Governadora nomeia novo defensor público-geral do RN

Foto: Sandro Menezes

A governadora Fátima Bezerra assinou nesta terça-feira (07) o ato de nomeação de Clístenes Mikael de Lima Gadelha para exercer o cargo de Defensor Público-Geral do Rio Grande do Norte no biênio 2022-2023. Candidato único no pleito de 12 de novembro, Clístenes obteve 90 votos no universo de 92 votantes, sendo dois votos em branco.

“A defensoria é uma instituição pela qual sempre tive muito carinho e respeito, participando de toda a luta quando no exercício do mandato de deputada federal. A defensoria não é uma instituição qualquer. Ela tem um papel importante e fundamental neste mundo de tantas violações de direitos humanos”, elogiou a governadora, que no ato de nomeação do novo defensor público-geral estava acompanhada do vice-governador Antenor Roberto; do chefe do Gabinete Civil (GAC), Raimundo Alves, da subsecretária do GAC, Laíssa Cosa e da assessora especial (GAC), Luciana Daltro.

O Rio Grande do Norte tem 101 defensores públicos. Na solenidade realizada no final da tarde, o atual defensor público-geral Marcus Vinícius Soares Alves destacou os avanços registrados nos últimos anos, quando o RN passou de oito núcleos de atendimento em 2017 para 40 em 2021. “Em 2022 teremos uma cobertura de 70% das comarcas e de quase 90% da população.” Ele informou que em 2021 foram nomeados 32 defensores, conforme acordo celebrado entre a DPE, o Ministério Público e o Governo do Estado, o que permitiu a abertura de mais 25 núcleos, dos quais 10 já estão instalados.

Defensor Público de carreira desde 2008, Clístenes Gadelha é natural de Alexandria e se formou em Direito pela Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN). Ao longo da carreira como defensor acumula experiências na área cível com passagens em outros cargos administrativos da instituição como Corregedor Geral e subdefensor público-geral, cargo que ocupou nos últimos quatro anos.

A posse será no dia 10 de janeiro, quando termina o mandato de Marcus Vinícius.



Árvore de Natal é acesa e programação dos festejos natalinos de Cruzeta é lançada

A Prefeitura de Cruzeta apresentou oficialmente nesta noite de sábado 04 de Dezembro, “A Magia do Natal em Cruzeta” marcando o início da programação com o acendimento das luzes, que vêm trazendo o Encanto da árvore de Natal. A estrutura fixada na Praça João de Góes possui cerca de 11 metros de altura.


A cidade recebeu decoração inspirada no tema natalino que nasceu da participação assídua da população, atrelando a inovação de novas luzes, cores e brilhos que mudam completamente a visão dos Cruzetenses e visitantes em locais públicos e de grande fluxo de pessoas.

A programação foi pensada e planejada com muito zelo para este mês natalino, com o intuito de que a magia, pureza e o encanto do Natal estejam presentes nos momentos vividos por cada cidadão.

A decoração se deu com estruturas e equipamentos luminosos na praça centenária, canteiros da avenida Dr Sílvio Bezerra de Melo, Praça de Eventos e Praça João de Góes e pode contar com a parceria do artista plástico e decorador Cruzetense, Paulo César e de tantos outros artistas da terra que contribuíram para que esse momento acontecesse.

A solenidade contou com a presença do Prefeito Municipal Joaquim de Medeirinho, Vice Prefeita Elismária Catarina, vereadores, equipe da gestão, Cruzetenses e visitantes.



Incêndio de grande proporção atinge parte do Parque da Cidade em Natal

Na tarde desta quarta-feira (24) um incêndio com grande proporção no Parque da Cidade, em Natal, na sua área ambiental, foi registrado. O Parque é nas proximidades do cruzamento da Av. Jaguarari com a Av. da Integração.

O que ocasionou o fogo ainda não foi divulgado, mas o momento foi registrado por pessoas que moram próximo a região. Os Bombeiros foram acionados para realizar procedimentos de combate ao fogo no local.



Dados sobre a situação das falésias do RN são apresentados ao Idema

Os coordenadores do Projeto Falésias, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) apresentaram, nesta quarta-feira (10), os dados do “Diagnóstico e Apontamentos de Medidas Mitigadoras de Riscos das Falésias”, trabalho iniciado em 2020 e que segue até março de 2022.

A apresentação aconteceu na sede Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema). A iniciativa busca diagnosticar a situação das falésias nas praias de Pipa, no município de Tibau do Sul, e da praia de Barra de Tabatinga, em Nísia Floresta. 

