Música”, projeto dedicado a educação e socialização de jovens da Zona Norte de Natal, que utiliza a musicalidade como ferramenta primordial.

A entrega do instrumento deve ser agendada por e-mail ([email protected]), na fanpage oficial do Som sem Plugs (www.facebook.com/somsemplugs) ou pelo WhatsApp (84- 99987 9261). Caso não seja possível a doação de instrumentos/acessórios musicais, a campanha também arrecadará alimentos não perecíveis. Todo o material arrecadado (instrumentos e alimentos) será entregue em um grande evento na sede da Ilha de Música, localizada na comunidade da África, no bairro da Redinha, no dia 14 de dezembro com a participação musical dos alunos e professores do projeto e representantes das empresas patrocinadoras do Som sem Plugs, imprensa, artistas e contribuintes da campanha.

Além das doações realizadas por músicos que já passaram pelo Som Sem Plugs e por qualquer pessoa que possua interesse em contribuir, a campanha busca também a contribuição de empresas e instituições que atuem, direta ou indiretamente, no segmento musical local.

O Som Sem Plugs é reconhecido pelas produções audiovisuais focadas na divulgação da música autoral potiguar e, em sete anos de existência, já produziu mais de 300 vídeos, registrando e propagando, sem exceções de estilos musicais, o trabalho de mais de 100 artistas do Rio Grande do Norte. Através do website oficial do projeto, www.somsemplugs.com.br, reconhecido como o “portal da música potiguar”, o público tem acesso, não somente às produções audiovisuais, mas também, aos perfis de todos os artistas contemplados pelo projeto, ensaios fotográficos, entrevistas e matérias que tratam do universo musical e cultural do Rio Grande do Norte e do Brasil.

Já o projeto “Ilha de Música”, que será beneficiado com a ação, é desenvolvido na comunidade da África, situada na Redinha (Natal/RN), desde outubro de 2006. Atende a crianças e adolescentes da comunidade, com idade entre 8 e 18 anos, oferecendo aulas de musicalização infantil, canto, flauta-doce, saxofone, trompete, trombone, violão e bateria, além de oferecer também café da manhã e assistência de uma psicóloga.



CLIQUE – PUBLICIDADE

Jornalistas potiguares repudiam MP 905 e iniciam luta pela defesa do registro

Além de jornalistas, outras 13 categorias também perdem a obrigatoriedade de registro profissional

Os jornalistas do Rio Grande do Norte reunidos em assembleia na noite desta quinta-feira, 21, na sede do SINDJORN, deliberaram uma série de atividades para barrar a MP 905 editada pelo Governo Federal que quer, entre outras medidas, revogar a necessidade de registro para o exercício da profissão de jornalista. Uma comissão foi formada para encaminhar as decisões da plenária.

A assembleia ocorreu concomitante com outros 14 estados. Assim como indicado pela Fenaj, foi aprovado um Ato Público no dia 4 de dezembro, momento de esclarecer a população sobre os ataques da MP. Além de jornalistas, outras 13 categorias também perdem a obrigatoriedade de registro profissional, bem como outros pontos atingem assistentes sociais, bancários, carteiros entre outros.

Compareceram à assembleia alguns radialistas que há dois dias já haviam se reunido e deliberado a respeito da medida que também os atingirá. A Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) e a Federação Nacional dos Radialistas (Fitert) já agendaram junto à Assembleia Legislativa do RN a implantação do Fórum de Luta contra a MP 905 no dia 16 de dezembro.

Paralelo a todas essas medidas estão sendo feito contatos com os parlamentares norte-rio-grandenses no intuito de conseguir seu apoio a luta dos jornalistas. Por enquanto apenas Natália Bonavides (PT) e Rafael Motta (PSB) externaram apoio aos jornalistas, apresentando, inclusive, emendas à MP.

Também serão realizadas visitas às redações e aos parlamentares, produzidos materiais e mídia para divulgação da campanha, tudo que for possível com os recursos disponíveis.

