Exposição num cubo de luz de 9 metros de altura vai exibir trabalhos de artistas potiguares em Natal, Caicó e Mossoró

Foto: reprodução

O Instituto Neoenergia e a Neoenergia Cosern, por meio do edital “Transformando Energia em Cultura” e da Lei Estadual de Incentivo à Cultura Câmara Cascudo, vão apoiar a realização de uma exposição itinerante e gratuita com as principais obras de 30 artistas plásticos potiguares entre os dias 14 de dezembro e 20 de fevereiro em praças de Natal, Mossoró e Caicó.

Batizada de “Cubo de Luz”, a mostra digital utilizará como suporte físico um cubo luminoso com nove metros de altura por meio do qual será possível apreciar a obra de nomes importantes como Dorian Gray, Newton Navarro, Thomé Filgueira, Zaíra Caldas, Assis Marinho e Iaperi Araújo, entre outros artistas plásticos.

A exposição estreia no dia 14 de dezembro – data de aniversário dos 60 anos da Neoenergia Cosern –, a partir das 18h, na Praça Pedro Velho (também conhecida como Praça Cívica), no bairro de Petrópolis, e depois segue para a Ilha de Santana, em Caicó, e para a praça Cícero Dias, em frente ao Teatro Dix-Huit Rosado, em Mossoró (confira programação abaixo).

Para Renata Chagas, diretora do Instituto Neoenergia, a realização da exposição em três cidades polos do Rio Grande do Norte acontece num momento muito importante da história da Neoenergia Cosern.

“Cubo de Luz” tem curadoria de Sanzia Barbosa e direção de produção de Marcos Sá de Paula. Durante a realização da mostra nas três cidades, também serão realizadas palestras de especialistas em cultura potiguar tais como André Bezerra, Mestre em Arte da Performance pela UFRN, Diego Paiva, Doutor em Artes Visuais pela Escola de Belas Artes da UFRJ e Sofia Bauchwitz, Doutora em Belas Artes e Mestra em Criação e Pesquisa em Arte pela Universidade Complutense de Madri, na Espanha.

Além dos artistas citados acima, será possível apreciar trabalhos de Francisco Nilson dos Santos, Djalma Paixão, Erasmo Xavier, Ivanise do Vale, Jotó, Maria do Santíssimo, Roberto Medeiros, Rosa Mc, Adonay Dantas, Evana Macedo, Fernando Gurgel, Frederico Marcos, Isaias Ribeiro, Ítalo Trindade, João Natal, Luiz Elson, Nôra Aires, Artur Carvalho, Claudia Moreira, Franco Fonseca, Judson Andrade, Laíza Ferreira, Malu e Meysa Medeiros.   

Para Marcos Sá de Paula, idealizador do projeto, “Cubo de Luz” será um marco inédito na divulgação das artes visuais do Rio Grande do Norte que facilitará o acesso dos potiguares ao melhor da produção artística local, consolidando um intercâmbio importante entre cidades-polo de três das principais regiões do estado.

PROGRAMAÇÃO:
Natal: de 14 de dezembro a 9 de janeiro, na Praça Pedro Velho (Praça Cívica), em Petrópolis.

Caicó: de 17 a 30 de janeiro, na Ilha de Santana.

Mossoró: de 7 a 20 de fevereiro, na Praça Cícero Dias, em frente ao Teatro Dix-Huit Rosado.

Obras abaixo: “Feirantes”, de Dorian Gray, e “Atmosfera Seridoense”, de Adonay Dantas.



A “Orquestra Sanfônica” faz 1º concerto em São Miguel do Gostoso

A “Orquestra Sanfônica” de São Miguel do Gostoso – um dos vários projetos socioculturais apoiados pela Neoenergia Cosern e pelo Instituto Neoenergia por meio do Edital Transformando Energia em Cultura e da Lei de Incentivo à Cultura Câmara Cascudo – vai realizar o primeiro concerto oficial na cidade na próxima segunda-feira (6), a partir das 19h, no Centro de Cultura de Gostoso (Av. dos Arrecifes, 1216).

