Enem: Inscrições terminam nesta quarta-feira

Feita a inscrição, o pagamento do boleto, no valor de R$ 85, só pode ser feito até quinta-feira

Termina às 23h59 desta quarta-feira (27)  o prazo para as inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) alerta os interessados que não deixem para a última hora e lembra que quem solicitou a isenção da taxa de inscrição precisa se inscrever, assim como os demais participantes.

Os dados declarados pelos candidatos devem ser conferidos e apenas alguns deles podem ser modificados na página do participante, durante o acompanhamento da inscrição. No caso da escolha do município para fazer a prova, por exemplo, o Inep pede cuidado reforçado, porque, após o encerramento do prazo, não será possível trocar. Além disso, é necessário memorizar a senha ou anotá-la e guardá-la em local seguro, porque é com ela que o participante irá acompanhar todas as etapas de execução do exame.

Feita a inscrição, o pagamento do boleto, no valor de R$ 85, só pode ser feito até quinta-feira (28). De acordo com o último balanço divulgado pelo Inep, mais de 5 milhões de estudantes se inscreveram no Enem 2020.

Data das provas

Por causa da pandemia do novo coronavírus, no fim de junho será feita uma enquete com os estudantes inscritos, na Página do Participante. As datas do exame serão definidas após a consulta.



MEDEIROS ACARI – POST

País perde mais de 860 mil empregos formais em abril

O salário médio real de admissão no Brasil passou de R$ 1.496,92 em abril de 2019 para R$ 1.814,62 no mês passado

As demissões superaram as contratações com carteira assinada em 860.503 postos de trabalho, em abril. Foram 1.459.099 desligamentos e 598.596 contratações. Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) foram divulgados nesta quarta-feira (27).

Segundo o Ministério da Economia, os dados mostram que a queda no número de contratações contribuiu de forma expressiva para o saldo negativo de empregos formais.

Enquanto as demissões tiveram um incremento de 17,2%, as admissões caíram 56,5% na comparação com abril de 2019. Em valores nominais, São Paulo teve o pior desempenho, com saldo negativo (mais demissões do que contratações) de 260.902. O estado é seguido por Minas Gerais com 88.298 demissões; Rio de Janeiro, 83.626, e Rio Grande do Sul, 74.686 demissões.

De janeiro a abril de 2020 foram 4.999.981 admissões e 5.763.213 demissões no país, com resultado negativo de 763.232. As admissões caíram 9,6% e as demissões subiram 10,5% no período. O salário médio real de admissão no Brasil passou de R$ 1.496,92 em abril de 2019 para R$ 1.814,62 no mês passado.

Manutenção de empregos

Desde 1º de abril, data da edição pelo governo federal da Medida Provisória 936/2020, que criou o Programa Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda, foram preservados mais de 8,1 milhões de empregos no país, informou o Ministério da Economia. O programa prevê que os trabalhadores que tiverem jornada reduzida ou contrato suspenso e ainda auxílio emergencial para trabalhadores intermitentes com contrato de trabalho formalizado receberão o Benefício Emergencial de Preservação da Renda e do Emprego (BEm).

Mudanças

É a primeira divulgação do Caged após o preenchimento de informações da base de dados passar para o Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial). Com a mudança, o cumprimento de 13 obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas fica centralizado em um só sistema.

Uma inovação do Caged é o agrupamento de setores da economia. Até dezembro passado, eram oito: comércio, serviços industriais de utilidade Pública (SIUP), extrativa mineral, administração pública, agropecuária, construção civil, indústria de transformação e serviços.

Com a reformulação do Caged, os dados estarão na mesma divisão feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). São eles: comércio, serviços, indústria geral, construção civil e agricultura. No intervalo de janeiro a abril de 2020, a agricultura teve saldo positivo de 10.032 empregos, resultado de 275.464 contratações e 265.432 demissões. O resultado da construção civil ficou negativo em 21.837. Comércio teve saldo negativo de 342.748, serviços resultado negativo de 280.716 e indústria também negativo, em 127.886.