A MP 905 é um ataque sem precedentes aos jornalistas e à liberdade de imprensa e de expressão e segue levando o país ao caminho do totalitarismo e da barbárie. Resistir a ela é defender a democracia.



ÓTICA -BANNER PUBLICIDADE

IFRN de Parelhas conquista prêmio de Melhores Práticas da Rede APL Mineral

No Núcleo são realizados ensaios de cominuição, direcionada a processos de britagem e moagem de minérios

O Núcleo de Extensão e Práticas em Processamento Mineral (Nepprom), coordenado pelo servidor Elias Nunes, do Campus Avançado Parelhas do IFRN, conquistou o 2º lugar no Prêmio Nacional de Melhores Práticas da Rede APL Mineral.

O projeto, que tem como finalidade a prestação de serviços gratuitos na área de processamento mineral – para os mineradores de pequeno porte e garimpeiros do município de parelhas/RN e cidades circunvizinhas -, foi premiado em solenidade durante o XVI Seminário Nacional de Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral, nesta quarta-feira (20), juntamente com o XIII Encontro do Comitê Temático Rede APL Mineral, realizado esta semana, em São Paulo, na cidade de Santa Gertrudes.

No Núcleo são realizados ensaios de cominuição, direcionada a processos de britagem e moagem de minérios; Preparação de amostras (homogeneização e quarteamento); Classificação mineral, com peneiramento via úmido e seco, análise granulométrica, classificador espiral; hidrociclonagem; Concentração mineral, através de separação magnética e eletrostática, além de concentração gravimétrica, centrífuga e flotação; e ensaios físico-químicos, como secagem, pesagem, queima, e caracterização tecnológica.

O Nepprom é composto por uma equipe de alunos e servidores, que fornecendo meios e recursos para superar esse enorme gargalo ainda existente na região. Mantendo e incrementando um relacionamento transparente entre o IFRN e os garimpeiros da região, baseando-se sempre na responsabilidade e confiança, ampliando o alcance da atuação do Campus Parelhas, no que diz respeito à ensino, pesquisa e extensão, além de atuar na formação acadêmica e contribuir com a prática profissional dos alunos do curso técnico em mineração que prestam os serviços no Núcleo.

O prêmio

O Prêmio Melhores Práticas em APL de base mineral é uma realização do Governo Federal através do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – MCTIC, que busca chancelar, reconhecer e disseminar as atividades e/ou projetos exitosos implementados por empresas e seus profissionais, no segmento da mineração em pequena escala, organizadas sob a forma de APL de base mineral, mediante esforços próprios ou em parcerias com outras entidades – empresas, universidades, centros de P&D, consultoria técnica, laboratórios, agências de fomento, cujos resultados apresentam ganhos ambientais, financeiros e de mercado, dando visibilidade à sociedade, sensibilizando e estimulando outros atores da cadeia produtiva da indústria mineral do país a replicarem esse tipo de ação.



Governo Banner 01 – Publicidade

Futuro do setor de petróleo e gás em Mossoró é debatido pelo SENAI e CTGAS-ER

O Rio Grande do Norte é o maior produtor de petróleo onshore (em terra) do país

Fomentar o desenvolvimento regional e estimular a competitividade nacional a partir de um novo modelo de exploração e produção de petróleo e gás natural em terra é um dos temas centrais debatidos durante o Mossoró Oil & Gas Expo e o IV Fórum Onshore Potiguar, que acontece no período de 26 a 28 de novembro, em Mossoró. O evento – o maior do setor de petróleo e gás do Brasil – irá discutir a extração em terra e águas rasas, bem como, a cadeia produtiva, incluindo os fornecedores de bens e serviços nesse segmento.

Realizado pelo Sebrae-RN e Redepetro, com o apoio do SENAI/CTGAS-ER e ISI-ER, o evento estima reunir mais de 1 mil visitantes e 80 stands de empresas participantes. Durante os três dias, acontecem mais de 150 reuniões de negócios, conferências e evento científico.