Durante sua explanação, o professor do Departamento de Geografia da UFRN, Rodrigo Freitas Amorim,  explicou aos técnicos do Idema qual foi a metodologia aplicada, os recursos empregados  e a  logística das atividades de monitoramento. “Tivemos a parceria de muitos entes, como a Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesed), que cedeu o helicóptero Potiguar 1, para transportar os equipamentos e colaborar com as análises realizando sobrevoos em diversas áreas de falésias”, explicou.

A força-tarefa envolvida no monitoramento tem representantes da Defesa Civil Estadual, Corpo de Bombeiros Militar do RN, Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social (Sesed), Ministério Público Federal (MPF), prefeituras de Tibau do Sul e de Nísia Floresta, além da UFRN e do MDR, através da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec/MDR). 

O coordenador do Núcleo de Monitoramento Ambiental do Idema, Sérgio Luiz Macêdo, destacou a qualidade técnica do trabalho executado. “Tivemos acesso a forma como foi feita e está sendo finalizada o levantamento de dados das áreas litorâneas e nos passou muita segurança as informações do representante da UFRN. Para se ter ideia, o escaneamento usou equipamentos de última geração, como LaserScan e drones, e saber que a Universidade vai nos fornecer esses dados, contribuirá para o monitoramento mais substancial dessas áreas ambientais”, disse.

De acordo com o Governo do Estado, a preocupação é maior especialmente com a segurança da população e turistas que frequentam as praias dos municípios de Parnamirim, Nísia Floresta, Tibau do Sul e Baía Formosa, cuja paisagem se caracteriza principalmente pelas falésias. “Esse estudo que está sendo desenvolvido é um monitoramento que vai diagnosticar a situação das falésias e deverá propor medidas de mitigação dos riscos eventualmente presentes, e também soluções para os problemas. É um programa completo”, comentou a subcoordenadora de Gerenciamento Costeiro, Rosa Pinheiro.

O coordenador do Projeto Falésias ressaltou, ainda, a importância da integração das instituições públicas para as tomadas de decisões e iniciativas a serem adotadas. “Após a finalização do diagnóstico com as identificações das áreas com maiores riscos, nosso objetivo é apontar sugestões e possíveis soluções para a redução de danos à população, sobretudo, na Pipa e na Barra de Tabatinga, mas isso de forma multisetorial. Todos os meses, estamos em campo coletando dados sobre parâmetros de ondas, escaneamento utilizando laser, imageamento do solo usando escâner de geofísica”, finalizou o professor Rodrigo de Freitas Amorim.

O Projeto Falésias é financiado pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), e executado em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). 



Programa Muído Potiguar estreia nesta quarta-feira e traz a história do Alecrim

O programa Muído Potiguar surgiu com a ideia de dar vez e voz aos bairros de Natal, contextualizando a história da capital potiguar e fortalecendo o senso de identidade dos natalenses, de uma forma irreverente e descontraída. Protagonizado pela artista e influenciadora digital Fernanda Guimarães, o programa estreia nesta quarta-feira (10), às 13h, no canal oficial do projeto no YouTube e no canal 100 da Cabo Telecom, e contará com 24 episódios exibidos nos dias 10, 20 e 30 de cada mês.

O primeiro bairro a ser retratado, claro que é o Alecrim! Localizado na Zona Leste de Natal, com aproximadamente 26 mil habitantes, segundo pesquisa do IBGE (2017), o bairro do Alecrim é um dos centros comerciais mais populares que existem na cidade. O programa traz um pouco da história do bairro, mostrando locais de destaque como a praça Gentil Ferreira, o Teatro Sandoval Wanderley e o cemitério do Alecrim, com a participação do historiador Henrique Lucena; e retrata também aqueles casos que só quem vive ou frequenta o lugar conhece bem, através de entrevistas com moradores e trabalhadores do bairro.

E não tem como falar no Alecrim e não falar do camelódromo – Fernanda mostra que o que não tem no Alecrim, ou deixou de existir, ou ainda vão inventar. E que, mesmo com a inflação, é possível comprar produtos com aquela pechincha. O primeiro episódio traz ainda um bate-papo especial com as atrizes Titina Medeiros e Múcia Teixeira – falando da importância do bairro do Alecrim pra o desenvolvimento cultural recente da cidade.

No dia 20 de novembro, o segundo episódio traz as histórias do bairro das Quintas – Criado oficialmente, em fins da década de 1940, durante a administração do Prefeito Sylvio Pedroza, o bairro das surgiu no caminho que ia para Macaíba e o Seridó, num prolongamento do bairro do Alecrim. O episódio apresenta lugares como a Rua dos Pêgas, o viaduto da Urbana e o Castelo das Quintas, com a participação especial de Clara Minervino.

