Fiocruz recebe insumos para produzir mais 12 milhões de vacinas

As 23 milhões de doses serão produzidas pela própria Fiocruz e, uma vez prontas, serão entregues ao Ministério da Saúde, entre abril e maio

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) recebe hoje (27), no Rio de Janeiro, mais duas remessas de insumo farmacêutico ativo (IFA) suficientes para produzir 12 milhões de doses de vacina Oxford/AstraZeneca, usada na imunização da covid-19. A previsão é que o produto, procedente da China, chegue ao Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (Tom Jobim/Galeão) às 18h deste sábado.

Na última quinta-feira (25), a Fiocruz já havia recebido uma remessa para produzir 6 milhões de doses. Na próxima semana, está prevista a chegada de uma nova carga suficiente para fabricar 5 milhões de vacinas. As 23 milhões de doses serão produzidas pela própria Fiocruz e, uma vez prontas, serão entregues ao Ministério da Saúde, entre abril e maio.

Vacinas prontas

Este mês, a Fiocruz já produziu e entregou 1,8 milhão de doses de vacinas produzidas no Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos).

Ainda está prevista a entrega de mais 2,1 milhões de doses na próxima semana.



Prefeitura Currais Novos Publicidade

Rio Grande do Norte confirma 40 novas mortes pela covid-19, sendo 11 nas últimas 24 horas

Isso elevou para 4.249 o número de pessoas que perderam a vida para doença no estado potiguar

O Rio Grande do Norte registrou, nesta quarta-feira (24), 40 novas mortes provocadas pela covid-19. Desse total, 11 ocorreram nas últimas 24 horas nas cidades de Natal (04), Mossoró (02), Serra negra do norte (01), Santa Maria (01), São Paulo do Potengi (01), Janduís (01) e Santa Cruz (01). Isso elevou para 4.249 o número de pessoas que perderam a vida para doença no estado potiguar. 

Os dados foram atualizados pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). A atualização também mostrou que há ainda outros 918 óbitos em investigação para constatar se a causa tem relação ou não com o novo coronavírus. Houve também um aumento no número de casos confirmados. Foram 1.587 confirmações em apenas um dia, elevando para 188.428 o quantitativo acumulado de casos confirmados da doença no RN. Há ainda 67.408 casos considerados suspeitos. 

Sobre a situação dos hospitais, o Regula RN mostrou que, no início da tarde desta quarta-feira (24), o estado registra uma taxa geral de ocupação de leitos críticos de 94,5%. Especificando por regiões, se apresenta da seguinte forma: metropolitana (91,1%), oeste (100%) e seridó (100%).

Ao todo, há 671 pacientes internados para tratamento da covid-19 neste momento no serviço público de saúde. Desse total, 344 estão em leitos críticos e 327 em leitos clínicos. Há ainda 181 na fila de espera por uma vaga, sendo que 119 precisam de um leito de UTI ou semi-intensiva e 62 aguardam por uma vaga de enfermaria.



Midia SL

Currais Novos registra mais 28 casos de Covid-19

A Prefeitura de Currais Novos lamenta profundamente e externa as condolências à família da vítima

A Secretaria Municipal de Saúde, através da Vigilância Epidemiológica, confirma na tarde desta quarta-feira (24), mais vinte e oito (28) novos casos registrados nas últimas 24h, totalizando 2959 casos de Covid19 e, infelizmente, o 59º óbito no município de Currais Novos.

A Prefeitura de Currais Novos lamenta profundamente e externa as condolências à família da vítima.



Publicidade Ismael 02

Município de Currais Novos adquire cilindros de oxigênio

Atualmente, o município conta com 27 cilindros de oxigênio

Como forma de prevenção e para garantir o estoque de oxigênio, o município de Munícipio de Currais Novos, através da Secretaria Municipal de Saúde, investiu na aquisição de mais 10 cilindros de oxigênio com capacidade para 7l e mais um com capacidade para 20l, para serem utilizados pela SEMSA em suas UBSs, Pronto Atendimento e Pronto Socorro Municipal.