CLIQUE – PUBLICIDADE

Roberto Jefferson, Luciano Hang e blogueiro são alvos de operação da Polícia Federal sobre fake news

Os quatro são aliados do presidente Jair Bolsonaro

A Polícia Federal cumpre na manhã desta quarta-feira (27) mandados de busca e apreensão no inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF) que apura produção de notícias falsas e ameaças à Corte. Entre os alvos estão o ex-deputado federal Roberto Jefferson, o empresário Luciano Hang, o deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP) e blogueiro Allan dos Santos. Os quatro são aliados do presidente Jair Bolsonaro.

Alguns dos alvos dos mandados são:

  • Luciano Hang, empresário
  • Roberto Jefferson, ex-deputado federal
  • Sara Winter, blogueira
  • Wiston Lima, blogueiro
  • Edgard Corona, empresário
  • Edson Pires Salomão
  • Enzo Leonardo Suzi
  • Marcos Belizzia
  • Otavio Fakhouri
  • Rafael Moreno

Deputados que serão ouvidos

O ministro Moraes determinou ainda que deputados deverão ser ouvidos no inquérito nos próximos dias. Eles não foram alvos de mandados nesta quarta. São eles:

Deputados federais

  • Bia Kicis
  • Carla Zambelli
  • Daniel Lúcio
  • Filipe Barros
  • Geraldo Junio
  • Luiz Phillipe de Orleans e Bragança

Deputados estaduais

  • Douglas Garcia
  • Gildevânio Ilso

Buscas e apreensões

As buscas com relação a Jefferson e Hang foram realizadas nas casas deles, no Rio de Janeiro e em Santa Catarina, respectivamente.

As buscas sobre Allan dos Santos ocorreram na casa dele, em uma área nobre de Brasília.

Ao todo, a operação tem 29 mandados de busca e apreensão. As ordens foram expedidas pelo ministro do STF Alexandre de Moraes, relator do inquérito.

Além de Rio de Janeiro e Brasília, há mandados para ser cumpridos também nos estados de São Paulo, Mato Grosso, Paraná e Santa Catarina.

Investigações

Ao longo das investigações, laudos técnicos que demonstraram que um grupo produz e dissemina as notícias falsas, sempre com o mesmo padrão. Foram identificados pelo menos quatro financiadores desse grupo.

As investigação já identificaram ao menos 12 perfis em redes sociais que atuam na disseminação de informações, de forma padronizada, contra ministros do tribunal.

Isso significa, por exemplo, que esses perfis encaminham o mesmo tipo de mensagem, da mesma forma, na mesma periodicidade. Técnicos cruzam informações para tentar localizar financiadores desses perfis.

Manifestações dos investigados

Luciano Hang

  • O advogado do empresário disse que Hang vai se manifestar, por meio de nota, na manhã desta quarta.

Roberto Jefferson

  • G1 ligou para o celular de Roberto Jefferson por volta das 8h50, mas o telefone estava desligado. A reportagem deixou uma mensagem.

G1 busca contato com os demais alvos da operação.

Delegados mantidos

Em 24 de abril, dois dias depois de Bolsonaro trocar o diretor-geral da PF, Moraes determinou que os delegados responsáveis pelo inquérito fossem mantidos, mesmo com as mudanças na chefia da corporação.

Na prática, a decisão de Moraes tinha o objetivo de blindar as investigações contra interferências. O inquérito foi aberto em março de 2019 e terminaria em junho deste ano, mas pode ser prorrogado.



ÓTICA -BANNER PUBLICIDADE

Polícia Federal cumpre mandados judiciais em investigação sobre fake news

Os policiais federais cumprem 29 mandados de busca e apreensão em endereços no Distrito Federal, Rio de Janeiro, em São Paulo, Mato Grosso, no Paraná e em Santa Catarina.