O bairro das Quintas é um dos poucos da cidade que ainda mantém a cultura de calçada, com interações entre os vizinhos, dizem que é aí que as melhores histórias do bairro circulam … Claro que não poderia faltar a Feira do Carrasco, Fernanda circulou pelo local falando com frequentadores e comerciantes sobre a importância da feira no sustento de diversos moradores, e seu impacto no dia a dia do bairro.

E no dia 30 o último episódio de novembro traz o bairro de Igapó – que inicialmente tinha o nome de Aldeia Velha, sendo batizado depois como Igapó, que vem do Tupi: “Iga”, que significa “depois” e “Pó”: ponte. A história do bairro é retratada em locais de destaque como a Ponte de Igapó, e a Gamboa do Jaguaribe (sítio histórico e ecológico onde são desenvolvidas atividades de preservação de culturas indígenas e do meio ambiente). Os “recebido pagos” deste episódio ficaram por conta da Feira de Igapó, com frutas e verduras fresquinhas, será que ainda é possível comprar na feira com aquele precinho camarada?

“A Cabo Telecom é uma empresa que sempre apoiou e apoia a cultura do nosso estado, pois somos uma empresa genuinamente potiguar. Sempre estamos presentes em vários eventos e projetos culturais, apoiando de diversas formas os nossos artistas locais. O Programa Muído Potiguar surgiu naturalmente, em conversas da incrível Haylene Dantas (da HD Produções), com o Marketing da Cabo Telecom e a maravilhosa Fernanda Guimarães, essa incrível apresentadora e parceira da nossa empresa. A equipe envolvida no projeto é enorme, e somos gratos a todos que fazem parte da família Muído Potiguar”, pontua César Rodrigues, supervisor de marketing da Cabo Telecom.

Haylene Dantas celebra a concretização do projeto: “A HD Produções é uma empresa que acredita na cultura e, mais do que isso, acredita na força do nosso povo. O Muído Potiguar é um programa construído a várias mãos, que com o patrocínio fundamental do Governo do Estado, Fundação José Augusto, Lei Câmara Cascudo e da Cabo Telecom, e com a contribuição de uma equipe muito competente, que se tornou uma família, saiu do papel. Queremos com o programa contar a história dos nossos bairros e do nosso povo, de uma forma leve, com o nosso astral. Fernanda Guimarães é um talento, que com o seu carisma e alegria vem traduzindo bem tudo o que queremos transmitir com o projeto. E esse Muído tá só começando!”.

O programa Muído Potiguar tem realização da HD Produções e conta com patrocínio do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Fundação José Augusto, Lei Câmara Cascudo, Cabo Telecom e Grupo Conexão.

Serviço
MUÍDO POTIGUAR
EPISÓDIO DE ESTREIA – BAIRRO DO ALECRIM

Dia 10 de novembro, quarta-feira, às 13h
SEGUNDO EPISÓDIO – BAIRRO DAS QUINTAS
Dia 20 de novembro, sábado, às 13h
TERCEIRO EPISÓDIO – BAIRRO DE IGAPÓ
Dia 30 de novembro, terça-feira, às 13h
Exibição: Canal 100 da Cabo Telecom e no canal oficial do projeto no YouTube
Mais informações: @muidopotiguar
Realização: HD Produções
Patrocínio: Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Fundação José Augusto, Lei Câmara Cascudo, Cabo Telecom e Grupo Conexão.



Rodoviária de Natal deve receber 40 mil passageiros durante feriado; veja destinos mais procurados

A rodoviária de Natal, localizada na zona norte, deve receber cerca de 40 mil passageiros neste feriadão. A estimativa considera o período entre esta sexta-feira (29) e a próxima terça-feira (2), Dia de Finados. A expectativa é que o movimento seja maior que o registrado no mesmo período do ano passado. 

De acordo com a administração da rodoviária, são esperados para o período cerca de 21 mil embarques e 19 mil desembarques. O fluxo é 42% maior do que o registrado em 2020. No entanto, ainda é 17% inferior ao de 2019, último ano antes da pandemia da covid-19.

Para atender a demanda de passageiros, as empresas que atuam no terminal rodoviário da capital disponibilizaram 16 ônibus extras. 

Os destinos mais procurados são Recife, João Pessoa, Aracati, Fortaleza, São Luiz, Maceió, Crato e Salvador para aquelas pessoas que vão viajar para fora do Rio Grande do Norte. E, dentro do estado, as buscas estão mais concentradas em Macau, São Miguel Do Gostoso, Santa Cruz, Pipa, Mossoró, Assu, Pau Dos Ferros.