Para Renata Chagas, diretora do Instituto Neoenergia, é muito importante a estreia da “Orquestra Sanfônica”. “Ficamos muito felizes por acompanhar essa iniciativa. Todos nós estamos precisando olhar para o futuro com otimismo, lembrando que as artes e a cultura são parte essencial da nossa vida. A retomada segura representa a volta de eventos culturais de qualidade, fomentando também toda uma cadeia produtiva essencial para a nossa economia”, afirma Renata.

No repertório da próxima segunda-feira, música popular brasileira executada exclusivamente em sanfonas por 13 crianças que tem entre 10 e 15 anos atendidas pelo projeto “Inter-Ação: Movimento Sanfônico”, iniciativa que desde maio promove oficinas musicais para 200 crianças de São Miguel do Gostoso.

Cumprindo protocolo de biossegurança de prevenção à Covid-19, a apresentação será restrita às famílias das crianças e adolescentes da Orquestra e convidados.

O concerto poderá ser assistido ao vivo pela internet no canal do YouTube do Instituto de Ações Ambientais, Cultura e Justiça (AMJUS) de São Miguel do Gostoso.



Lei torna obrigatório atendimento integral de pessoa com câncer pelo SUS; advogado Igor Hentz explica

Foto: Divulgação

Foi sancionada no último dia 22 uma nova lei que institui o Estatuto da Pessoa com Câncer, com o objetivo de promover condições de igualdade no acesso ao tratamento de pacientes com a doença. A Lei 14.238/21 garante acompanhamento amplo, aos portadores de câncer, pelo Sistema Único de Saúde (SUS). De acordo com o documento, publicado no Diário Oficial do Governo, o Estatuto visa assegurar e promover o acesso ao tratamento adequado das pessoas com câncer, garantindo o respeito à dignidade, à cidadania e à sua inclusão social.

O advogado Igor Hentz, da Hentz Advocacia, explica que passa a ser dever do Estado o desenvolvimento de políticas públicas que incluam avaliação periódica do tratamento oferecido ao paciente na rede púbica de saúde, assim como promover processos de capacitação dos profissionais que atuam nas fases de prevenção, diagnóstico e tratamento de pessoas com câncer; e promover campanhas de conscientização sobre seus direitos, entre outros.

Das crianças e adolescentes com câncer, a Lei determina que o atendimento deverá ser especial em todas as suas fases, devendo ser garantido o tratamento universal e integral, priorizados a prevenção e o diagnóstico precoce.

“A instituição da Lei 14.238/21 é essencial para contribuir com a qualidade de vida da pessoa com câncer e de sua família, uma vez que a pessoa se vê protegida com seus direitos na sociedade e amparada pelo fácil acesso aos tratamentos necessários para sua recuperação” esclarece Igor.



Energia Elétrica: Cerca de 11 milhões de famílias terão conta de luz reduzida em até 65%

Agora será automática agora a inclusão de famílias de baixa renda na Tarifa Social de Energia Elétrica, o que deve acrescentar mais de 11 milhões de famílias às 12,3 milhões já beneficiadas. Podem receber a Tarifa Social de Energia famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo nacional; idosos com 65 (sessenta e cinco) anos ou mais ou pessoas com deficiência, que recebam o Benefício de Prestação Continuada (BPC); ou família inscrita no CadÚnico com renda mensal de até três salários mínimos, que tenha membro portador de doença ou deficiência.

A principal mudança é que, a partir de janeiro de 2022, as famílias que se enquadrem nos critérios para recebimento do benefício, mas que ainda não estejam cadastradas serão incorporadas por meio do cruzamento de dados dos sistemas do Ministério da Cidadania e das distribuidoras de energia. O cadastramento automático ocorrerá mensalmente.

A tarifa traz descontos no valor mensal do consumo das famílias beneficiadas. Para famílias que consomem até 30 quilowatts/hora, a redução é de 65%; de 31 a 100 kWh/mês, o valor fica 40% menor; de 101 kWh a 220 kWh, a redução é de 10%. Acima dos 220 kWh/mês o custo da energia é similar à dos consumidores que não recebem o benefício. As famílias indígenas e quilombolas têm descontos maiores. As famílias inscritas no CadÚnico têm desconto de 100% até o limite de consumo de 50 kWh/mês, de 40% para consumo a partir de 51 kWh/mês, de 10% para consumo de 101 kWh a 220 kWh.

