RN: Após chuvas intensas, reservas hídricas do Açude Dourado em Currais Novos com municípios atingem 52% da capacidade total

Em comparação, no mesmo período de 2019, as reservas estaduais eram 1.464.157.184 m³

As reservas hídricas do Rio Grande do Norte estão com volume de 2.285.747.999 m³, o que corresponde a 52,22% da capacidade total. O dado foi atualizado nesta terça-feira (26) pelo Instituto de Gestão das Águas do estado (Igarn), que monitora 47 reservatórios estaduais.

Em comparação, no mesmo período de 2019, as reservas estaduais eram 1.464.157.184 m³, que em termos percentuais representavam 33,45% da capacidade total. Em março deste ano, as reservas hídricas estavam com apenas 26% da capacidade total. Ainda de acordo com o Igarn, as últimas chuvas foram as responsáveis por levar aporte hídrico para diversos reservatórios do interior do estado.

Reservatórios

A barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório estadual, continua recebendo aporte hídrico e acumula atualmente 1.409.378.178 m³ que correspondem a 59,39% da sua capacidade máxima que é de 2,37 bilhões de metros cúbicos. No mesmo período de maio de 2019, o reservatório estava com 831.752.000 m³, que correspondiam a 34,66% do seu volume máximo.

Segundo maior reservatório do RN, Santa Cruz do Apodi acumula atualmente 215.607.720 m³, que correspondem a 35,95% da sua capacidade total que é de 599.712.000 m³. No mesmo período do ano passado o manancial estava com 153.345.462 m³, percentualmente, 25,57% do seu volume total.

A barragem Umari, localizada em Upanema, está represando 244.243.581 m³, percentualmente, 83,41% da sua capacidade total que é de 292.813.650 m³. Este já é o maior volume acumulado pelo reservatório desde junho de 2011. Em comparação com o mesmo período do ano passado, o manancial estava com 120.991.636 m³, que correspondiam a 41,32% da sua capacidade máxima.

O açude de Lucrécia, com capacidade para 24.754.574 m³, acumula atualmente 9.922.045 m³, que correspondem a 40,08% da sua capacidade total. Este é o maior volume de água represado pelo manancial desde maio de 2012. Em comparativo com o mesmo período do ano passado, o reservatório acumulava 3.440.966 m³, percentualmente, 13,90% do seu volume total.

O reservatório Marechal Dutra, também conhecido como Gargalheiras, está represando 14.246.150 m², percentualmente, 32,07% da sua capacidade total que é de 44.421.480 m³. Este é o maior acumulo de água do manancial desde fevereiro de 2013. No mesmo período do ano passado a barragem acumulava 269.918 m³, que correspondiam a 0,61% do seu volume total.

O açude Bonito II, localizado em São Miguel, acumula atualmente 2.974.719 m³, que correspondem a 27,38% da sua capacidade total que é de 10.865.000 m³. Desde agosto de 2012 o reservatório não atingia esse volume de água. Em comparativo, no período de 2019 o manancial estava com 712.546 m³, que correspondiam a 6,56% do seu volume máximo.

A barragem Pau dos Ferros continua recebendo aporte hídrico e represa atualmente 19.592.666 m³, percentualmente, 35,72% da sua capacidade total que é de 54.846.000 m³. No mesmo período do ano passado o reservatório acumulava apenas 736.526 m², que correspondiam a 1,34% do seu volume máximo.

Capacidade máxima

Os reservatórios que permanecem com 100% da sua capacidade são: Riacho da Cruz II, localizado em Riacho da Cruz; Apanha Peixe, em Caraúbas; Encanto, no município de Encanto; Mendubim, em Assu; Beldroega, localizado em Paraú; Morcego, em Campo Grande e Dourado, em Currais Novos.

Os reservatórios que já sangraram nesta quadra invernosa do interior e continuam com níveis acima dos 90% das suas capacidades, são: Santana, localizado em Rafael Fernandes, com 99,67%; Passagem, em Rodolfo Fernandes, com 98,32%; Santo Antônio de Caraúbas, com 98,5% e Pataxó, em Ipanguaçu, com 99,39%. Outros açudes já acumulam mais de 70% das suas capacidades, casos de: Marcelino Vieira, localizado no município de Marcelino Vieira, com 73,6% e Rodeador, em Umarizal, com 81,51% do seu volume máximo.

Capacidade mínima

Dos 47 reservatórios monitorados pelo Igarn, apenas 2 estão com níveis inferiores a 10% da sua capacidade, sendo, portanto, considerados em nível de alerta. São eles: Passagem das Traíras, que está em reforma e não pode acumular grande volume hídrico, com 1,32% do seu volume máximo e Esguicho, em Ouro Branco, com 1,92% da sua capacidade. Percentualmente o número representa 4,25% dos reservatórios monitorados.