O oxigênio é utilizado tanto nas internações quanto para o transporte de pacientes, por isso a importância do investimento, especialmente para pacientes com COVID-19, que geralmente quando se internam, necessitam o uso contínuo de O2, sendo fundamental para a recuperação de um paciente internado com Coronavírus ou qualquer outro problema de saúde.

Atualmente, o município conta com 27 cilindros de oxigênio. Os mesmos encontram-se distribuidos entre as Unidades Básicas de Saúde, Policlínica Mos Ausônio de Araújo Filho e Pronto Socorro Municipal.



Prefeitura Currais Novos Publicidade

RN confirma mais 44 mortes pela covid-19, sendo 7 nas últimas 24 horas

Outros 202 estão na fila de espera no aguardo de uma vaga, sendo 129 com perfil de leito crítico e 73 de leito clínico

O Rio Grande do Norte registrou, neste domingo (21), um aumento de 44 novas mortes provocadas pela covid-19. Desse total, sete ocorreram nas últimas 24 horas nas cidades de Serra Negra do Norte (01), Mossoró (01), Acari (01), Areia Branca (01), Lagoa de Pedras (02) e Umarizal (01). Os demais óbitos aconteceram em outros meses, estavam em investigação e foram confirmados somente agora. 

Os dados foram divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). A atualização mostrou que há ainda outros 861 falecimentos em investigação para constatar se a causa tem relação ou não com o coronavírus. Além disso, em um dia, o RN registrou um aumento de 617 novos casos de pessoas infectadas pela covid-19. Outras 64.625 seguem em investigação. 

Em números totais, o estado potiguar contabiliza 4.145 potiguares que perderam a batalha para a doença e um acumulado de 183.907 casos confirmados. 

Com relação à ocupação, o Regula RN, plataforma que monitora a situação dos hospitais, mostrou que o RN registra, neste domingo, uma taxa geral de ocupação de leitos críticos de 95%. Especificando por região, a ocupação dos hospitais se apresenta da seguinte forma: metropolitana (94,7%), oeste (100%) e seridó (85%).

Ainda segundo o Regula RN, há 627 pacientes internados em tratamento da covid-19, dos quais 326 estão em leitos de UTI e 301 em enfermarias. Outros 202 estão na fila de espera no aguardo de uma vaga, sendo 129 com perfil de leito crítico e 73 de leito clínico. 



Prefeitura Currais Novos Publicidade

RN recebe novo lote de vacinas contra Covid-19

Mais 81,7 mil doses reforçam plano de imunização potiguar contra a Covid-19 para vacinar 100% dos trabalhadores da saúde, quilombolas, indígenas, além de ampliar a faixa de idade para 74 e 73 anos

O Rio Grande do Norte recebeu na tarde deste sábado (20) um novo carregamento de vacinas contra a Covid-19. O plano de imunização coordenado pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) é reforçado com 81,7 mil doses de imunizante, sendo 16,5 mil da Oxford/AstraZeneca e 65,2 mil vacinas da CoronaVac.

As vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde deverão ter como foco a ampliação da imunização de todos os trabalhadores da saúde, quilombolas, indígenas e previsão de iniciar a vacinação da população de rua. Além da continuidade da vacinação de idosos no RN, ampliando a faixa de idade para 74 e 73 anos de acordo com o plano de operação organizado em cada município.

Com essa nova leva de imunizantes, a Sesap ultrapassa as 150 mil doses recebidas em uma semana. A remessa será organizada na Unidade Central de Agentes Terapêuticos (Unicat) e entregue aos municípios seguindo o mesmo esquema montado para as operações anteriores, com apoio das forças de segurança do Estado.

Esta semana o RN chegou a 165.375 potiguares que receberam ao menos uma dose de imunizante contra a Covid-19, segundo os dados da plataforma RN+ Vacina. O número representa 62% do público prioritário estimado para a fase 1 do plano de imunização. A Sesap busca atingir ao menos 90% deste público com vacinas. Até o fim desta sexta-feira (19), 55.304 tinham recebido a segunda dose, ultrapassando assim as 220 mil vacinas aplicadas no estado.

Os dados da RN+ Vacina são operados pela Sesap, em cooperação com o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da Universidade Federal do RN (LAIS/UFRN) e abastecido pelos municípios.