Para indígenas e quilombolas que consomem acima dos 220 kWh/mês o custo é similar à dos consumidores sem o benefício. Segundo a Aneel, ninguém será descadastrado com a nova regra. Só deixará de receber o benefício quem deixar de atender aos critérios previstos na lei ou não fizer as atualizações cadastrais do Ministério da Economia.

Uma família pode ser impedida de se cadastrar na tarifa se ninguém da casa tiver o nome na conta de luz recebida por mês. Nesse caso é preciso procurar a distribuidora local e regularizar as informações. Se a família estiver com o endereço desatualizado no CadÚnico também é preciso fazer a regularização. Para receber o benefício não pode haver ligação irregular de energia, também conhecido como “gato”.

Diário do Poder



Pinacoteca do Estado é restaurada e reaberta ao público

O Governo do RN iniciou neste sábado, 04, um ciclo de reaberturas culturais. Após restauração e implantação de acessibilidade realizada pelo Governo do RN, o prédio de arquitetura neoclássica que abriga a Pinacoteca do Estado está novamente aberto ao público.

Localizado na Praça Sete de Setembro, na Cidade Alta, em Natal, o espaço reúne a mais relevante produção potiguar de artes plásticas e foi recuperado com recursos de R$ 6,4 milhões por meio do Governo Cidadão e da Secretaria Estadual de Turismo (Setur), via acordo de empréstimo estatal com o Banco Mundial.

A solenidade oficial de reabertura, após quase quatro anos de o local ter sido fechado, foi realizada pela governadora Fátima Bezerra, por grande parte do secretariado, autoridades e convidados. No prédio de 150 anos, conhecido também como Palácio Potengi, por ter abrigado a sede do Governo na virada do século 20, a chefe do Poder Executivo Estadual disse que “com muita alegria, reabrimos esse equipamento tão importante à preservação da cultura potiguar”.

Restauro e acessibilidade

Agora a Pinacoteca conta com acessibilidade por meio de rampas e elevadores, banheiros adaptados, ambientes climatizados, câmeras de segurança e uma moderna estrutura para eventos com sonorização e cabeamento estruturado. Também foram feitos serviços de restauração, revestimentos, recuperação de louças, metais e acessórios, esquadrias, instalações elétricas e hidráulicas, combate a incêndio, serviços de esgoto e águas pluviais.

Ciclo de reaberturas

“Quando assumimos esta gestão, a obra da Pinacoteca estava apenas 3,34% executada. Seguimos a orientação da governadora de priorizar o andamento do serviço e, neste mês de dezembro, estamos devolvendo a população os prédios culturais mais importantes do estado”, destacou o secretário de Gestão de Projetos e Metas, Fernando Mineiro, referindo-se, ainda, à Biblioteca Câmara Cascudo, Forte dos Reis Magos e Teatro Alberto Maranhão, previstos para serem entregues neste mês.

Por meio do Governo Cidadão, o Estado já entregou à população em 2021 a restauração e ampliação da escola de dança do TAM (EDTAM -R$ 1,9 milhão) e a reforma do Espaço cultural João Paulo II (Papódromo – R$ 11 milhões), ambos já em atividade.

Funcionamento

Gestora de todos estes espaços, a Fundação José Augusto (FJA) abriu, na Pinacoteca, uma mostra do acervo próprio do Governo do Estado composta por 60 obras de artistas históricos como Newton Navarro, Maria do Santíssimo, Abraham Palatinik, Dorian Gray Caldas e Zaíra Caldas.

O Diretor da FJA Crispiniano Neto afirma que “a Pinacoteca está sendo entregue à classe artística e à sociedade com espaços totalmente renovados, aberta para a exposição dos nossos talentos e como guardiã do acervo histórico das artes visuais do Rio Grande do Norte.”

A Coordenação da Pinacoteca ficará a cargo do professor e artista plástico João Natal. O acervo da Pinacoteca estará aberto ao público, de terça a domingo, das 8h às 16h30, na Praça 7 de Setembro, no centro da capital.