Já os mananciais completamente secos também são 2, Inharé, localizado em Santa Cruz e Trairi, localizado em Tangará. Em termos percentuais o número representa 4,25% dos reservatórios monitorados.

Situação das lagoas

A Lagoa de Extremoz, responsável pelo abastecimento de parte da zona norte da capital está atualmente com 100% da sua capacidade que é de 11.019.525 m³.

A Lagoa do Bonfim, localizada em Nísia Floresta, está com 44.220.850 m³, correspondentes a 52,48% da sua capacidade total de acumulação que é de 84.268.200 m³.

A Lagoa do Boqueirão, localizada em Touros, também está com o seu volume máximo que é de 11.074.800 m³.



PRIMOR – PUBLICIDADE

Auxílio Emergencial poderá ser utilizado em pagamento por meio de QR code

O aplicativo Caixa Tem registrou recorde de pagamento de boletos de cobrança

O aplicativo do auxílio emergencial de R$ 600 passará a contar com o serviço de pagamentos por QR code. O app Caixa Tem vai permitir que os beneficiários possam usar o valor do auxílio depositado na conta poupança digital aproximando o celular das maquininhas, sem ter que sacar o dinheiro.

Para isso, a Caixa está definindo parceria com operadora das “maquininhas” de cartão, para anunciar quando o serviço começará. Atualmente, por meio do aplicativo, já é possível realizar pagamentos eletrônicos de contas, assim como compras online ou em maquininhas autorizadas com a funcionalidade do cartão virtual de débito.

Mas a nova possibilidade será mais uma alternativa para evitar que as pessoas vão às agências, diminuindo risco de glomerações e filas, assim como o contágio do coronavírus.

Recorde de pagamento

Segundo o banco, o aplicativo Caixa Tem registrou recorde de pagamento de boletos de cobrança. O aplicativo foi utizado para 1,5 milhão de pagamentos na última segunda-feira (25), que, somados às movimentações do cartão de débito virtual, totalizaram R$ 719,2 milhões em transações.

Já os saques presenciais do auxílio movimentaram R$ 102,5 milhões com 156,4 mil transações. Para a Caixa, essa diferença reflete que a evolução do aplicativo em reduzir o movimento nas agências.

Ao todo, o banco já realizou mais de 100 milhões de pagamentos do auxílio emergencial para mais de 56 milhões de pessoas.

Antes de ser anunciado o QR code, veja as dicas da Caixa para utilizar o cartão virtual:

Como gerar o cartão virtual

1) Para gerar o cartão de débito virtual, é importante atualizar o aplicativo Caixa Tem para obter a última versão disponível.

2) Após logar no aplicativo, no último ícone da tela inicial há a opção “Cartão de Débito Virtual”. Ao clicar nessa opção, o usuário deve digitar a senha do Caixa Tem, para gerar o cartão.

3) Será possível, então, visualizar o nome, número e validade do cartão e código de segurança. Ao lado deste código, é preciso clicar em “Gerar”. O código de segurança vale para uma compra ou por alguns minutos. Para realizar uma nova compra é preciso gerar um novo código.

4) Com essas informações é possível fazer compras pela internet, em aplicativos e sites de qualquer um dos estabelecimentos credenciados para recebimento do cartão. O cartão de débito virtual também é aceito em diversas lojas físicas credenciadas.



CLIQUE – PUBLICIDADE

Deputados aprovam matérias oara ações nas regiões Seridó e Alto Oeste

Foram votados e aprovados à unanimidade a validação dos decretos que instituem calamidade pública nos municípios de Florânia e Tenente Laurentino Cruz, em razão da grave crise de saúde pública decorrente da pandemia provocada pelo novo Coronavírus

Durante sessão ordinária pelo Sistema de Deliberação Remota, realizada nesta quarta-feira (27), os deputados estaduais votaram matérias de interesse da população das regiões Seridó e Alto Oeste do Estado.  Foram votados e aprovados à unanimidade a validação dos decretos que instituem calamidade pública nos municípios de Florânia e Tenente Laurentino Cruz, em razão da grave crise de saúde pública decorrente da pandemia provocada pelo novo Coronavírus.

Outro projeto aprovado à unanimidade foi o PL Nº 27/2020, de autoria do deputado Raimundo Fernandes (PSDB) que denomina de “João Alves de Lima” a Central do Cidadão do município de São Miguel, no Alto Oeste Potiguar. Na sessão desta quarta-feira (27) também foi aprovado Projeto de Resolução Nº 9/2020, que organiza os trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Arena das Dunas.