Para acessar a plataforma de vacinação em tempo real acesse: https://rnmaisvacina.lais.ufrn.br/transparencia/vacinacao/



GORVERNO 01 – POST

Vivaldo Costa comenta sobre escolha do novo Ministro da Saúde

Vivaldo voltou a enfatizar a importância do distanciamento social com o objetivo de evitar aglomerações e, principalmente, da campanha nacional de imunização

A importância da vacinação contra a COVID-19 pautou o discurso do deputado estadual Vivaldo Costa, nesta quarta-feira (17), durante sessão ordinária da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. O parlamentar elogiou a escolha do médico Marcelo Queiroga como novo ministro da Saúde do governo Jair Bolsonaro (sem partido). Vivaldo elogiou os primeiros discursos do novo comandante da pasta, que teria solicitado prioritariamente a união de todos os brasileiros.

Vivaldo voltou a enfatizar a importância do distanciamento social com o objetivo de evitar aglomerações e, principalmente, da campanha nacional de imunização.

Emancipação Política de Equador

Ainda em sua fala, Vivaldo parabenizou a cidade de Equador, que celebra nesta quarta-feira, 17 de março, 58 anos. O deputado fez uma saudação especial ao povo da cidade, contou da alegria em ver seu amigo professor Cletson como prefeito e abraçou a família do empresário Djalma Patrício. “Quero homenagear a toda população, seus fundadores, ao médico e ex-deputado Ulisses Bezerra Potiguar que tanto lutou pela emancipação da cidade e seus ex-prefeitos José Marcelino, Chico Granjeiro e Chico Fumeiro. Incluo também o grande empresário Djailma Patrício e sua esposa Jandira”.



ÓTICA -BANNER PUBLICIDADE

Seis crianças testam positivo para Covid-19 em Caicó

Boletim divulgado pelo Hospital do Seridó, traz mais 06 Casos confirmados de COVID-19 em crianças, sendo 03 do sexo masculino e 03 do sexo feminino.

As crianças positivas residem nos seguinte bairros:

02 – Bairro Paraíba.
01 – Bairro Castelo Branco
01 – Bairro Vila Altiva
01 – Bairro Vila do Príncipe
01 – Bairro Boa Passagem.

Com os dois casos que já haviam sido divulgados semana passada, fica um total de oito até o momento (desde que o boletim passou a ser divulgado oficialmente).



Publicidade Ismael 02

Pandemia no RN: depois de duas semanas de toque de recolher e medidas mais restritivas, como está o cenário

O início do período foi o mais crítico, com o estado registrando 2.248 casos na segunda-feira (8). Por outro lado, apenas 185 novas ocorrências foram notificadas neste domingo (14).

Após duas semanas de toque de recolher mais longo e medidas restritivas mais rígidas impostas pelo governo estadual, o atual cenário da pandemia no Rio Grande do Norte ainda é crítico e carece de preocupação. Neste domingo (14), o estado chegou aos 180.310 casos confirmados e 3.919 óbitos pela doença. 

Mesmo com o decreto proibindo a circulação de pessoas entre 20h e 6h da manhã do dia seguinte, o número de casos registrados nessa semana foi maior do que o total da semana passada. Entre a segunda-feira (8) e este domingo (14), o Rio Grande do Norte somou 8.027 casos confirmados da doença. Entre 1º e 7 de março, o RN acumulou 5.388 confirmações. O início do período foi o mais crítico, com o estado registrando 2.248 casos na segunda-feira (8). Por outro lado, apenas 185 novas ocorrências foram notificadas neste domingo (14).

Já em relação ao número de mortes em decorrência da covid-19, o Rio Grande do Norte acumulou 185 vidas perdidas entre a segunda-feira, dia 8, e o domingo, dia 14. Ao contrário dos dados de casos, este domingo foi o dia com maior número de mortes anotadas pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap-RN), com 39 registros.

Isso refletiu na ocupação de leitos disponíveis para o tratamento da doença no Rio Grande do Norte. Mesmo com a abertura de novos leitos promovida pelo governo estado e pela prefeitura de Natal, a situação se manteve delicada. De acordo com os dados da plataforma Regula RN, o Rio Grande do Norte tem 97,3% dos leitos ocupados, em consulta feita às 12h40 deste domingo (14).