Sobre a Pinacoteca

Por meio do acervo composto por 580 obras, a Pinacoteca traça uma panorâmica da pintura no Rio Grande do Norte com nomes como Thomé, Newton Navarro, Tarsila do Amaral e Dorian Gray, incluindo exemplares de Alfredo Volpi, Cícero Dias, Fayga Ostrower, Maria do Santíssimo, Moura Rabello e Hostílio Dantas. A escultura do Budha de Laos, feita no século XII em chumbo e banhada a ouro, é uma das peças mais célebres do acervo.

Seu prédio é considerado a edificação com a maior expressão da arquitetura neoclássica em Natal. Construído entre 1866 e 1873, o local abrigou a Assembleia Legislativa e a Tesouraria Provincial. O imóvel é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e, por isso, requer restauro especializado e serviços mais detalhados.



Ministro do TCU sofre tentativa de assalto e é salvo por cachorra

O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Benjamin Zymler foi salvo da ação de criminosos por uma cadela, neste sábado (4). A tentativa de assalto aconteceu na casa onde o ministro mora com a família, no Lago Sul, área nobre do Distrito Federal.

Ao R7, Zymler contou que os criminosos entraram armados na residência da família por volta das 15h do sábado. Ele estava trabalhando no computador, no térreo da casa, no momento da abordagem. Os criminosos colocaram uma arma na cabeça do ministro e o renderam, juntamente com a esposa e a filha. Eles pretendiam trancar a família em um cômodo para roubar objetos.



Cinesolar chega ao Rio Grande do Norte

Com o apoio da Voltalia, o projeto exibe filmes a partir da energia solar e promove arte e sustentabilidade através de oficinas artísticas – Atividades ocorrem entre os dias 07 e 14 de dezembro com a exibição de um programa de curtas-metragens e do longa “O Rei Leão”

A magia do cinema movida à energia solar é a proposta do Cinesolar, que chega a três municípios do RN – Serra do Mel, Areia Branca e São Miguel do Gostoso – entre os dias 07 e 14 de dezembro. Em todos os dias, serão exibidos curtas-metragens brasileiros e o longa-metragem “O Rei Leão” (2019) – indicada ao Oscar 2020 na categoria de Efeitos Visuais, a produção dirigida por Jon Favreau é uma nova versão em live action da clássica história da Disney protagonizada pelo filhote Simba.

Lançado em 2013, o projeto conta com o patrocínio da Voltalia desde 2019. O Cinesolar é o primeiro cinema itinerante do Brasil movido à energia limpa e renovável. O projeto exibe filmes a partir da energia solar e promove arte e sustentabilidade através de oficinas artísticas e lúdicas, levando a sétima arte a comunidades afastadas e com acesso restrito à cultura. Além das sessões de cinema, as comunidades de Serra do Mel e São Miguel do Gostoso também receberão a Oficinema Solar – uma oficina de vídeo para crianças e jovens sobre sustentabilidade. Como resultado dessa atividade, um filme é produzido com os participantes e exibido durante a sessão de cinema para comunidade local.

“As oficinas são atividades complementares, com uma linguagem muito simples que dialogam de forma lúdica com os jovens e as crianças da região os colocando ainda mais em contato com os temas de sustentabilidade e energia renovável, tão presentes na realidade dessas comunidades do Rio Grande do Norte”, destaca Cynthia Alario – coordenadora e idealizadora do Cinesolar.

“O Cinesolar é um projeto incrível e temos o maior orgulho de patrocinar, pois leva cultura e entretenimento às regiões que atuamos no Rio Grande do Norte. Já apoiamos outras edições e ver a magia do cinema nos olhos das crianças e adolescentes é gratificante”, ressalta Robert Klein, CEO da Voltalia no Brasil.

Devido às restrições impostas pela pandemia de Covid-19, as exibições seguirão todos os protocolos de segurança. Será disponibilizado álcool em gel para higienização das mãos, haverá controle de acesso e distanciamento entre as cadeiras; além disso, o uso de máscara será obrigatório durante todo período de exibição.