Vivaldo Costa faz apelo para que prefeitos e governo ampliem políticas públicas em defesa das crianças

Durante a Sessão Ordinária desta quarta-feira (27), o deputado Vivaldo Costa (PSD) falou a respeito da ausência de políticas públicas em prol das crianças. O parlamentar, que é médico pediatra, contou da preocupação com a primeira infância e citou os poucos investimentos governamentais.

“O que me traz à tribuna hoje é falar sobre a criança brasileira, nordestina e potiguar. Sou médico pediatra há mais de 50 anos, e tenho pelas crianças um carinho especial. E, como profissional, eu aprendi que a infância é a base de tudo. Se a gente quiser viver num país onde exista ordem, disciplina e justiça, nós temos que investir massivamente muito nas crianças”, opinou.

Segundo Vivaldo, “a realidade do Brasil é muito diferente. As crianças são renegadas e jogadas em segundo plano. Não existem mais políticas públicas para essa parcela da população. Construíram os CAICs, e não colocaram para funcionar. Não se investe em creche, que é fundamental em toda cidade, para permitir a socialização, o complemento alimentar e dar oportunidade às mães de terem um emprego. Além disso, nega-se às crianças o direito de frequentar escola em tempo integral”, repudiou.

Por fim, o deputado fez um apelo aos 167 prefeitos do RN. “Peço que vocês se tornem amigos das crianças, oferecendo oportunidade e investimento para elas. Tudo é possível quando se investe na criança. Esse abandono é lamentável e certamente as levará para a marginalidade. Aí depois a própria sociedade se revolta e pede que a polícia mate os adolescentes marginalizados. Isso não resolve nada. Portanto, o meu pronunciamento hoje é para clamar por políticas públicas para as nossas crianças, em todos os municípios do RN”, concluiu.



Subtenente Eliabe comenta punição de terceiro sargento

A punição disciplinar do terceiro sargento Breno Cesar Rodrigues, que atua no Comando Policial Metropolitano, foi o tema do pronunciamento do deputado Subtenente Eliabe (SDD) durante a sessão plenária da Assembleia Legislativa. O deputado se posicionou contra a medida e afirmou que o militar estava cumprindo o seu papel. 

“Ele se encontrava de folga e se deparou com uma situação e resolveu agir, detendo um cidadão que praticava furtos de cabos e telefonia e o cidadão alegou que havia sido agredido. Mas é uma prerrogativa constitucional, qualquer pessoa do povo pode prender alguém em situação de flagrante, porém para o profissional de segurança pública é um dever, então por este motivo, por cumprir sua obrigação, é que o policial está preso”, criticou o deputado. 

Subtenente Eliabe disse que conhece o policial e afirmou que não há nada que desabone a sua conduta. “Deixo total e irrestrito apoio a Breno e apresentarei moção de aplauso e congratulações pela sua atuação comprometida, numa atitude de um legítimo policial que observou uma situação de flagrante e interviu”, disse.  



Coronel Azevedo chama atenção para decreto que obriga vacinação de servidores

No seu pronunciamento durante a sessão plenária híbrida desta quarta-feira (27), o deputado Coronel Azevedo (PSC) destacou o decreto governamental que obriga a vacinação compulsória dos servidores estaduais. O deputado afirmou ser favorável à vacinação, mas contrário à obrigatoriedade. 

“Não sou contra a vacina da Covid-19, inclusive já me vacinei, mas sou a favor da autonomia médico-paciente e do sigilo da profissão do médico. Até porque a vacina contra a covid é experimental, todos os fabricantes exigiram aos compradores que assinassem documentos isentando-os de qualquer efeito maléfico, então é preciso que cada cidadão tome a decisão de se vacinar ou não”, afirmou o parlamentar. 

Coronel Azevedo citou que há relatos de mortes ocasionadas por outros problemas pós-vacinação e que é preciso pensar se caberá ou não responsabilidade civil no âmbito judicial contra essas ordens. O deputado informou que este assunto será debatido em audiência pública proposta por seu mandato, no dia 5 de novembro. 



Decreto do governo do RN obriga servidores estaduais se vacinarem contra a Covid

Foto: Internet

Um decreto publicado no Diário Oficial do Estado nesta quarta-feira (27) obriga os servidores públicos estaduais do Rio Grande do Norte a tomarem a vacina contra a Covid-19.

O texto assinado pela governadora Fátima Bezerra (PT) e pelo secretário estadual de Saúde, Cipriano Maia, transforma a falta de vacinação em “falta disciplinar”.

Além disso, o decreto prevê que funcionários públicos poderão ser demitidos por justa causa.

A partir da publicação do novo decreto, os órgãos e entidades do serviço público terão prazo de cinco dias para comunicar os servidores sobre e necessidade de apresentar a comprovação do cumprimento do esquema vacinal.

Fonte: G1