A Polícia Federal (PF) cumpre, desde as primeiras horas da manhã desta quarta-feira (27), ordens judiciais determinadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

As ordens judiciais tratam de investigações sobre fake news (inquérito nº 4.781), conduzidas pelo ministro Alexandre de Moraes. Os policiais federais cumprem 29 mandados de busca e apreensão em endereços no Distrito Federal, Rio de Janeiro, em São Paulo, Mato Grosso, no Paraná e em Santa Catarina.



CLIQUE – PUBLICIDADE

Covid-19: RN tem 22 mortes nas últimas 24h e soma 242; são 5.630 pessoas infectadas

O Rio Grande do Norte deve abrir mais leitos hospitalares nos próximos dias em todas as regiões para ampliar os atendimentos a pacientes com Covid-19

O Rio Grande do Norte já contabiliza 242 mortes por Covid-19, segundo atualização da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) nesta quarta-feira (27). De acordo com os dados da Sesap, são 5.630 casos confirmados da infecção, 14.035 suspeitos e 11.207 descartados. O estado já distribuiu mais de 53 mil testes para hospitais e municípios.

Leitos

O Rio Grande do Norte deve abrir mais leitos hospitalares nos próximos dias em todas as regiões para ampliar os atendimentos a pacientes com Covid-19. Segundo a Sesap, 10 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) serão abertos no Hospital São Luís, em Mossoró, e 12 novas estruturas no Seridó. Em Pau dos ferros serão 3 novos leitos. Na região Metropolitana de Natal, as estruturas novas serão instaladas no Hospital João Machado (20), na Liga (10) e no hospital de Macaíba (10).

Taxa de Ocupação

A taxa de ocupação nas unidades hospitalares destinadas a tratar o novo coronavírus no estado está distribuída da seguinte maneira:

  • Região Oeste: 100%
  • Pau dos Ferros: 100%
  • Grande Natal: 100%
  • Caicó: 81%


MEDEIROS ACARI – POST

RN: Por telefone, estudantes de Parnamirim recitam poesia para pessoas em quarentena

A fórmula é simples. Os quatro ligam para contatos pré-selecionados, via WhatsApp, para recitar poemas por meio de videochamada

Um Toque de Poesia para encher o coração de esperança e acreditar que dias melhores virão. Afago para uma alma inquieta e alento para os momentos de angústia, afinal, feliz aquele que, no meio do caminho, encontrou um poema. Como você reagiria ao receber uma chamada durante o dia e ouvir que, do outro lado alguém declama alguns versos? Quem já passou pela experiência relata sempre duas reações em comum: emoção e surpresa.

Esta é uma situação que tem se repetido todos os dias, desde que quatro alunos da Escola Municipal Jacira Medeiros, em Parnamirim, decidiram pôr em prática uma ação inusitada tanto quanto feliz, sob orientação da professora Valéria Vaz: Toque de Poesia, que integra as atividades do projeto Rio de Leitura. A atividade foi criada especialmente para este período de isolamento pelo qual passa o país, e já acontece há duas semanas.

A fórmula é simples. Os quatro ligam para contatos pré-selecionados, via WhatsApp, para recitar poemas por meio de videochamada. “A ideia surgiu durante uma ligação e uma conversa com Emily (que faz parte da ação). Ela disse que estava com saudade das rodas de poesia que participava na escola. No momento, idealizei a ação. Quando desliguei o telefone, comecei a articular como tudo poderia ser feito”, conta Valéria Vaz, que é mediadora de leitura e orienta os estudantes nas atividades do Toque de Poesia.

“Selecionei os quatro alunos e expliquei que eles teriam que fazer ligações. Cada um organiza os horários de acordo com a própria realidade. Eu envio os números. Iniciei apenas com contatos meus, de pessoas que eu sabia que iriam atender às ligações. Queria me certificar de que eles (os alunos) iriam ser bem atendidos” contou a professora.