O Cinesolar – circuito Rio Grande do Norte é viabilizado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura, com patrocinio da Voltalia e realizado pela Brazucah Produções e Governo Federal, por meio do Ministério do Turismo.

PROGRAMAÇÃO:

07/12 -Terça-feira

Endereço: Vila Guanabara – Serra do Mel

Local: Praça Cortez Pereira

Em caso de chuva: Escola Municipal Vila Guanabara

14h30 às 17h00 – Oficinema solar

18h: Sessão de curtas-metragens

19h: Exibição do longa-metragem “O Rei Leão”, de Jon Favreau

08/12 – Quarta-feira

Endereço: Vila Mato Grosso – Serra do Mel

Local: Capela São Sebastião

14h30 às 17h00 – Oficinema solar

18h: Sessão de curtas-metragens

19h: Exibição do longa-metragem “O Rei Leão”, de Jon Favreau

09/12 – Quinta-feira

Endereço: Vila Espírito Santo – Serra do Mel

Local: Escola Municipal Vila Espírito Santo

14h30 às 17h00 – Oficinema solar

18h: Sessão de curtas-metragens

19h: Exibição do longa-metragem “O Rei Leão”, de Jon Favreau

10/12 – Sexta-feira

Endereço: Vila Brasília -Serra do Mel

Local: Casa Voltalia

19h: Sessão de curtas-metragens

11/12/21 – Sábado

Endereço: Povoado Sítio São José – Areia Branca

Local: Praça Povoado São José – Em frente a Escola Municipal

18h: Sessão de curtas-metragens

19h: Exibição do longa-metragem “O Rei Leão”, de Jon Favreau

14/12/21 – Terça-feira

Endereço: São Miguel do Gostoso

Local: Assentamento Antônio Conselheiro – Escola Municipal Professor Paulo Freire

14h30 às 17h00 – Oficinema solar

18h: Sessão de curtas-metragens

19h: Exibição do longa-metragem “O Rei Leão”, de Jon Favreau

Saiba mais sobre os filmes exibidos:

O Rei Leão (Jon Favreau (2019) – EUA, 118 min, Ficção. Livre)

Sinopse: A mais recente versão de Rei Leão, da Disney, dirigido por Jon Favreau, retrata uma jornada pela savana africana, onde nasce o futuro rei da Pedra do Reino, que precisa vencer a traição e a adversidade para assumir o lugar que é seu por direito.

Açaí – Direção: André Cantuária – Brasil, 18min, Ficção. Livre

Sinopse: O curta “Açaí” conta a saga de Dionlenon, um homem de 30 anos que está acostumado com a vida que leva ao lado da mãe, com quem mora numa periferia de Macapá. Ele sai em busca de dois litros de açaí para almoçar, mas não conta com uma viagem tão distante assim.

Vento Viajante – Direção: Alunos da rede pública municipal de ensino fundamental de Icapuí/CE – Brasil 6min, Animação/Infantil. Livre

Sinopse: Um dia o vento decidiu viajar para o nordeste. Pelo caminho ele fez muitas descobertas, amigos e deixou saudades.

Plantae – Direção:Guilherme Gehr – Brasil, 10´25, Animação. Livre

Sinopse: Ao cortar uma grande árvore no interior da floresta, um madeireiro contempla uma inesperada reação da natureza. Uma reflexão sobre as consequências irreversíveis do desmatamento e da subjugação lamentável dos humanos aos demais seres da Terra

O Gigante – Direção: Júlio Vanzeler & Luis da Matta Almeida – Portugal, 10 min, Animação. Livre

Sinopse: “De todas as histórias que meu pai me contou, a que nunca esqueci foi a do rei que sempre carregou uma princesa dentro de seu coração …”

Procura-se – Direção:Iberê Carvalho – Brasil, 10min – Ficção

Sinopse: O filme conta a aventura de três crianças que rompem a fronteira social motivadas pelo sentimento sincero por um cachorrinho de estimação. Nossos heróis são: Camile, Didi e Gugu. Camile é uma menina de 10 anos, muito corajosa e rica, que ao perder Bolinha, foge de casa em busca do cãozinho, iniciando uma aventura cheia de descobertas, perigos e novas amizades; Didi tem a mesma idade de Camile, é pobre e vende chicletes para ajudar em casa. Ela descobre que existe uma boa recompensa pela devolução do cachorro que seu pai encontrara e dera de presente para seu irmão Gugu. Ela decide devolver o animal, mas Gugu não aceita a ideia de perder seu novo amigo, agora batizado de Panela.