ÓTICA -BANNER PUBLICIDADE

Lives: Zezé Di Camargo e Luciano, Alexandre Pires e Seu Jorge, e César Menotti & Fabiano são destaques deste fim de semana

Confira lista de lives agendas para este fim de semana na matéria

Mesmo com eventos cancelados, os artistas têm dado um jeitinho de manter os fãs animados: fazendo lives. Os shows são transmitidos ao vivo pelas redes sociais. Abaixo, confira lista de lives agendas para este fim de semana:

Quinta-feira (28)

Sexta-feira (29)

Sábado (30)

Domingo (31)

  • Fazenda com Ratinho (César Menotti & Fabiano e Trio Parada Dura) – 11h (YouTube)
  • Alexandre Pires e Seu Jorge – 14h (YouTube)
  • Adriana Samartini – 14h (YouTube)
  • Festival POPlineMasks4ALL (Anavitória, Avril Lavigne, Jão, Melim e muito mais) – 14h (YouTube)
  • Solange Almeida (Sol João) – 17h (YouTube)
  • Vou Pro Sereno – 17h (YouTube)
  • Banda Eva – 17h (YouTube)
  • Yasmin Santos – 18h (YouTube)


PRIMOR – PUBLICIDADE

Presidente da ALRN solicita análise para construção de 10 barragens submersas no Seridó

Além da governadora, o requerimento também foi endereçado ao secretário estadual de Agricultura, Pecuária e Pesca, Guilherme Saldanha, e ao diretor geral do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do RN (Emater), Cesar José de Oliveira

O deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, apresentou solicitação a governadora Fátima Bezerra (PT) para que seja realizado um estudo de viabilidade técnica com o objetivo de construir dez barragens submersas. Além disso, o parlamentar solicita a distribuição de 10 mil raquetes de palma forrageira e 100 mil alevinos para os açudes públicos do município de Jardim do Seridó.

Além da governadora, o requerimento também foi endereçado ao secretário estadual de Agricultura, Pecuária e Pesca, Guilherme Saldanha, e ao diretor geral do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do RN (Emater), Cesar José de Oliveira.



CLIQUE – PUBLICIDADE

RN: Profissionais da saúde representam 22% dos casos de Covid-19

A Sesap registra a ocorrência de 12 óbitos de profissionais de saúde

O Rio Grande do Norte registrou até o dia 25 de maio, data do último levantamento feito para Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), um total de 1.092 profissionais de saúde que foram infectados pelo coronavírus. Isso representa 22% de todos os casos confirmados da Covid-19 no Estado até aquela data (4.774).

De acordo com os dados da Sesap, 606 profissionais da saúde com Covid-19 exercem atividades laborais. Deste total, 247 em instituições públicas e outros 141 em instituições de serviço privado. Outros 218 profissionais da saúde trabalham em instituições públicas e privadas. A pasta não informou se os profissionais seguem afastados dos postos de trabalho.

Desses casos, ainda segundo a Sesap, 83 profissionais da saúde alegam ter tido contato fora do ambiente de trabalho com caso suspeito ou confirmado do novo coronavírus. Outros 21 alegam histórico de viagem no mês de fevereiro ou março. Entre as categorias afetadas, a maior incidência reside entre os técnicos ou auxiliares de enfermagem, com 375 casos. Em segundo lugar estão os médicos, com 119 casos. Por fim, os enfermeiros contabilizam 118 casos.

A Sesap informou, ainda, que não conseguiu apurar informações sobre o caso de outros 422 profissionais. Há também 11 que já estão aposentados, outros 15 que não exercem a profissão, sete realizam residência em outro estado e 31 já estavam afastados das atividades laborais antes do adoecimento por motivos outros.

Sobre as mortes, a Sesap registra a ocorrência de 12 óbitos de profissionais de saúde. O último registro oficial foi a morte do médico João Batista Medeiros Costa, de 65 anos, no último domingo (24). Ele era servidor da rede estadual de saúde.



PRIMOR – PUBLICIDADE

Confirmado mais 3 casos de covid-19 em Currais Novos

Desses, dois casos foram confirmados via RT-PCR


A Secretaria Municipal de Saúde, através da Vigilância Epidemiológica, confirma mais três novos casos do novo Coronavírus no município de Currais Novos nesta quarta-feira (27).


Desses, dois casos foram confirmados via RT-PCR. Um do sexo masculino, na faixa etária entre 60 e 70, encontrando-se em isolamento domiciliar; e o outro do sexo feminino, na faixa etária de 20 a 30 anos. O terceiro caso, trata-se de paciente do sexo feminino, na faixa etária entre 30 e 40 anos, que foi diagnosticada via teste rápido



PRIMOR – PUBLICIDADE

Polícia Civil encontra cédulas de RG, cheques e materiais para produzir documentos na casa de servidor público do Itep-RN

O servidor foi preso durante a Operação Identidades

A Polícia Civil encontrou diversas cédulas de Registro Geral (RGs), cheques, materiais para a coleta de impressões digitais e cópias de certidões de nascimento, na casa do servidor do Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (Itep-RN), de 65 anos, preso na manhã desta quarta-feira (27). Os materiais seriam possivelmente utilizados para a produção de documentos falsos.