A partir daí, os contatos se multiplicaram. Quem recebe uma ligação, sempre indica alguém para também ouvir poesia. “Uma das pessoas que recebeu a ligação participa de um grupo oncológico. Ela pediu para que ligassem para as colegas do grupo. Queria que todas tivessem a mesma sensação de acolhimento”, conta Valéria.

“Tudo vai passar”

“Meu nome é Emily, estudo na escola Jacira Medeiros e sou aluna da professora Valéria. Pode me ouvir recitar um poema?” É assim que Emily Emanuelle (16), estudante do 9º ano se apresenta para quem está do outro lado da linha. A paixão pela leitura e pela poesia é a motivação para vencer a timidez e encarar o desafio de declamar um poema para quem, na maioria das vezes, sequer ouviu a voz algum dia.

“A reação das pessoas é surpreendente. Alguns se emocionam, outros ficam sem acreditar”, revela a estudante, que, a exemplo dos colegas leva a iniciativa muito a sério. “Eu sinto uma responsabilidade imensa, porque a poesia declamada por mim toca o sentimento de quem está ouvindo. É algo muito especial”, revela.

Além de Emily, Barbara Oliveira (14), Letícia Dias (14) e Vinícius Gomes (13) participam da ação, numa troca de experiências que se traduz em empatia e força. “Quero agradecer a quem atendeu às nossas ligações e pedir que tenham fé. Tudo isso vai passar”, diz Emily.

Gratidão

Para quem recebe a ligação de um dos estudantes, o sentimento é sempre o de gratidão. “Essa chamada se tornou especial porque você sente que foi escolhido. Eles leem o poema de uma forma tão verdadeira. Recebi com muito carinho. Foi tão bom. Obrigada a todos vocês”, retribuiu a técnica em enfermagem Verusca Rocha.

A gerente de vendas Adriana Oliveira também agradeceu: “Eu tive o prazer de ouvir o poema ‘Tomara‘, de Vinícius de Moraes. Tomara que passe logo essa pandemia. Parabéns e obrigada”.

Encantado com a ação, o escritor José de Castro parabenizou a iniciativa após receber uma ligação. “É uma grande alegria, porque a gente está confinado. Receber um poema de uma aluna, assim, de surpresa, é algo legal. Tudo isso vai passar e com poesia será bem melhor enfrentar esse momento de reclusão”.

Valéria, mediadora da ação, conta que faz questão de dividir com os alunos cada agradecimento recebido e que o reconhecimento enche o coração de alegria. “Os pais dos alunos mandam mensagens elogiando o trabalho. Recebemos esse retorno e é gratificante. Estamos com nosso coração cheio de alegria, graças a esse Toque de Poesia”, comenta orgulhosa.

Um Toque de Poesia para você, leitor

A seguir, o Agora RN reservou um cantinho para dedicar a você, leitor, um “Toque de Poesia”. Os versos foram enviados pelos participantes da ação: Emily, Vinicius, Letícia e Barbara.




PRIMOR – PUBLICIDADE

Presidente da ALRN anuncia suspensão do recesso parlamentar de julho em razão da Covid-19

Há dois meses o legislativo atua de maneira remota em razão da pandemia provocada pelo novo Coronavírus

Com o objetivo de continuar garantindo celeridade na votação de projetos e ações do Legislativo, o presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), anunciou na sessão remota desta terça-feira (26), a suspensão do recesso parlamentar – previsto pra julho deste ano.

Há dois meses o legislativo atua de maneira remota em razão da pandemia provocada pelo novo Coronavírus. A decisão de suspender o recesso foi definida na reunião de líderes e da Mesa Diretora. O recesso parlamentar segue padrão regimental do Congresso Nacional e estava previsto para ocorrer neste ano no período de 18 a 31 de julho. Com a suspensão do recesso, as sessões ordinárias, reuniões e atividades das comissões parlamentares continuam normalmente.