Sobre o Cinesolar:

Lançado em 2013, o Cinesolar é o primeiro cinema itinerante do Brasil movido a energia limpa e renovável. O projeto exibe filmes a partir da energia solar e promove arte e sustentabilidade através de oficinas artísticas e lúdicas, levando a sétima arte a comunidades afastadas e com acesso restrito a projetos culturais. 

Ao todo, o Cinesolar já realizou cerca de mil sessões com exibição de mais de 150 filmes, entre curtas-metragens (de temática socioambiental) e longas, em 440 cidades do país, percorrendo mais de 200 mil km e chegando a 185 mil pessoas. Além disso, foram ministradas mais de 300 oficinemas, que proporcionam acesso às técnicas básicas e aos elementos que compõem a linguagem cinematográfica.

O Cinesolar conta com o patrocínio institucional da Mercedes Benz, apoio das marcas Sices Solar, Biowash, baterias Heliar e Bio 2. O projeto realiza compensação de carbono em parceria com a Ecoar e promove ações em conjunto com a Unesco Representação Brasil e a Unipaz (Universidade da Paz).

Grupo Voltalia (www.voltalia.com) 

Voltalia é um player internacional no setor de energias renováveis. O grupo produz e vende eletricidade gerada a partir de instalações eólica, solar, hidráulica, biomassa e de armazenamento que possui e opera. Tem uma capacidade de geração em operação e em construção de mais de 1,4 GW e um portfólio de projetos em desenvolvimento representando uma capacidade total de 9,7 GW. 

O Grupo conta com mais de 1.100 colaboradores, está presente em 20 países, em quatro continentes e está apto a atuar globalmente, em nome de seus clientes. 

 No Brasil desde 2006, a empresa tem sede no Rio de Janeiro, conta atualmente com mais de 250 colaboradores e desenvolveu um portfólio de projetos de energia renovável de grande porte.  

Atuando desde o desenvolvimento de projetos até a venda de energia, a companhia possui aproximadamente 1 GW em operação e construção, localizado, principalmente, no Rio Grande  do Norte, onde possui o maior cluster híbrido (eólico e solar) do mundo, com potencial de até 2,4 GW. 

Com contratos de venda de energia já garantidos, a serem construídos nos próximos anos, a Voltalia Brasil possui ainda um pipeline de mais de 5 GW localizados em dez estados do país. 



Grande Natal terá maior malha ferroviária do Nordeste

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), entregou nesta sexta-feira (3) as obras físicas da primeira fase da Linha Branca da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) na Grande Natal, no Rio Grande do Norte. O ministro Rogério Marinho participou do ato, realizado em Parnamirim (RN).

Com a conclusão dessa etapa, o sistema de veículos leves sobre trilhos (VLT) tem previsão de início da operação na Linha Branca até o fim deste ano, no trecho que vai até a Estação Boa Esperança. No início de 2022, será entregue a Estação Cajupiranga, que será a parte final da operação da linha férrea.

“Com essa obra pronta, não só a física, mas com os vagões que estão vindo com as locomotivas, teremos um processo de integração cada vez maior com a região metropolitana e quem ganha com isso é a população local”, destacou Rogério Marinho.

As obras da Linha Branca, que vai contar com três trechos, foram iniciadas em fevereiro deste ano e beneficiarão 7 mil passageiros. Serão construídos 23,4 quilômetros de vias, com quatro novas estações a partir de Parnamirim, passando por São José de Mipibu e chegando até Nísia Floresta. O investimento federal é de R$ 58,3 milhões.

“Quando a CBTU foi criada, foi exatamente com esse sentido de atender as regiões metropolitanas e as comunidades mais carentes. São trens metropolitanos de subúrbio que atendem uma população que precisa de mobilidade”, afirmou o diretor-presidente da CBTU, José Marques de Lima.