O servidor foi preso durante a Operação Identidades. Além do colaborador do Itep, outras duas pessoas também foram detidas por conta da ação policial. De acordo com a Divisão Especializada de Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor), a Operação Identidades tem como objetivo evitar que continuem sendo confeccionados documentos de Registro Geral (RG) para criminosos foragidos da Justiça potiguar.



MEDEIROS ACARI – POST

Enem: Inscrições terminam nesta quarta-feira

Feita a inscrição, o pagamento do boleto, no valor de R$ 85, só pode ser feito até quinta-feira

Termina às 23h59 desta quarta-feira (27)  o prazo para as inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) alerta os interessados que não deixem para a última hora e lembra que quem solicitou a isenção da taxa de inscrição precisa se inscrever, assim como os demais participantes.

Os dados declarados pelos candidatos devem ser conferidos e apenas alguns deles podem ser modificados na página do participante, durante o acompanhamento da inscrição. No caso da escolha do município para fazer a prova, por exemplo, o Inep pede cuidado reforçado, porque, após o encerramento do prazo, não será possível trocar. Além disso, é necessário memorizar a senha ou anotá-la e guardá-la em local seguro, porque é com ela que o participante irá acompanhar todas as etapas de execução do exame.

Feita a inscrição, o pagamento do boleto, no valor de R$ 85, só pode ser feito até quinta-feira (28). De acordo com o último balanço divulgado pelo Inep, mais de 5 milhões de estudantes se inscreveram no Enem 2020.

Data das provas

Por causa da pandemia do novo coronavírus, no fim de junho será feita uma enquete com os estudantes inscritos, na Página do Participante. As datas do exame serão definidas após a consulta.



ÓTICA -BANNER PUBLICIDADE

País perde mais de 860 mil empregos formais em abril

O salário médio real de admissão no Brasil passou de R$ 1.496,92 em abril de 2019 para R$ 1.814,62 no mês passado

As demissões superaram as contratações com carteira assinada em 860.503 postos de trabalho, em abril. Foram 1.459.099 desligamentos e 598.596 contratações. Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) foram divulgados nesta quarta-feira (27).

Segundo o Ministério da Economia, os dados mostram que a queda no número de contratações contribuiu de forma expressiva para o saldo negativo de empregos formais.

Enquanto as demissões tiveram um incremento de 17,2%, as admissões caíram 56,5% na comparação com abril de 2019. Em valores nominais, São Paulo teve o pior desempenho, com saldo negativo (mais demissões do que contratações) de 260.902. O estado é seguido por Minas Gerais com 88.298 demissões; Rio de Janeiro, 83.626, e Rio Grande do Sul, 74.686 demissões.

De janeiro a abril de 2020 foram 4.999.981 admissões e 5.763.213 demissões no país, com resultado negativo de 763.232. As admissões caíram 9,6% e as demissões subiram 10,5% no período. O salário médio real de admissão no Brasil passou de R$ 1.496,92 em abril de 2019 para R$ 1.814,62 no mês passado.

Manutenção de empregos

Desde 1º de abril, data da edição pelo governo federal da Medida Provisória 936/2020, que criou o Programa Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda, foram preservados mais de 8,1 milhões de empregos no país, informou o Ministério da Economia. O programa prevê que os trabalhadores que tiverem jornada reduzida ou contrato suspenso e ainda auxílio emergencial para trabalhadores intermitentes com contrato de trabalho formalizado receberão o Benefício Emergencial de Preservação da Renda e do Emprego (BEm).

Mudanças

É a primeira divulgação do Caged após o preenchimento de informações da base de dados passar para o Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial). Com a mudança, o cumprimento de 13 obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas fica centralizado em um só sistema.

Uma inovação do Caged é o agrupamento de setores da economia. Até dezembro passado, eram oito: comércio, serviços industriais de utilidade Pública (SIUP), extrativa mineral, administração pública, agropecuária, construção civil, indústria de transformação e serviços.

Com a reformulação do Caged, os dados estarão na mesma divisão feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). São eles: comércio, serviços, indústria geral, construção civil e agricultura. No intervalo de janeiro a abril de 2020, a agricultura teve saldo positivo de 10.032 empregos, resultado de 275.464 contratações e 265.432 demissões. O resultado da construção civil ficou negativo em 21.837. Comércio teve saldo negativo de 342.748, serviços resultado negativo de 280.716 e indústria também negativo, em 127.886.



PRIMOR – PUBLICIDADE