CLIQUE – PUBLICIDADE

Mais um caso de Coronavírus em Currais Novos é detectado

Trata-se de paciente do sexo masculino, na faixa etária de 50 a 60 anos

A Secretaria Municipal de Saúde do municípios de Cuurais Novos, através da Vigilância Epidemiológica, confirma nesta terça-feira o décimo nono caso do novo Coronavírus.

Trata-se de paciente do sexo masculino, na faixa etária de 50 a 60 anos, diagnósticado via teste rapido encontrando-se em isolamento domiciliar. Secretaria reforça as diretrizes de, se poder, manter-se em isolamento.



MEDEIROS ACARI – POST

Ministério Público do RN pede a condenação do SBT e de Sílvio Santos

Segundo o MPF, o quadro não é um episódio isolado, mas parte de uma conduta reiterada do apresentador ao interagir com crianças em seu programa

O Ministério Público Federal (MPF) no Rio Grande do Norte ingressou com uma ação civil pública contra o SBT e o seu dono, Silvio Santos, pelo quadro “Miss Infantil” no programa do apresentador e proprietário da emissora. A União também é ré pela omissão em fiscalizar a concessão do serviço público de televisão. A competição, que foi ao ar em setembro de 2019, exibiu meninas de sete a dez anos de forma erotizada, em roupas de banho e com perguntas e comentários de teor sexual do apresentador.

De forma liminar, o MPF pede, como efetivação do direito de resposta, a exibição de programa educativo sobre a vulnerabilidade biopsicológica de crianças e adolescentes e os riscos da adultização e sexualização precoces. O programa deve ter o mesmo tempo e repetições da competição infantil, sob pena de multa diária de R$ 100 mil.

A ação também quer indenização de R$ 1 milhão por danos morais coletivos, pagos pela emissora, pelo apresentador e pela União, que deve ser revertido para o Fundo Nacional para a Criança e o Adolescente (FNCA).

O procurador da República Camões Boaventura, autor da ação, ressalta que a Constituição Federal de 1988 e o Estatuto da Criança e do Adolescente conferem absoluta prioridade na proteção desse grupo de vulneráveis. “A veiculação de programa que expõe crianças a situações vexatórias, sexualizando, erotizando e ridicularizando sua imagem viola, frontalmente, o plexo normativo (…). Viola, ainda, as diretrizes constitucionais acerca da comunicação social”, explica.

Durante o “Miss infantil”, Sílvio Santos se dirigiu diretamente às crianças com perguntas como “Você vai crescer assim toda exibida como você é?” e “Por que botaram lacinho na sua cabeça? Você não se sente mais infantil com lacinho na cabeça? Fala pra sua mãe que isso aí é coisa de criancinha”. Segundo o MPF, o quadro não é um episódio isolado, mas parte de uma conduta reiterada do apresentador ao interagir com crianças em seu programa.



MEDEIROS ACARI – POST

Nu e com marcas de facada, homem é encontrado morto em Natal

Testemunhas que ouviram a gritaria, tiveram a impressão de ter duas pessoas pedindo ajuda. Porém, a polícia só encontrou um corpo

Um homem foi encontrado morto, nu e com marcas de facadas no bairro Planalto, Zona Oeste de Natal. O corpo foi encontrado em uma trilha em meio à mata, em cima do morro. A vítima ainda não foi identificada. O local fica próximo à Rua Rainha do Mar.

Segundo relatos de moradores da região, eles escutaram gritos de socorro na tarde desta segunda-feira (25) e, em seguida, muitos disparos de arma de fogo. Testemunhas que ouviram a gritaria, tiveram a impressão de ter duas pessoas pedindo ajuda. Porém, a polícia só encontrou um corpo. Perto da vítima havia roupas masculinas espalhadas pelo chão e o homem morto estava com um preservativo no pênis.



ÓTICA -BANNER PUBLICIDADE