O Trecho I vai atender o perímetro urbano de Parnamirim, com 3,4 quilômetros de via férrea e duas estações de parada: Boa Esperança e Cajupiranga. O investimento neste trecho é de R$ 17,2 milhões. A previsão é que a etapa seja entregue no início de 2022.

Já a construção dos Trechos II e III deverá ser concluída no segundo semestre do ano que vem. As duas etapas contam com R$ 41 milhões em investimentos federais e estão com 20,99% de execução.

A CBTU no Rio Grande do Norte transporta, em média, 11,6 mil pessoas por dia. O sistema conta com 56,6 quilômetros de linhas férreas e 23 estações. Desde o ano passado, o Governo Federal destinou R$ 51,7 milhões para operações da empresa no estado.

Linha Roxa

Já as intervenções para a construção da Linha Roxa da CBTU em Natal tiveram a pedra fundamental lançada em setembro deste ano. Com aporte de R$ 14,8 milhões do Governo Federal, o empreendimento contempla a instalação de 4,1 quilômetros de trilhos e a construção de três estações: BR-101 Norte, Guararapes e Vicunha. A previsão é que 2 mil pessoas sejam atendidas diariamente pelo ramal.

Com a construção das Linhas Branca e Roxa, a malha ferroviária da Grande Natal se tornará a mais extensa do Nordeste e a terceira maior do País – atrás apenas das Regiões Metropolitanas de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Novos trens

Na última quarta-feira (1), a CBTU recebeu nove composições (locomotiva e vagões), que serão usadas na Linha Norte, que inclui o trecho entre as cidades de Natal e Extremoz. Os trens foram doados pelo Metrô de Fortaleza (Metrofor), após articulação feita pelo ministro Rogério Marinho.

Fonte: Portal Grande Ponto



Juliette Freire é eleita Mulher do Ano pela GQ Brasil

No dia do seu aniversário, a paraibana Juliette Freire foi presenteada com um grande título, Mulher do Ano, pela revista masculina GQ Brasil. A paraibana estampou uma das capas da edição de dezembro e janeiro da revista, que chega às bancas a partir desta sexta-feira (3).

O reconhecimento vem dentro da premiação Men of The Year 2021, organizada pela publicação. A 11ª edição acontece na noite da sexta-feira e vai destacar homens premiados nas categorias Música, Esporte, TV, Literatura, Responsabilidade Social, Empreendedorismo, Liderança ESG, Ciência, Influência Digital, Moda. Além disso, a premiação tem a categoria de Mulher do Ano e Ícone GQ.

A advogada, maquiadora, cantora e vencedora do ‘BBB21’ disse em entrevista à GQ que compartilha o prêmio com mulheres reais. No twitter, agradeceu: “esse troféu não é só meu, mas de todas as mulheres que, todos os dias, enfrentam e vencem suas guerras!”



Jornalistas da ESPN entram em pânico após troca de tiros perto da sede da emissora

Uma situação desesperadora assustou os jornalistas da ESPN na tarde desta sexta-feira (3). Uma troca de tiros entre assaltantes e Polícia Militar na região do Sumaré, zona oeste de São Paulo, próximo aos estúdios da emissora fez com que os profissionais aguardassem o perigo passar para sair do local.

Segundo o site ‘Notícias da TV’, um assalto ocorreu em um posto de gasolina próximo à sede da empresa. Após momentos de tensão, a PM, que estava próxima ao local, conseguiu capturar e prender os bandidos.

Entre os jornalistas que viveram momentos de tensão, estava a apresentadora Mariana Spinelli. Em suas redes sociais, ela relata que viveu uma ‘situação desesperadora’, e se ausentou do Twitter. Momentos antes do acontecimento, a apresentadora e o comentarista Mario Marra se emocionaram ao vivo ao falar sobre o título do Atlético-MG, time do coração de ambos jornalistas.

“No meio de tanta mensagem legal e sentimentos bons, acabei de viver uma situação desesperadora. Estou bem, segura, mas assustada. Vou tirar um tempo para mim aqui. Depois tento responder, preciso respirar”, disse Mariana.