As três regiões monitoradas possuem níveis semelhantes e críticos. No Oeste Potiguar, a ocupação é de 97,9%. No Seridó, 97,5% dos leitos estão sendo utilizados por pacientes que lutam contra a covid-19. Por fim, a Região Metropolitana de Natal soma 97% de ocupação de leitos. Dos 23 hospitais com leitos disponíveis para tratamento da doença, 19 estão operando com 100% de ocupação. Os que ainda não estão lotados contam com apenas uma vaga. A exceção é o Hospital Maria Alice Fernandes, em Natal, que atende apenas a pacientes infantis, que ainda possui 5 vagas.

Legenda

Os hospitais que estão 100% ocupados são: Hospital Colônia João Machado, Hospital de Campanha de Natal, Hospital Luiz Antônio, Hospital Dr. Mariano Coelho, Hospital Manoel Lucas de Miranda, Hospital Maternidade Belarmina Monte, Hospital Maternidade do Divino Amor, Hospital Municipal Aluizio Berra, Hospital Municipal de Natal, Hospital Rafael Fernandes, Hospital Regional Alfredo Mesquita, Hospital Regional de João Câmara, Hospital Regional Tarcísio Maia, Hospital Regional Hélio Morais Marinho, Hospital Regional Lindolfo Gomes Vidal, Hospital Regional Nelson Inácio dos Santos, Hospital São Luiz, Hospital Universitário Onofre Lopes e Hospital Maternidade Infantil Integrada de São Paulo do Potengi.

Com a superlotação das unidades hospitalares, o RN apresentou corrida por uma vaga. Ao todo, de acordo com a plataforma, 92 pacientes esperam um leito em todo o estado, sendo 89 deles na Região Metropolitana de Natal. Além disso, o estado tem cinco pacientes com perfil de leito crítico aguardando a avaliação do prestador e 12 esperando por transporte.

No último domingo (7), conforme mostrou levantamento do Portal da Tropical, o RN tinha 310 leitos críticos para tratamento da doença. Hoje, esse número é de 345, após abertura de novos leitos. No entanto, o patamar de ocupação não alterou. Desse total, 324 estão ocupados, nove estão disponíveis e 12 estão bloqueados. Já os leitos clínicos eram 337 e aumentaram para 365. Desses, 303 estão ocupados, 50 disponíveis e 12 estão bloqueados.

Ao longo da semana, novas doses da vacina contra a covid-19 chegaram ao estado. De acordo com a secretaria de Saúde, os imunizantes serão destinados para o início da vacinação dos idosos a partir de 75 anos. Em Natal, a prefeitura iniciou neste domingo (14) a imunização dos idosos com mais de 76 anos. Na quarta-feira (10), já havia começado no grupo com mais de 78 anos. Em Mossoró e em Parnamirim, a vacinação em idosos a partir de 75 anos começa nesta segunda-feira (15).



ÓTICA -BANNER PUBLICIDADE

Acometida pela segunda vez com a Covid-19, médica de 33 anos que atua em Patos-PB tem estado de saúde delicado

Nesta segunda-feira, dia 15 de março, é o aniversário de 34 anos da médica

A médica Marcília Lopes, de 33 anos, acometida pela segunda vez com a Covid-19 deu entrada na maternidade Doutor Peregrino Filho, em Patos, na tarde da última segunda-feira (8) com 37 semanas e quatro dias de gestação.

A profissional ficou internada na unidade devido os sintomas da doença e no dia seguinte, dia 09, foi feito o parto para não colocar em risco a vida da mãe e do bebê. A criança está bem e sob os cuidados da família.

Mas o estado de saúde da médica continua delicado. Ela foi transferida para o hospital da Unimed, em João Pessoa, e, segundo informações, está intubada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da unidade particular.

Nas redes sociais, amigos e colegas de profissão estão pedindo oração para que ela se recupere logo.  A ginecologista-obstetra Dra.Iak Sodora reforçou no perfil do instagram a corrente de oração pela saúde de Marcília.

Nesta segunda-feira, dia 15 de março, é o aniversário de 34 anos da médica.

Portal TV Sol Patos



Prefeitura Currais Novos Publicidade