O Rio Grande do Norte é o maior produtor de petróleo onshore (em terra) do país. A produção potiguar que já chegou a 100 mil barris/dia, o equivalente a 10% da produção nacional, hoje está na marca dos 38 mil barris/dia com a decisão da Petrobras de investir prioritariamente no pré-sal.

O setor, lembra o diretor do CTGAS-ER e ISI-ER, Rodrigo Diniz de Mello, representa 45% do PIB industrial do RN. E, após queda na produção com a retirada dos investimentos da Petrobras no estado, vislumbra a oportunidade de retomar a atividade e o crescimento econômico da região, a partir da atuação de novas empresas nos campos terrestres.

“Neste novo momento do setor, Mossoró desponta como a capital do petróleo e gás onshore. Tanto por ser onde começou essa mobilização em torno da reativação e concessões para exploração pela iniciativa privada, quanto por ter a maior produção em terra, o Rio Grande do Norte sai na frente e tenho a convicção de que terá um impacto bastante positivo na economia local”, destaca o diretor do CTGAS-ER e ISI-ER, Rodrigo Diniz de Mello.

A concessão à iniciativa privada está prevista no Programa de Revitalização das Atividades de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural em Áreas Terrestres (Reate), do Ministério das Minas e Energia (MME), criado para ampliar a produção de petróleo e gás natural em campos terrestres em todo país, revitalizando as atividades de E&P em áreas terrestres e aumentando a competitividade da indústria petrolífera onshore nacional.

“Será a retomada da cadeia produtiva de petróleo e gás do Estado e desta vez com atores locais. A expectativa é de uma recuperação maior, com impacto ainda mais positivo, uma vez que serão empresas daqui, com contratação de profissionais locais. Diferente de quando era a Petrobras que tudo ocorria em âmbito nacional, desta vez se volta mais para o desenvolvimento regional, com geração de empregos e movimentação da economia do estado e da região”, observa Rodrigo Mello.



ÓTICA -BANNER PUBLICIDADE

Dia do Supermercado: Comemoração no RN é nesta sexta

Por mais um ano a organização da solenidade ficará por conta da Verbo Eventos

A Associação dos Supermercados do Rio Grande do Norte (ASSURN) realiza nesta sexta-feira (22), a partir das 19 horas, a segunda edição do Dia Nacional do Supermercado RN.

A data é para ressaltar a importância do seguimento para a economia do estado, que pode ser traduzida em números. Apenas no Rio Grande do Norte, o setor supermercadista emprega de forma direta mais de 100 mil pessoas. São mais de R$ 22 bilhões de faturamento, com arrecadação média de R$ 712 mil. No Brasil, a atividade é uma das mais representativas da economia sendo responsável por 5,2% do PIB.

Uma das novidades é o local onde será realizada a festa. Para atender uma demanda maior de convidados, o evento acontecerá no Olimpo Recepções, no bairro de Candelária, em Natal. Cerca de 450 pessoas entre supermercadistas, fornecedores, entidades de classe e autoridades políticas são esperadas.

Por mais um ano a organização da solenidade ficará por conta da Verbo Eventos, comandada pela jornalista e publicitária Sylvia Serejo.

Para o presidente da ASSURN, a data é um momento de comemorar a importância da atividade supermercadista e também de confraternização entre os convidados. A ideia de celebrar o Dia Nacional do Supermercado surgiu ainda no ano de 2017, durante as comemorações dos 40 anos da ASSURN.

Prêmio Indústria Potiguar

A outra novidade fica por conta da criação do prêmio Troféu Indústria Potiguar, que será entregue para empresas parceiras do setor supermercadista. Nesta primeira edição, quatro empresas receberão o prêmio.

O Dia Nacional do Supermercado é originalmente comemorado no dia 12 de novembro, e é celebrado por associações estaduais de todo o país.



Governo Banner 02 – Publicidade